Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Besiktas’

brasucas-ao-extremo3

Depois de uma semana fraca para a Brasucas ao Extremo, com a maioria das ligas paradas para a disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo, os últimos sete dias mostraram o retorno à normalidade e uma chuva de gols verde-amarelos ao redor do planeta.

cacau-stuttgart

Cacau, agora alemão, com a camisa do Stuttgart

Em clima de Mundial, a viagem começará pelos países que já asseguraram seu passaporte para a África do Sul em 2010. Na Dinamarca, o rodado atacante José Júnior fez o gol do Randers no 1 a 1 diante do Aalborg, fora de casa. Já na Suíça, não teve rodada no Nacional, mas pela Copa do país, os brasileiros trataram de representar. Nos movimentado 5 a 4 do Kriens sobre o Bellizona, o zagueiro Thiago foi o responsável pelo tento da vitória. Perto dali, o meia Juninho Pinheiro, criado na base do Corinthians, deixou o seu nos 3 a 1 do Winterthur sobre o Tuggen. Enquanto o atacante Silvio Carlos garantiu o triunfo do Lugano em cima do Grasshoppers.

Em solo alemão, o naturalizado Cacau tentou, mas não conseguiu evitar a derrota do Stuttgart por 2 a 1 para o Schalke 04. O time ainda foi derrotado de novo na terça-feira, pela Liga dos Campeões, e Élson marcou o único da equipe. Mesma situação do zagueiro André Bahia, que marcou para o Feyenoord, mas acabou sofrendo a virada do Sparta Rotterdam, pelo Campeonato Holandês.

maicon-interxgenoa

Maicon vibrou muito contra Genoa

Na atual campeã Itália, a Internazionale atropelou o Genoa por 5 a 0, e o lateral-direito da Seleção Maicon fechou o caixão genovês. Quem não teve a mesma competência foi a Juventus, que ficou apenas no empate com a Fiorentina, graças ao gol de Amauri. Mesma situação da Lazio, que somou um ponto junto a Sampdoria por conta do tento anotado por Matuzalém. No duelo entre Napoli e Bologna, o atacante Adaílton deixou o seu, mas não foi o suficiente para evitar a derrota. Porém, o destaque na “bota” foi a virada do Milan sobre a Roma, com gols de Ronaldinho e Pato. Antes de deixar as macarronadas, pela Série C1/A, Togni marcou nos 2 a 0 do Arezzo sobre o Paganese.

ronaldinho-pato-milanroma

Ronaldinho e Pato marcaram diante da Roma

Se os atuais campeões não estão com a bola toda, os históricos amarelões da Espanha estão com ar de favoritos, e foi por lá que Marcelo ajudou o Real Madrid a golear o Valladolid por 4 a 2. Pela segunda divisão, o grandalhão Igor, que jogou pelo Ipatinga em 2008, deu os três pontos para o Levante sobre a Real Sociedad.

Saindo dos classificados europeus e seguindo para o resto do mundo, no Japão, Juninho e Edmílson, ambos ex-palmeirenses, garantiram as vitórias de Kawasaki Frontale e Urawa Red Diamonds, respectivamente. Outro ex-alviverde não teve a mesma sorte, e Diego Souza fez apenas o de empate do Kyoto Sanga diante do JEF United. Pela segunda divisão do país, o zagueiro Jean, que atuou pelo Santos entre 95 e 2000 contribuiu com a vitória do Shonan Bellmare. Mesma situação de Maranhão, só que com a camisa do Ventforet Kofu. Os desconhecidos atacantes Dodô e Sales também marcaram, mas seus times, Ehime e Vegalta Sendai, não saíram de campo vitoriosos.

Perto dalí, na Coréia do Sul, Wesley fez os dois do Chunnam Dragons sobre o Daejeon Citizen, enquanto o ex-Palmeiras Luiz Henrique e o ex-Cruzeiro Mota balançaram as redes nas vitórias respectivas do Jeonbuk e Seongnam. Quem não conseguiu sair com os três pontos foi o grandalhão Anderson, que iniciou carreira no Mogi Mirim e fez o seu para o FC Seoul no empate contra o Busan.

Para encerrar as nações já garantidas no próximo Mundial, vamos ao hemisfério sul, onde o meia Makanaki, ex-Santo André, participou do placar de 3 a 3 entre sua equipe, o 3 de Febrero, e o 2 de Mayo, no Paraguai. Indo para o outro lado do mundo, o atacante Cristiano fez os dois do Adelaide United na vitória sobre o Sydney FC, pelo Australiano.

brandao-marseillenancy

Brandão fez o seu sobre o Nancy

Depois de passar pelos que já estão tranquilos, é hora dos que ainda sonham por um lugar ao Sol e disputarão as repescagens. Na campeã de 98 França, Brandão fez um na bela vitória do Oympique de Marseille sobre o Nancy. Já o atacante Nenê quis mais, e fez os dois do Monaco no êxito sobre o Lens.

Na Grécia, o lateral Lino, que defendeu clubes como Corinthians, Juventude, Fluminense e Porto, deixou o seu nos 2 a 0 do PAOK sobre o Pas Giannina. Enquanto o atacante Rogério Martins marcou duas vezes para dar três pontos ao Olympiakos Volou pela segunda divisão do país. Adversários dos gregos por uma vaga na Copa, os ucranianos contaram com sete gols brasileiros nos últimos sete dias. Na vitória do Metalist Kharkiv, Jajá, ex-Flamengo fez os dois. Já em Donetsk, Fernandinho e Luiz Adriano balançaram as redes duas vezes cada, enquanto Jadson fez apenas um nos 5 a 1 so Shakhtar sobre o Karpaty Lviv.

welliton-spartaklokomoti

Welliton comemora com companheiro na Rússia

Outros países que se enfrentam são Rússia e Eslovênia. No primeiro, o ex-esmeraldino Welliton deixou o seu para o Spartak de Moscou no clássico diante do Lokomotiv, vencido por 3 a 0. No segundo, o pouco conhecido Marco Tavares, que passou pelo Atlético Paranaense, fez o da vitória do Maribor sobre o complicado Olimpija Ljubljana.

Para fechar os que ainda sonham em disputar a máxima competição de futebol do mundo. Costa Rica e Bahrein. Os latinos terão pela frente o Uruguai, e por lá, o atacante Anderson Andrade fez o da vitória do Brujas sobre o Puntarenas. Já no Oriente Médio, Rico, ex-São Paulo e Grêmio garantiu os três pontos do Al Muharraq sobre o Malkiya.

Agora é hora de passar por aqueles que apenas assistirão a Copa do Mundo do ano que vem. Iniciando pela Escandinávia, mais precisamente na decepcionante Suécia, Kalmar e GAIS ficaram no 2 a 2, com o volante Reinaldo, ex-Palmeiras, marcando para os locais, enquanto Wanderson fez para os visitantes. Já nos 2 a 1 do Hacken sobre o Djurgarden, o jovem Vinícius Lopes contriubuiu para a vitória dos anfitriões. Mas o destaque no país ficou por conta de Álvaro Santos, que fez um hat-trick, nos 3 a 0 do Orgryte sobre o Helsingborg. Antes de deixar a região, na Noruega, Éverton, ex-Grêmio, ajudou na vitória do Fredrikstad sobre o Odd Grenland.

bobo-besiktas

Ex-corintiano Bobô após marcar

Países que pareciam se estabelecer no cenário futebolístico, Croácia e Turquia não irão ao próximo Mundial. Na terra dos terceiros colocados de 2002, o ex-palmeirense Kahê fez para o Gençlerbirligi na vitória sobre o Sivasspor, o ex-corintiano Bobô deixou o seu no triunfo do Besiktas sobre o Kasimpasa, e Júlio César, que defendeu o Fluminense entre 97 e 2002, fez os dois do Gaziantepspor na virada sobre o Fenerbahçe. Já em solo da terceira colocada de 1998, o desconhecido Dodô vibrou nos 4 a 3 do Inter sobre o Zadar.

Para encerrar o continente europeu, uma passada por países que já contaram com seleções históricas. Na Hungria de Puskas, que contou com Leandro de Almeida marcando na goleada do Debrecen sobre o Vasas Budapest. Na Bulgária de Stoichkov, Luiz Eduardo fez os dois do Montana na derrota por 3 a 2 para o Lokomotiv Plovdiv. E na Romênia de Hagi, Gerlem e Wesley garantiram o 2 a 1 do Vaslui sobre o Unirea, enquanto o atacante Nei, ex-Guarani comemorou duas vezes na goleada do Cluj em cima do Rapid.

Rumo ao desfecho, na Ásia, mais precisamente nos Emirados Árabes Unidos, Marcelinho e Émerson, participaram, respectivamente, das vitórias do Sharjah e Al-Ain, enquanto Pedrão fez o seu na derrota do Al Shabab para o Al Dhafra. Na China Leandro Netto deixou o seu nos 3 a 1 do Henan Siwu sobre o Qingdao Jonoon, e José Duarte, ex-Vila Nova, Goiás e Anapolina, garantiu os três pontos do Chongqing Lifan em cima do Shaanxi Zhongxin.

Essa semana, em clima de Copa, fica por aqui. Daqui sete dias volto com mais do brilho verde e amarelo pelo mundo.

Anúncios

Read Full Post »

Grupo A

Uma das poucas surpresas da primeira fase ocorreu neste grupo. A Juvents, em casa, empatou com o Bordeaux. Resultado ruim, mas não deve impedir a Vecchia Signora de classificar-se. Talvez complique o primeiro lugar do grupo, pois o Bayern venceu, sem dificuldades, o Maccabi Haifa por 3×0.

Grupo B

Todos os gols da história do Wolfsburg na Liga dos Campeões foram marcados por um brasileiro. Grafite balançou as redes três vezes contra o CSKA Moscou, e ajudou o time alemão a liderar seu grupo. O ex-atacante do São Paulo nunca mereceu tanto uma chance com a camisa da seleção brasileira. No outro jogo do grupo, um gol solitário de Paulo Scholes deu a vitória ao Manchester United sobre o Besiktas, na Turquia.

Grupo C

Resultado espetacular do Milan. Venceu o Olympique de Marselha por 2×1, na França. Como o time francês é seu principal rival pela segunda vaga nas oitavas, Leonardo deu um grande passo rumo à classificação. Os dois gols foram feitos por Inzaghi, um caso a ser estudado. Na outra partida, Cristiano Ronaldo também marcou duas vezes e ajudou o Real Madrid a golear o Zurique por 5×2. Foi uma semana triste para os suíços.

Grupo D

Apenas um gol neste grupo. Anelka marcou para o Chelsea contra o Porto, em Stamford Bridge. Já Atlético de Madrid e Apoel empataram sem gols. Resultado péssimo para o time espanhol, pois dificilmente mais alguém perderá pontos para a equipe cipriota.

Grupo E

Os dois mandantes venceram pela contagem mínima. Kuyt garantiu a vitória do Liverpool sobre o Debrecien, primeiro time húngaro na fase de grupos desde 1995. Na outra partida, Lyon venceu a Fiorentina. Resultado importante para o time francês, que deve brigar com o italiano por uma vaga.

Grupo F

O jogo mais esperado da fase de grupos foi, de certa forma, decepcionante. Inter de Milão e Barcelona empataram em 0x0. Os catalães foram superiores a partida inteira. Incrível como os atuais tetracampeões italianos jogam sempre da mesma forma. Ainda por este grupo, o Dinamo de Kiev venceu o Rubin Kazan por 3×1 e saiu na frente pelo terceiro lugar, que dá direito a participar da Liga Europa. Um dos gols foi de Gérson Magrão.

Grupo G

Luis Fabiano e Renato ajudaram o Sevilla a vencer o Unirea por 2×0, no grupo mais equilibrado da Champions League. Equilibrado por baixo, claro, pois os outros dois times são Rangers e Stuttgart, que empataram em 1×1.

Grupo H

Com gol de Eduardo da Silva, o Arsenal conquistou uma virada espetacular sobre o Standard Liége, após estar perdendo por 2×0. Bendtner e Vermaelen marcaram os outros tentos da equipe londrina.  O Olympiakos, nova equipe de Zico, venceu o AZ Alkmaar, na Grécia, por 1×0.

Read Full Post »

Os grupos da Liga dos Campeões foram sorteados nesta tarde de quinta-feira, na bela Mônaco.

No grupo A, o cabeça-de-chave Bayern de Munique terá a companhia da Juventus, além do campeão francês Bordeaux e do israelense Maccabi Haifa. A Vecchia Signora tem todas as possibilidades de classificar-se em primeiro, seguida pelo Bayern que parece mais sério agora sob o comando de Loius Van Gaal.

Leonardo

Leonardo terá que quebrar a cabeça para classificar o Milan

Em seguida vem o grupo do tricampeão inglês. CSKA Moscou, Besiktas e o campeão alemão Wolfsburg jogarão com o Manchester United na primeira fase. Sir Alex Ferguson não deve ter dificuldades para classificar sua equipe, e a segunda vaga terá uma boa briga entre o time de Grafite e o de Zico.

A expectativa antes do sorteio era em qual grupo o Real Madrid cairia. Pelas más atuações nas ultimas Champions Leagues os madrilenos foram rebaixados ao segundo pote. O afortunado acabou sendo o Milan, do grupo C. Dessa forma, logo nos primeiros jogos pela competição européia, Kaká reencontrará seu ex-time, no qual obteve grande sucesso. O camisa 8, inclusive, tem todas as condições de bater a equipe de Leonardo nos dois duelos, pois esta, comandada pelo decadente Ronaldinho, promete uma temporada ruim. Os outros dois integrantes do grupo são Olympique de Marselha do novo contratado Lucho Gonzáles, e o coitado campeão suíço, o Zurique.

Carlo Ancelotti

Apostando na experiência de Carlo Ancelotti, o Chelsea não deve ter muitas dificuldades para passar de fase

O grupo D também promete uma grande disputa pela segunda vaga. A primeira deve ser do Chelsea, sob o comando do bicampeão da Liga, Carlo Ancelloti. Pela segunda, Porto e Atlético de Madrid farão bons duelos. O APOEL, do Chipre, deve fazer apenas figuração.

O Liverpool não terá vida fácil para classificar-se. Enfrenta o sempre chato Lyon e a Fiorentina, entretanto, Rafa Benitez deve conseguir a primeira colocação do grupo E. O Debrecen, primeiro time húngaro na fase de grupos desde a temporada 95/96, é o coitado da vez.

 

Barcelona e Inter de Milão prometem os melhores jogos dessa etapa da competição. Ambos foram sorteados no grupo F e devem classificar-se com muita facilidade. Esse duelo também terá reencontros. Eto’o joga contra sua ex-equipe, assim como Ibrahimovic, tetracampeão pelo time de Milão, agora no lado catalão. Rubin Kazan e Dínamo de Kiev brigam para chegar à Liga Europa.

Eto

Eto'o e Ibrahimovic trocaram de time, e agora enfrentam suas ex-equipes já na fase de grupo

O Grupo G é o mais equilibrado, porém por baixo. O Sevilla, recém-elevado ao primeiro pote do sorteio, recebeu a companhia de Rangers, Stuttgart e do romeno Urinea. Briga boa entre os três primeiros pelas duas vagas.

Quem se deve classificar facilmente é o Arsenal. De mais complicado em seu grupo H apenas o AZ Alkmaar, campeão holandês. Os outros dois são o Olympiakos e o Standard Liége.

Messi

Lionel Messi, artilheiro, melhor atacante e jogador da Liga dos Campeões 2008/09

O que também agitou a festa em Mônaco foi a premiação aos melhores jogadores da Liga dos Campeões passada.

Van der Sar, do vice-campeão Manchester United foi escolhido o melhor goleiro. John Terry, o melhor zagueiro. A nomeação do capitão do Chelsea é curiosa, pois os blues não chegaram nem à final. Os outros três prêmios ficaram com atletas do campeão Barcelona: Xavi foi o melhor meio-campista e Lionel Messi o melhor atacante e melhor jogador da Champions League 2008/09.

Confira os grupos e os premiados:

Grupo A: Bayern de Munique (ALE), Juventus (ITA), Bordeaux (FRA) e Maccabi Haifa (ISR)

Grupo B: Manchester United (ING), CSKA Moscou (RUS), Besiktas (TUR) e Wolfsburg (ALE)

Grupo C: Milan (ITA), Real Madrid (ESP), Olympique de Marselha (FRA) e Zurique (SUI)

Grupo D: Chelsea (ING), Porto (POR), Atlético de Madrid (ESP) e APOEL Nircosia (CHI)

Grupo E: Liverpool (ING), Lyon (FRA), Fiorentina (ITA) e Debrecen (HUN)

Grupo F: Barcelona (ESP), Inter de Milão (ITA), Dinamo de Kiev (UCR) e Rubin Kazan (RUS)

Grupo G: Sevilla (ESP), Rangers (ESC), Stuttgart (ALE) e Unirea (ROM)

Grupo H: Arsenal (ING), AZ Alkmaar (HOL), Olympiacos (GRE) e Standard de Liége (BEL)

Premiados:

Melhor goleiro: Van der Sar (Manchester United)

Melhor zagueiro: John Terry (Chelsea)

Melhor meio-campista: Xavi (Barcelona)

Melhor atacante: Messi (Barcelona)

Melhor jogador: Messi (Barcelona)

Read Full Post »