Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Coritiba’ Category

selecao-da-rodada73

Bruno – Flamengo

Simplesmente pegou dois pênaltis no duelo contra o Santos, ambos de Ganso, e garantiu a vitória rubro-negra.

Figueroa – Palmeiras

O chileno já está firmado na lateral-direita do alviverde. Com uma bela batida na bola, o jogador cruzou duas vezes para os gols que deram o empate no clássico contra o Corinthians.

Miranda – São Paulo

Depois de atuações recentes abaixo do seu potencial, o zagueiro voltou a jogar bem e mostrar segurança no setor defensivo do Tricolor, sendo um dos principais responsáveis por parar o ataque do Barueri.

Juninho – Botafogo

Além de ter marcado mais um de seus gols de falta, em bela cobrança, o zagueiro fez bem sua função comandando a zaga do Fogão.

Eltinho – Avaí

Um dos principais jogadores do elenco avaiano, o lateral-esquerdo deu trabalho ao lado direito da defesa do Furacão, além de ter participado com efetividade na defesa.

Adílson – Grêmio

Apesar de ter perdido por 2 a 0 para o Santo André, o jovem volante Tricolor teve bela atuação, mostrando que deverá ter futuro promissor.

Ricardinho – Atlético Mineiro

O pentacampeão mundial comandou o meio do campo do Galo na bela vitória sobre o Goiás, criando as melhores jogadas e ainda deixando o seu nas redes de Harlei.

Defederico – Corinthians

Mesmo ainda sem mostrar o futebol esperado em sua chegada, o argentino conseguiu se destacar no clássico contra o Palmeiras, sendo o responsável pelos passes que deixaram Jorge Henrique e Ronaldo na cara do gol.

Marcelinho Paraíba – Coritiba

Principal jogador do Coxa, mais uma vez chamou a responsabilidade para levar o time à vitória e conseguiu. Infernizou a defesa do Vitória e ainda deu a assistência para o gol de Pereira.

William – Avaí

O atacante chegou ao seu oitavo gol no Brasileirão em grande estilo, com uma bela bicicleta que ajudou o Avaí a bater o Atlético Paranaense.

Fred – Fluminense

O atacante não se importou de estar enfrentando seu ex-time e foi o principal nome em campo, balançando as redes duas vezes.

Técnico: Cuca – Fluminense

Depois de ver sua equipe sair perdendo por 2 a 0, o treinador conseguiu mudar o rumo do jogo durante o intervalo com as entradas de Tartá e Digão e a alteração do 4-4-2 para o 3-5-2, que levou o Tricolor à virada e aos três pontos.

Craque da rodada

bruno-flamengo

Bruno - Flamengo

Read Full Post »

selecao-da-rodada7

Bruno – Flamengo

Segurou o ataque botafoguense, que finalizou 15 vezes ao gol rubro-negro. Além disso, pegou pênalti de Lúcio Flavio.

Patrick – Náutico

Fez gol na importantíssima vitória do Timbu contra o Barueri. Também teve 6 roubadas de bola, ajudando a travar Márcio Careca, uma das principais armas ofensivas do time da grande São Paulo

Claudio Caçapa – Cruzeiro

Teve a desagradável incumbência de marcar Ronaldo e o fez muito bem.

Jeci – Coritiba

Seu gol ajudou o coxa a vencer o atletiba contra o Furacão.

Marcio Careca – Barueri

Apesar de bem marcado por Patrick, conseguiu deixar sua marca na derrota para o Náutico

Hernanes – São Paulo

Belo gol contra o Santos. Liderou a equipe tricolor na vitória suada contra o Santos.

Rodrigo Souto – Santos

Deixou sua marca no clássico San-São. Bem também na marcação, com 4 roubadas de bola.

Gilberto – Cruzeiro

Adaptou-se ao meio-campo e vem sendo a principal peça cruzeirense na arrancada rumo à Libertadores

D’alessandro – Internacional

Decidiu o gre-nal com seu gol. Retomou a posição de titular com a chegada de Mário Sérgio.

Adriano – Flamengo

Golaço contra o Botafogo passando por dois adversários. Decidiu o clássico.

Nunes – Santo André

Dois gols contra o líder do Campeonato, com direito a virada de rosto em um deles

Craque da rodada

nunes-stoandre

Nunes - Santo André

Read Full Post »

selecao-da-rodada7

Carini – Atlético Mineiro

O arqueiro uruguaio teve bela atuação no Mineirão, inclusive defendendo pênalti cobrado pelo veterano Basílio.

Nei – Atlético Paranaense

Mais uma vez na Seleção da Rodada, o lateral é uma das principais armas do Furacão. Diante do Corinthians, foi firme na marcação e, como sempre, apoiou bem o ataque.

Pereira – Coritiba

O zagueiro pode não ser um primor na técnica, mas mostra raça e, contra o Internacional, teve essa característica como sua principal qualidade.

Danilo – Palmeiras

Pela segunda semana seguida, o zagueiro aparece por aqui. Desta vez não marcou gol nem deu assistência, mas atuou bem e mais uma vez salvou um gol feito, em tentativa de Madson.

Fininho – Sport

O ex-corintiano só jogou devido a ausência do titular Dutra, mas conseguiu mostrar futebol para sair do banco e estrelar a Seleção da Rodada. Além de dar trabalho para o lado direito gremista, anotou seu gol.

Valência – Atlético Paranaense

O colombiano tomou conta do meio de campo no Pacaembu. Com marcação forte, foi essencial para o setor defensivo paranaense.

Correa – Atlético Mineiro

O jogador parece ter caído como uma luva no elenco do Galo. Com boa qualidade técnica, e chute na bola diferenciado, vive assustando as defesas rivais. Contra o Barueri, fez o segundo do time em bela cobrança de falta.

Paulo Baier – Atlético Paranaense

O incansável atleta sempre se destaca em jogos de maior importância, e principalmente nos que envolvem os rivais do seu ex-time Palmeiras. No sábado, calou o Pacaembu logo no começo de partida.

Diego Souza – Palmeiras

Tido por muitos como o craque da competição, o camisa 7 mais uma vez mostrou a razão de ser convocado por Dunga. Foi o principal nome alviverde, empatando a partida, dando assistência para outro e iniciando a bela jogada do terceiro gol.

Adriano – Flamengo

Simplesmente resolveu o clássico Fla-Flu para os rubro-negros. Dois gols em um Maracanã lotado.

André Lima – Botafogo

O atacante se sente bem com a camisa do Fogão, e surpreendeu junto com seu time neste domingo. Em pleno Serra Dourada, ajudou na construção da vitória, dando trabalho à defesa adversária e anotando um belo gol.

Técnico: Ricardo Gomes – São Paulo

O treinador Tricolor continua calando a boca dos que criticaram sua contratação. Mesmo com desvantagem numérica de jogadores, seu time mostrou força suficiente para bater o Náutico em pleno Aflitos. Mais uma vez, acertou em substituições.

Craque da rodada

adriano-flamengo2

Adriano - Flamengo

Read Full Post »

selecao-da-rodada7

Rafael – Fluminense

O Tricolor finalmente conseguiu quebrar a longa série de partidas sem vitória, e muito graças ao jovem goleiro, que fez verdadeiros milagres diante do atacante avaiano.

Figueroa – Palmeiras

O chileno fez sua primeira partida como titular e saiu-se muito bem em frente à torcida, que lotou o Palestra Itália. Apoiou bastante o ataque, inclusive fazendo o gol de abertura do marcador. Ainda foi o responsável pela cobrança de escanteio no segundo tento.

Pereira – Coritiba

O zagueirão mostrou segurança diante do Náutico e foi um dos responsáveis pela manutenção do zero pernambucano no Couto Pereira.

Danilo – Palmeiras

Simplesmente o nome do jogo. O Verdão pagou 100 mil reais para contar com o zagueiro contra o Furacão. Fez o lançamento para o gol de Figueroa, anotou o segundo em um belo chute e ainda evitou o empate dos curitibanos tirando bola em cima da linha. Valeu cada centavo.

Luciano Amaral – Coritiba

O lateral foi muito bem na partida contra o Timbú. Não deixou que o adversário criasse grande perigo pela sua ala de campo e ainda conseguiu em algumas oportunidades dar trabalho à defesa rival.

Correa – Atlético Mineiro

O meiocampista ainda tem a batida na bola como seu ponto forte, e foi assim que deu mais uma assistência neste domingo. Sempre leva perigo nas bolas paradas.

Leandro Donizete – Coritiba

O volante mostrou muita disposição na vitória por 2 a 0 e foi o primeiro homem responsável pela contenção do ataque do Náutico, muito bem realizada.

Conca – Fluminense

O argentino realmente é o jogador mais lúcido do Tricolor. Mais uma vez teve bela atuação, e desta vez seu time conseguiu sair com a vitória. No Maracanã, armou a maioria das jogadas e ainda conseguiu roubar muitas bolas dos adversários.

Leandro Domingues – Vitória

Apesar de ter o artilheiro Roger no elenco, o meiocampista é o principal jogador do time baiano. Quando joga bem, a equipe acompanha, e foi isso que aconteceu diante do Botafogo. Comandou o meio de campo, fazendo um gol e dando passe para outro.

Marcelinho Paraíba – Coritiba

O veterano atacante mais uma vez dá as caras por aqui. Principal atleta do Coxa, costuma levar o time nas costas, como fez diante do Náutico. Deixou Rômulo na cara do gol para marcar o primeiro e fechou a vitória no segundo tempo.

Diego Tardelli – Atlético Mineiro

Convocado mais uma vez para a Seleção Brasileira, o atacante mostrou novamente que tem qualidade para integrar o elenco de Dunga. Contra o Santos, colocou mais dois tentos em sua conta e está na artilharia do Brasileirão.

Técnico: Vágner Mancini – Vitória

Conseguiu montar o time de maneira a anular o ataque, mesmo que fraco, do Botafogo. Deu liberdade a Leandro Domingues, que comandou a equipe dentro de campo, e agiu bem nas entradas de William e Gláucio como maneira de manter a vitória em pleno Engenhão.

Craque da rodada:

danilo-palmeiras

Danilo - Palmeiras

Read Full Post »

Internacional

Apesar de ter perdido para o Cruzeiro por 3 a 2, em Belo Horizonte, o clima no Internacional está tranquilo. Durante a semana, o principal assunto foi o julgamento de quatro colorados. Daniel e Sorondo, expulsos contra o Santos, pegaram um jogo cada, já cumpridos, o zagueiro Índio foi absolvido pela expulsão contra o Avaí e Bolívar, expulso no mesmo jogo, pegou dois jogos e desfalcará o Inter neste sábado, contra o Vitória. O sistema defensivo é a preocupação de Tite, já que o time tem tomado muitos gols. Índio e Sorondo brigam por uma vaga ao lado de Fabiano Eller, titular absoluto. Na frente, Taison será mantido e Edu ficará novamente no banco.

Grêmio

Depois de dois empates, contra Botafogo e Vitória, o Grêmio voltou a vencer no último domingo, ao aplicar 2 a 0 no Náutico, nos Aflitos. O triunfo deixou o time gaúcho com esperanças de título, apesar de a chance de isso ocorrer ser de apenas 1%. Na semana do 106º aniversário do Tricolor, os jogadores mostraram otimismo em relação ao título. Para manter viva essa chama, o time busca vencer o Fluminense, no Olímpico, onde ainda não perdeu no Brasileirão. Para o duelo o Grêmio terá seis titulares pendurados: Victor, Rafael Marques, Mário Fernandes, Bruno Collaço, Adilson e Jonas.

Coritiba

Jogando em casa, com o apoio da torcida e o tradicional “Green Hell”, o Coritiba apenas empatou com o Corinthians, na quarta feira. Apesar de ter saído na frente, o Coxa não conseguiu conter o ímpeto corintiano e sofreu o empate. Mesmo sem ter vencido, os jogadores consideraram o resultado bom, já que o time abriu 3 pontos para a zona de rebaixamento. O técnico Ney Franco revelou otimismo na corrida contra a Segundona e afirmou que o time planeja conseguir 7 pontos nos próximos três jogos contra Flamengo, Náutico e Internacional.

Vitória

O rubro negro baiano venceu, no domingo, o líder do Campeonato Brasileiro, em casa e busca, agora, repetir a dose contra o segundo colocado, o Internacional, sábado, no Barradão, onde conseguiu oito vitórias em doze jogos. A boa notícia ficou por conta do Tribunal, que absolveu o volante Magal, que havia sido expulso contra o Grêmio e está confirmado pelo técnico Vagner Mancini, para o duelo contra o Inter. Entretanto, o atacante Derlei, que havia estreado com gol no último domingo, contra o Palmeiras, bateu o joelho em uma mesa e não participará do jogo.

Read Full Post »

Internacional

Após visitar e vencer o Avaí por 2 a 0 no último final de semana o Internacional teve uma semana tranquila. As vendas ingresso para o duelo contra o Cruzeiro, em Porto Alegre no próximo domingo, foram impulsionadas pela boa fase que o Colorado vem atravessando. O possível retorno do meia Andrezinho, que na quarta-feira foi liberado para treinar com bola, foi a notícia mais comemorada no Beira-Rio durante os treinamentos para o duelo com os mineiros. O técnico Tite teve trabalho para trabalhar com seu elenco, uma vez que quatro titulares desfalcarão o Inter no jogo do fim de semana: Índio, Bolívar, Giuliano e Sandro. Os dois primeiros por terem sido expulsos contra o Avaí e os dois últimos por estarem integrando a Seleção Sub-20. Fora dos gramados o vice-presidente Fernando Carvalho voltou a dirigir críticas à arbitragem do Brasileirão. Segundo o dirigente os árbitros estão apitando de forma a beneficiar os clubes paulistas da competição. O goleiro Lauro, titular absoluto, renovou seu contrato, que expirava em 2012, até 2014.

Grêmio

O empate em 1 a 1 com o Vitória em pleno Olímpico não fez bem à cabeça dos gremistas. A semana do Tricolor gaúcho não foi das mais tranquilas e o tema principal em torno das entrevistas com jogadores e com o técnico Paulo Autuori esteve no reencontro com as vitórias – o Grêmio não vence há duas rodadas. O treinador se mostrou tranquilo e fez elogios ao seu trabalho frente à equipe, afirmando que os resultados recentes não são amostras para críticas construtivas. Os jogadores, por sua vez, se preparam para o duelo contra o Náutico, em Recife, baseados na lendária Batalha dos Aflitos, jogada em 2005 contra o adversário do próximo domingo e que valeu, no ano em questão, o acesso do Tricolor à Série A. As novidades na semana ficaram por conta do retorno do volante William Magrão aos treinos após período se recuperando de lesão no joelho e pelo retorno às condições de jogo do atacante Maxi López, que afirmou estar com 100% de suas condições e teve, com isso, assumir a titularidade no Recife.

Coritiba

Com seu jogo contra o Corinthians adiado apenas para a próxima quarta-feira em virtude de pedidos da TV, o Coritiba aproveita o longo tempo livre para aprimorar setores que, segundo o treinador Ney Franco, falharam no empate em 2 a 2 com o Goías, fora de casa, na última rodada. Com o clima mais ameno após a chegada do técnico e o evidente afastamento da zona de descenso, os jogadores coxa-branca tiveram uma semana descontraída, mas repleta de treinamentos. Isso porque Ney Franco terá muitos desfalques para o jogo de quarta no Couto Pereira. As principais ausências podem ficar por conta de Carlinhos Paraíba, Pereira e Cleiton, que serão avaliados até a próxima terça para saberem suas reais condições

Vitória

Depois de visitar o Grêmio e garantir um empate com a equipe gaúcha em pleno Olímpico, o Vitória se prepara para receber no Barradão o líder Palmeiras. A semana do Rubro-Negro da Bahia foi tranquila e a absolvição do técnico Vagner Mancini perante o STJD em julgamento por ofender árbitro foi o fato mais comemorado.

Read Full Post »

Rogério Ceni – São Paulo

O veterano arqueiro parece estar realmente voltando a sua velha forma. Fez belas defesas, principalmente em forte cobrança de falta de Gilberto.

Nei – Atlético Paranaense

No 0 a 0 contra o Flamengo, o lateral mostrou muita disposição na defesa e ainda mostrou mais uma vez que sabe apoiar o ataque.

Fabiano Eller – Internacional

Mal chegou ao Colorado e já anotou seu primeiro gol em sua nova passagem pelo clube, além de ter realizado boa partida, garantindo a segurança do setor defensivo.

Ronaldo Angelim – Flamengo

O zero no placar da Arena da Baixada pode ser explicado pela atuação da defesa rubro-negra, comandada por Angelim, que ainda contou com a boa ajuda de Álvaro.

Márcio Azevedo – Atlético Paranaense

O lateral abusa das investidas ao ataque. Com muita velocidade, deu trabalho para a zaga do Flamengo.

Souza – Palmeiras

Mais uma vez o jovem volante palestrino mostrou que deverá ter um belo futuro no futebol. Apesar da pouca idade, mostra uma tranquilidade de veterano com as bolas no pé.

Magrão – Internacional

Depois de ser contestado pela torcida colorada, o meiocampista parece estar voltando ao seu bom futebol. Diante do Avaí fez bela partida, mostrando sua costumeira raça e ainda anotou um gol.

Giuliano – Internacional

O garoto vem jogando muita bola e mais uma vez se destacou. Vai ser uma grande perda para o Colorado durante o Mundial Sub-20.

Marlos – São Paulo

O habilidoso meiocampista saiu do banco de reservas para mudar a cara do jogo. Fez o gol de empate e deu nova movimentação ao Tricolor.

Éder Luís – Atlético Mineiro

Outro que saiu do banco de reservas direto para a Seleção da Rodada foi o atacante atleticano. Sua entrada em campo impulsionou a virada do Galo.

Ariel – Coritiba

Apesar de um tipo físico que engana, o argentino também sabe esbanjar técnica com a bola. Em jogo duro contra o Goiás, balançou as redes duas vezes, com direito a golaço de bicicleta.

Técnico: Ricardo Gomes – São Paulo

O treinador sãopaulino simplesmente colocou em campo dois jogadores que viraram a partida para o Tricolor. Marlos pegou na bola pela primeira vez e empatou. Mais tarde, Borges entrou para empurrar a bola às redes e decretar a virada paulista.

Craque da rodada

ariel-coritiba

Ariel - Coritiba

Read Full Post »

Glédson – Náutico

O Timbu conseguiur chegar a mais uma vitória no Brasileirão e tenta escapar da zona de rebaixamento. E esses três pontos foram somados muito pela atuação de seu arqueiro, que parou o ataque do Goiás.

Diego Renan – Cruzeiro

Destaque na lateral-direita nesta rodada, o jovem talento cruzeirense anotou o gol de empate da Raposo, diante do Flamengo, em pleno Maracanã.

André Luis – Barueri

Zagueiro que quase sempre aparece pelos seus destaques negativos, conseguiu fazer bom jogo na vitória de sua equipe sobre o Sport Recife.

Asprilla – Náutico

Apesar de ser considerado um zagueiro fraco, o jogador teve boa atuação na partida diante do Goiás, mostrando segurança e fazendo menos faltas do que de costume.

Michel – Náutico

Contratado recentemente junto ao Atlético Paranaense, o lateral-direito vem realizando boas partidas com a camisa alvirrubra neste Brasileirão. Contra o Goiás, levou perigo em suas investidas ao ataque e ainda participou no gol-contra de Leandro Euzébio.

Richarlyson – São Paulo

Rejeitado por parte da torcida Tricolor devido a sua opção sexual, o meiocampista vem mostrando nos últimos jogos o bom futebol que o levou a Seleção Brasileira. Na partida contra o Fluminense, marcou um belo gol, o único do embate.

Derley – Náutico

O meiocampista é pouco conhecido no cenário nacional, mas desde o começou do campeonato vem ganhando seu destaque. Com um futebol mais refinado, pode arranjar um clube maior para a próxima temporada.

Carlinhos Paraíba – Coritiba

O seu conterrâneo Marcelinho foi quem marcou o gol da vitória, contestável, mas quem chamou a atenção no Couto Pereira foi Carlinhos, que comandou o meio de campo, tanto ajudando na defesa como apoiando o ataque.

Cleiton Xavier – Palmeiras

Apesar da derrota, o Verdão jogou melhor contra o Coxa e quem teve a melhor atuação pela equipe palmeirense foi o camisa 10, que ficou com toda a responsabilidade do meio de campo devido à suspensão de Diego Souza.

Thiago Humberto – Barueri

Uma das surpresas da competição, a equipe paulista conseguiu nova vitória, e desta vez graças a Thiago Humberto, jogador que já vem mostrando qualidade desde o ano passado, inclusive chamando a atenção de grandes clubes do país.

Jorge Henrique – Corinthians

Além de fazer o gol que garantiu a vitória no Beira-Rio, o atacante corintiano ainda conseguiu infernizar a vida de Marcelo Cordeiro, tanto quando atacou como quando precisou pará-lo.

Técnico: Silas – Avaí

O comandante avaiano já está se tornando peça constante nas seleções da rodada. Contra o Atlético Mineiro, saiu perdendo por 2 a 0 mas conseguiu consertar sua equipe e sair de Belo Horizonte com um ponto na bagagem.

Craque da rodada

richarlyson-sp

Richarlyson - São Paulo

Read Full Post »

O primeiro tempo, no Couto Pereira, foi muito truncado e com poucas oportunidades de gol para os dois lados. Na segunda etapa, com as expulsões de Leandro Donizete do Coritiba e Pierre do Palmeiras, o jogo ficou mais aberto. No entanto, isso só serviu para demonstrar o mau desempenho técnico das duas equipes.

O time da casa não tinha meio-campo. O que obrigava Marcelinho Paraiba a voltar até o seu campo de defesa para buscar o jogo. E o camisa 9 é muito mais perigoso quando joga perto da área, onde seus dribles e finalizações causam mais perigo. Além desse inconveniente, as tentativas ofensivas do coxa branca eram exclusivamente jogadas individuais.

Do outro lado, Cleiton Xavier armava a equipe palmeirense, puxando sempre os contra-ataques com muita velocidade, entretanto, os comandados de Muricy pareciam muito afobados. Bolas que deveriam ser mais trabalhadas eram rifadas de qualquer forma, muitas vezes com os jogadores desequilibrados ou sem ângulo para os chutes.

Faltava o último passe ao Palmeiras. Dificilmente seus atacantes ficavam cara a cara com o goleiro e, quando isso acontecia, faziam questão em perder os gols.

No finalzinho da partida, Thiago Gentil sofreu pênalti duvidoso de Marcão, inclusive, implicando na expulsão do lateral-esquerdo que, pasmem, fazia boa partida. Marcelinho Paraiba cobrou perfeitamente e decretou a vitória do coxa.

Essa derrota se junta a mais 3 empates da equipe palmeirense. Sem dúvida houve uma queda de rendimento, embora o alviverde paulista não tenha feito más partidas contra Botafogo, Atlético-MG e Grêmio, mas falta poder de decisão. Nem Obina, nem Ortigoza, embora muito brigadores,  são os artilheiros que um time campeão precisa.

O Goiás, se vencer o fraco Náutico, amanhã nos aflitos, assume a liderança. O Internacional, se conseguir 4 pontos nos dois jogos que estão atrasados, também ultrapassa o verdão. O título, que nunca pareceu tão perto aos palmeirenses nos últimos anos, começa a ficar mais longe. O alento é que após o jogo contra o colorado no sábado, o Palmeiras joga apenas uma vez por semana, e então Muricy terá a oportunidade de mostrar seu tão famoso trabalho

Por que o Coritiba venceu?

O Palmeiras não fez boa partida. Com mais campo,  após as expulsões, a superioridade técnica do time paulista deveria aparecer, mas não foi isso que aconteceu. O Coritiba tentava jogadas individuais para chegar ao gol de Bruno. Em um pênalti, Marcelinho Paraíba fez o gol da vitória

O que esse resultado muda na classificação?

Se Goiás vencer o Náutico amanhã, chega aos 38 pontos e ultrapassa o Palmeiras. Tendo perdido, o Inter continua precisando de 4 pontos nos 6 que disputará nos jogos atrasados para ser o líder. Quando todas as equipes estiverem com o mesmo número de jogos, o verdão pode ser o terceiro colocado. Já o Coritiba chega a 22 pontos e respira um pouco, pois passa, pelo menos, uma rodada fora da zona de rebaixamento.

Coritiba 1 x 0 Palmeiras

Local: Couto Pereira,  Curitiba (PR)

Público: 17.584

Coritiba: Edson Bastos, Márcio Gabriel (Marcos Aurélio), Pereira, Jeci, Leandro Donizete, Jailton, Douglas Silva, Pedro Ken, Carlinhos Paraíba, Marcelinho e Bruno (Thiago Gentil)
Técnico: Ney Franco

Palmeiras: Bruno, Maurício Ramos, Danilo, Marcão, Armero, Pierre, Souza, Cleiton Xavier, Daniel (Jumar), Obina (Robert) e Ortigoza (Deivyd Sacconi)
Técnico: Muricy Ramalho

Cartões amarelos: Armero, Mauricio Ramos e Robert (PAL), Pedro Ken e Marcelinho Paraiba (COR)

Cartões vermelhos: Pierre e Marcão (PAL), Leandro Donizete e Pereira (COR)

Gols: Marcelinho Paraiba, aos 45 minutos do segundo tempo

Arbitragem: Pericles Bassols Cortez (RJ), auxiliado por Altermir Hausmann e José Antonio Chaves Franco Filho, ambos do RS

Read Full Post »

Desfalcado de quatro jogadores, o líder Palmeiras vai ao Couto Pereira enfrentar o time da casa, em busca de manter a liderança e quebrar uma sequência de três empates seguidos.

Edmilson e Marcos, machucados, não jogam. No lugar do ex-volante do Barcelona, entra Marcão, e muda a formação para três zagueiros. O substituto do capitão da equipe será o goleiro Bruno, em sua 19ª partida pelo clube. Além deles, Diego Souza e Wendell, suspensos, também não participarão da peleja.  No lugar do camisa 7, a única dúvida: Deyvid Sacconi ou Obina, ao lado de Ortigoza. O titular seria o ex-atacante do Flamengo, mas este retorna de lesão. Na ala-direita, Sandro Silva deve ser deslocado do meio-campo

O time de Muricy é o segundo melhor visitante neste Campeonato Brasileiro. Em 9 jogos, venceu 4, empatou 3 e perdeu apenas 2. O único que tem retrospecto melhor fora de casa é o Goiás, com 5V, 2E e 2D.

Contra o Coritiba, no Couto Pereira, o confronto é equilibrado. Em 19 jogos, 6 vitórias do verdão, 7 do coxa branca e mais 6 empates.

Além disso, os comandados de Ney Franco têm a segunda pior campanha em seus domínios, melhor apenas que a do Sport.

Do outro lado da partida, o ex-técnico do Botafogo deve manter a equipe que venceu o Fluminense, no Maracanã, por 3×1 e aposta na ótima fase de Marcelinho Paraíba para reverter o mau retrospecto em casa e tentar tirar pontos do líder.

Coritiba x Palmeiras, às 21h50, no Couto Pereira, Curitiba (PR)

Coritiba: Edson Bastos; Márcio Gabriel, Pereira, Jéci e Douglas Silva; Leandro Donizete; Jailton, Pedro Ken e Carlinhos Paraíba; Marcelinho Paraíba e Bruno Batata. Técnico: Ney Franco

Palmeiras: Bruno; Maurício Ramos, Danilo e Marcão; Sandro Silva, Pierre, Souza, Cleiton Xavier e Armero; Obina e Ortigoza. Técnico: Muricy Ramalho.

Arbitragem: Péricles Bassols Pegado Cortez (RS), auxiliado por Altemir Hausmann (RS) e Jose Antonio Chaves Franco Filho (RS)

Read Full Post »

Older Posts »