Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Antonio Lopes’

Palmeiras

A semana foi praticamente perfeita para o Palmeiras. Depois de ver os principais concorrentes ao título tropeçarem no final de semana, o Verdão completou a rodada na quarta-feira e conseguiu bela vitória sobre o Cruzeiro, em pleno Mineirão, isolando-se na liderança da competição. Porém, para o duelo deste sábado contra o Atlético Paranaense, terá as ausências de Cleiton Xavier, Armero, Danilo e Wendel. Outro que em breve desfalcará o elenco será Diego Souza, que novamente foi convocado por Dunga.

Atlético Mineiro

Depois de ficar no zero com o Náutico, em Recife, o Galo viu o seu principal jogador, o atacante Diego Tardelli, ser mais uma vez convocado para defender a Seleção Brasileira. Porém, o artilheiro ainda joga neste final de semana, contra o Santos. Para o embate contra o Peixe, no Mineirão, o técnico Celso Roth também contará com o pentacampeão Ricardinho, que deverá fazer sua estreia com a camisa alvinegra.

Atlético Paranaense

Após bater o Sport por um magro 1 a 0, em plena Arena, o fraco futebol apresentado foi reconhecido por todos. Em busca de uma melhor colocação na tabela, a diretoria do Furacão acertou os reforços dos atacantes Rodrigo Tiuí e Brasão, além do zagueiro Everton. Outra boa notícia para os rubro-negros foi a liberação do técnico Antônio Lopes para comandar o time neste sábado, diante do Palmeiras.

Náutico

Ainda muito ameaçado pelo rebaixamento, o Timbu empatou no último final de semana contra o Atlético Mineiro e ao longo da semana o técnico Geninho comemorou as chegadas de Tuta, Élton, Bruno Mineiro e Irênio. E para o duelo contra o Coritiba, fora de casa, Irênio e Tuta poderão fazer suas estreias. Além dos novos reforços, Anderson Santana entrará na vaga de Michel.

Read Full Post »

Palmeiras

Depois de vencer o Barueri com gol do estreante Vágner Love, o Verdão treinou durante toda a semana para manter a liderança diante do Vitória, no próximo domingo. Nesse período, dois jogadores se destacaram, e não pelos treinamento. Diego Souza e Cleiton Xavier foram convocados para a Seleção Brasileira para o duelo contra o Chile. Por falar em Chile, o meia Valdívia voltou a afirmar que a possibilidade de voltar ao Palestra Itália em 2010 é grande, para a alegria dos torcedores. Ainda na questão de contratações, os nomes de Edu Dracena e Edno seguem fortes para reforçar o time ainda neste Brasileirão.

Atlético Mineiro

A semana do Galo começou com nova convocação do atacante Diego Tardelli para a Seleção Brasileira, que entrou no segundo tempo diante do Chile. Além da valorização do artilheiro, reforços não pararam de chegar em Belo Horizonte. Após as chegadas de Carini, Marques e Benitez, que já treinaram com o time, foi a vez do pentacampeão Ricardinho assinar com o clube mineiro. Outro que chegou há pouco tempo foi o lateral Coelho, que deverá fazer sua reestreia já neste sábado, quando os comandados de Celso Roth enfrentam o Atlético Paranaense, no Mineirão.

Atlético Paranaense

O último jogo do Furacão terminou em 0 a 0 com o Flamengo, mas aquela partida seguiu fora das quatro linhas ao longo da semana, justamente por causa do técnico Antônio Lopes, que será julgado pelo STJD pelo seu comportamento diante do árbitro. Saindo da questão jurídica, o comandante rubro-negro, preocupado com a falta de gols da equipe, visou os treinamentos de finalizações. Para a partida contra o Atlético Mineiro, neste sábado, no Mineirão, o zagueiro Rhodolfo foi vetado por lesão muscular.

Náutico

Após o bom empate por 1 a 1 com o Fluminense em pleno Maracanã, o Timbu fez treinamentos fortes, inclusive na praia, para o embate deste final de semana, contra o Grêmio, nos Aflitos. Falando em Aflitos, o estádio entrou em uma polêmica medida do estado de Pernambuco que só permite a entrada de menores de 18 anos com a presença de um responsável. Reforços não chegaram, pelo contrário, e Galiardo e Dudu Araxá foram dispensados pelo técnico Geninho.

Read Full Post »

atletico-pr e sao pauloO primeiro tempo de jogo em Curitiba foi muito fraco. O São Paulo, em busca da primeira vitória na Arena da Baixada não conseguia tocar a bola com a mesma qualidade dos últimos jogos. E isso passou muito pela ausência de Hernanes, substituído por Arouca, que não fez boa partida.

As jogadas eram invariavelmente paradas por faltas, e era nas cobranças que os lances mais agudos aconteciam, embora nenhuma chance clara de gol tenha sido criada para nenhum dos dois lados, até porque nem Jorge Wagner e nem Paulo Baier estavam com os pés afiados.

Com a bola rolando, o ex-jogador de Palmeiras, Sport e Goiás era o mais perigoso. Seus lançamentos, aproveitando a velocidade de Marcinho e Wallyson, eram a principal jogada do furacão. Do outro lado, Dagoberto, talvez incentivado pelas vaias da torcida adversária, buscava sempre o jogo, mas não conseguia produzir muita coisa.

O segundo tempo voltou mais aberto, com o time da casa pressionando o tricolor paulista e levando muito perigo a Rogério Ceni. Ricardo Gomes não conseguia fazer seu time trocar passes consecutivos, o que tornava Washington uma peça nula em campo. O técnico tirou o camisa 9 e pôs Borges, que também não foi muito melhor.

No final da partida, Paulo Baier puxou contra-ataque pelo meio, abriu a jogada na direita para Gabriel, que cruzou a bola na área para o camisa 10 rubro-negro decretar o fim da série invicta do São Paulo.

Por que o Atlético-PR venceu?

O São Paulo não conseguiu trocar passes com qualidade e, dessa forma, a bola pouco chegava à Washington. A ausência de Hernanes foi sentida, pois Arouca não o substituiu a altura. Do outro lado, Paulo Baier fez excelente partida e comandou a quinta vitória em seis partidas do furacão sob o comando de Antonio Lopes.

O que esse resultado muda na classificação?

O tricolor vê o Palmeiras abrir 4 pontos de vantagem na liderança, e pode acordar na segunda-feira na terceira colocação caso o Goiás vença o Santos. Já o Furacão, em clara ascensão, respira e já abre, no mínimo, 5 pontos para a zona de rebaixamento.

Atlético-PR 1 x 0 São Paulo

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)

Público: 22.999

Atlético-PR: Galatto; Manoel, Fransérgio e Chico; Wesley, Rafael Miranda (Bruno Costa), Valência, Paulo Baier e Márcio Azevedo; Marcinho (Alex Mineiro) e Wallyson (Gabriel). Técnico: Antonio Lopes

São Paulo: Rogério Ceni, Andre Dias, Miranda e Renato Silva; Jean Richarlyson, Arouca, Jorge Wagner e Júnior Cesar; Washington (Borges) e Dagoberto (Hugo). Técnico: Ricardo Gomes

Cartões amarelos: Paulo Baier, Chico e Valência (CAP); André Dias, Miranda, Borges e Dagoberto (SPO)

Gols: Paulo Baier, aos 41 do segundo tempo

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Ediney Guerreiro Mascarenhas e Marco Aurélio dos Santos Pessanha, todos do RJ

Read Full Post »