Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Coritiba’

selecao-da-rodada73

Bruno – Flamengo

Simplesmente pegou dois pênaltis no duelo contra o Santos, ambos de Ganso, e garantiu a vitória rubro-negra.

Figueroa – Palmeiras

O chileno já está firmado na lateral-direita do alviverde. Com uma bela batida na bola, o jogador cruzou duas vezes para os gols que deram o empate no clássico contra o Corinthians.

Miranda – São Paulo

Depois de atuações recentes abaixo do seu potencial, o zagueiro voltou a jogar bem e mostrar segurança no setor defensivo do Tricolor, sendo um dos principais responsáveis por parar o ataque do Barueri.

Juninho – Botafogo

Além de ter marcado mais um de seus gols de falta, em bela cobrança, o zagueiro fez bem sua função comandando a zaga do Fogão.

Eltinho – Avaí

Um dos principais jogadores do elenco avaiano, o lateral-esquerdo deu trabalho ao lado direito da defesa do Furacão, além de ter participado com efetividade na defesa.

Adílson – Grêmio

Apesar de ter perdido por 2 a 0 para o Santo André, o jovem volante Tricolor teve bela atuação, mostrando que deverá ter futuro promissor.

Ricardinho – Atlético Mineiro

O pentacampeão mundial comandou o meio do campo do Galo na bela vitória sobre o Goiás, criando as melhores jogadas e ainda deixando o seu nas redes de Harlei.

Defederico – Corinthians

Mesmo ainda sem mostrar o futebol esperado em sua chegada, o argentino conseguiu se destacar no clássico contra o Palmeiras, sendo o responsável pelos passes que deixaram Jorge Henrique e Ronaldo na cara do gol.

Marcelinho Paraíba – Coritiba

Principal jogador do Coxa, mais uma vez chamou a responsabilidade para levar o time à vitória e conseguiu. Infernizou a defesa do Vitória e ainda deu a assistência para o gol de Pereira.

William – Avaí

O atacante chegou ao seu oitavo gol no Brasileirão em grande estilo, com uma bela bicicleta que ajudou o Avaí a bater o Atlético Paranaense.

Fred – Fluminense

O atacante não se importou de estar enfrentando seu ex-time e foi o principal nome em campo, balançando as redes duas vezes.

Técnico: Cuca – Fluminense

Depois de ver sua equipe sair perdendo por 2 a 0, o treinador conseguiu mudar o rumo do jogo durante o intervalo com as entradas de Tartá e Digão e a alteração do 4-4-2 para o 3-5-2, que levou o Tricolor à virada e aos três pontos.

Craque da rodada

bruno-flamengo

Bruno - Flamengo

Anúncios

Read Full Post »

selecao-da-rodada7

Carini – Atlético Mineiro

O arqueiro uruguaio teve bela atuação no Mineirão, inclusive defendendo pênalti cobrado pelo veterano Basílio.

Nei – Atlético Paranaense

Mais uma vez na Seleção da Rodada, o lateral é uma das principais armas do Furacão. Diante do Corinthians, foi firme na marcação e, como sempre, apoiou bem o ataque.

Pereira – Coritiba

O zagueiro pode não ser um primor na técnica, mas mostra raça e, contra o Internacional, teve essa característica como sua principal qualidade.

Danilo – Palmeiras

Pela segunda semana seguida, o zagueiro aparece por aqui. Desta vez não marcou gol nem deu assistência, mas atuou bem e mais uma vez salvou um gol feito, em tentativa de Madson.

Fininho – Sport

O ex-corintiano só jogou devido a ausência do titular Dutra, mas conseguiu mostrar futebol para sair do banco e estrelar a Seleção da Rodada. Além de dar trabalho para o lado direito gremista, anotou seu gol.

Valência – Atlético Paranaense

O colombiano tomou conta do meio de campo no Pacaembu. Com marcação forte, foi essencial para o setor defensivo paranaense.

Correa – Atlético Mineiro

O jogador parece ter caído como uma luva no elenco do Galo. Com boa qualidade técnica, e chute na bola diferenciado, vive assustando as defesas rivais. Contra o Barueri, fez o segundo do time em bela cobrança de falta.

Paulo Baier – Atlético Paranaense

O incansável atleta sempre se destaca em jogos de maior importância, e principalmente nos que envolvem os rivais do seu ex-time Palmeiras. No sábado, calou o Pacaembu logo no começo de partida.

Diego Souza – Palmeiras

Tido por muitos como o craque da competição, o camisa 7 mais uma vez mostrou a razão de ser convocado por Dunga. Foi o principal nome alviverde, empatando a partida, dando assistência para outro e iniciando a bela jogada do terceiro gol.

Adriano – Flamengo

Simplesmente resolveu o clássico Fla-Flu para os rubro-negros. Dois gols em um Maracanã lotado.

André Lima – Botafogo

O atacante se sente bem com a camisa do Fogão, e surpreendeu junto com seu time neste domingo. Em pleno Serra Dourada, ajudou na construção da vitória, dando trabalho à defesa adversária e anotando um belo gol.

Técnico: Ricardo Gomes – São Paulo

O treinador Tricolor continua calando a boca dos que criticaram sua contratação. Mesmo com desvantagem numérica de jogadores, seu time mostrou força suficiente para bater o Náutico em pleno Aflitos. Mais uma vez, acertou em substituições.

Craque da rodada

adriano-flamengo2

Adriano - Flamengo

Read Full Post »

brasucas-ao-extremo3

A cada semana que passa, a viagem em busca de redes balançadas por brasileiros enfrenta maiores escalas. Como de costume, o ponto de partida é a Europa, e principalmente os países menos privilegiados da grande mídia. A região inicial será a Escandinávia, onde Wanderson vem marcando presença toda semana. O atacante marcou um de pênalti na vitória do GAIS sobre o Hammarby e dois diante do Orebro. Outro que anotou duas vezes em uma mesma partida foi Antônio Flávio, ex-Santo André, nos 2 a 0 do AIK em cima do Djurgarden. Ainda em solo sueco, o Jonkoping bateu o Landskrona por 4 a 2 e o meia Marcel Sacramento deixou o seu.

antonioflavio-aik

Antônio Flávio com a camisa do AIK

Perto dali, o futebol dinamarquês contribuiu bastante, ou melhor, os brasucas contribuíram para o futebol local. Fora da capital, uma das crias das categorias de base do Atlético Mineiro, Ailton fez o gol da virada do Copenhagen sobre o Helsingor. Outros que se deram bem fora de casa foram HB Koge e Viborg, que contaram com tentos de Roberto Saraiva e Alex da Silva, respectivamente, para somarem três pontos. Mas o grande destaque do país ficou por conta do massacre de 9 a 0 do Randers FC sobre o Vejen, José Júnior fez o dele.

Os fiordes não estão mais na paisagem, mas não muito distante, na Holanda, Wellington, atacante que passou por Inter, São Caetano, Náutico e está emprestado pelo Hoffenheim, comemorou duas vezes nos 8 a 0 do Twente no pequeno Joure. Três dias mais tarde, a equipe voltou a vencer, e desta vez com gol do jovem Douglas, ex-Joinville. Outro que saiu para o abraço duas vezes foi Leonardo, com carreira no país, no duro 3 a 2 do NAC Breda em cima do Willem II. Caso comum de jogador que sai direto da base para a Europa, Everton deixou o Barueri rumo ao Heracles e botou seu nome no placar no êxito de 2 a 0 diante do NEC. Outro exemplo é o de Paulo Henrique, mas este até chegou a jogar no profissional, deixou o Galo para defender o Heerenveen e marcou o seu sobre o Sparta Rotterdam.

Os “brownies mágicos” ficaram para trás e a neutralidade da Suíça toma conta. Na quarta-feira, Marcos de Azevedo colaborou com o 2 a 2 entre Servette e Wohlen. Já no sábado, o meia voltou às redes, mas não evitou a derrota de seu time por 3 a 2 para o Locarno. Com a camisa do Lugano FC, Silvio Carlos, ex-Santos, fez dois dos sete gols da sua equipe sobre o Gossau. No país vizinho, a Áustria, o ex-pontepretano Fabiano também chegou ao gol duas vezes, ajudando a construir o 5 a 0 do Wacker Tirol sobre o Dornbirn.

carloseduardo-hoffenheim

Carlos Eduardo imita comemoração famosa de Totti

Antiga aliada austríaca, a Alemanha sempre proporciona seu momento por aqui. Pela Copa do país, jogada na quarta-feira, o recém-convocado Naldo, o ex-palmeirense Caio, e o naturalizado alemão Cacau, fizeram as alegrias das torcidas de Werder Bremen, Frankfurt e Stuttgart. Já no domingo, pela famosa Bundesliga, Raffael fez para o Hertha Berlim, mas Carlos Eduardo, além de outros quatro gols, deram os três pontos para o Hoffenheim.

Se Áustria e Alemanha foram aliadas em tempos de guerra, uma grande rival era a União Soviética, e nessa região, brasileiros brilharam nos últimos sete dias. Na atual Bielo-rússia, Jefferson fez o único na vitória do Dinamo Minsk em cima do Granit. Na Estônia, o meia Felipe Nunes anotou o seu, mas o Nomme Kalju foi derrotado pelo FC Levadia. Mas foi na Ucrânia que o sucesso foi absoluto. O Shakhtar atropelou o Obolon por 4 a 0 e, Jadson, William e Ilsinho balançaram as redes.

Outro país que sofreu desfragmentação foi a Iugoslávia. Um dos que conseguiram a independência foi a Eslovênia, e por lá, Marco Tavares, que jogou pelo Furacão, fez dois na vitória por 3 a 2 do Maribor contra o Nova Gorica. Ainda na região de grandes conturbações históricas, mas na Sérvia, Cléo, outro que defendeu o rubro-negro de Curitiba, marcou de pênalti para o Partizan Belgrado, no sábado.

Como o tema entrou para rivalidades políticas, Turquia e Chipre são os próximos destinos. Na pequena ilha, Roma, que atuou por CSA e Sport deixou o seu nos 2 a 0 do Doxa Katokopia sobre o Nisou. Já no continente, Rizespor e Altay ficaram no 1 a 1 pela segunda divisão. Nascimento Ribeiro abriu para os locais e Tiago Bezerra, ex-Gama, igualou. Na elite do país, o ex-corintiano Marcus Vinícius deu, no finalzinho, os três pontos para o Istanbul Buyuksehir em cima do Sivasspor, enquanto Júlio César tentou mas não conseguiu evitar a derrota do Gaziantepspor para o Ankaraguçu.

Antes de entrar na rota dos poderosos do Velho Continente, vale a pena passar na Grécia. Por lá, o zagueiro Douglão, que começou no Inter e estava no rebaixado Nantes, deu a vitória ao Kavala sobre o Iraklis. Já nos 4 a 0 do Ergotelis sobre o Panthrakikos, os veteranos Junior Silva e Beto, que fizeram carreira fora, tiveram grande importância.

lucio-internazionale

Lúcio com a camisa nerazzurri

Na “Terra da Bota”, o atacante Nenê marcou para o Cagliari, na quarta-feira, no êxito sobre o Bari. No mesmo dia, o capitão da Seleção Lúcio deixou o seu no 3 a 1 da Internazionale em cima do Napoli. Já no domingo, a Juventus tentou mais três pontos, mas Adaílton, ex-Juventude e Guarani, não deixou e a partida com o Bologna ficou no empate. Mas quem conseguiu vitória foi o Cagliari, que contou com tento de Jeda para passar pelo Parma.

Partindo da Península Itálica para a Ibérica, o ex-botafoguense Juca marcou duas vezes nos últimos sete dias. Garantiu os resultados positivos do Deportivo sobre Xerez e Villarreal. Na capital, Cléber Santana empatou para o Atlético de Madrid contra o Almería, enquanto Kaká fechou o placar vitorioso do Real Madrid diante do Villarreal, fora de casa. O camisa 8 merengue voltou às redes no sábado, quando sua equipe passou pelo Tenerife por 3 a 0. Outra equipe que está com a bola toda é o Sevilla, que marcou oito gols nas últimas duas partidas, diante de Athletic Bilbao e Rangers, contando com a colaboração de Renato, Adriano e Luís Fabiano.

Em Portugal, Adílson e Alan, vibraram com as torcidas do Feirense e do Sporting Braga, respectivamente. Em Lisboa, o zagueiro David Luiz e o meia Ramires participaram do placar de 5 a 0 do Benfica sobre o Leixões. Completando a rodada lusitana, Vitória Guimarães e União Leiria ficaram no 2 a 2, com gols de Roberto para os donos da casa e Carlão e Vinícius para os visitantes.

wendel-bordeaux

Wendel é destaque no Bordeaux

Para fechar o continente europeu, Wendel, ex-Santos e Cruzeiro, foi para a galera no 1 a 0 do Bordeaux em cima do Rennes e garantiu a liderança de seu time na Ligue 1. Já na Premiership, o Hull tomou de 6 a 1 do Liverpool, mas Geovanni foi o responsável pelo gol de honra. O time do ex-cruzeirense também foi batido na quarta-feira, e o atacanteajudou a deixar o placar em 4 a 0 para o Everton.

Um lugar infestado de brasileiros jogando bola que foi um pouco esquecido nas últimas semanas foi a Ásia, mas desta vez receberá a devida atenção. Pela Liga dos Campeões do continente, Magno Alves marcou dois para o Umm Salal sobre o FC Seoul, enquanto Juninho, ex-Palmeiras, garantiu a vitória do Kawasaki Frontale sobre o Nagoya Grampus.

O país do Oriente Médio que concentra mais tupiniquins são os Emirados Árabes Unidos, e foi por lá que o ex-flamenguista Émerson ganhou grande destaque logo em seus primeiros dias na terra dos petrodólares. Em sua estreia, marcou dois e ajudou o Al Ain a sagrar-se campeão da Copa dos Emirados. Na segunda partida, diante do Al Nasr, fez outro. Quem também conseguiu balançar as redes duas vezes foi Fernando Baiano, nos 3 a 1 do Al Wahda sobre o Ahli. Pinga, ex-Torino e Internacional, completou a vitória dos visitantes.

emerson-valdivia-alain

Emerson comemora com Valdivia na estreia pelo Al Ain

Ainda no maior pólo verde-amarelo em terras desérticas, Marcelinho fez para o Sharjah no duelo com o Emirate, enquanto o artilheiro Pedrão, ex-Barueri, fez para o Al Shabab contra o Jazira. Em ambas as partidas, os gols não evitaram as derrotas.

No Bahrein, a antiga promessa Rico, ex-São Paulo e Grêmio, deixou sua marca na vitória do Al Muharraq. Já no Qatar, o desconhecido Leandro da Silva fez para o Al Sadd no empate de 1 a 1 com o Al Kharitiyat.

Para terminar de vez a viagem pelo globo em busca de talentos brasucas perdidos, a terra do sol nascente. Na quarta-feira, Marcelo Soares e Roberto ajudaram os visitantes Vegalta Sendai e Sagan Tosu, saírem de campo com um empate e uma vitória, respectivamente.

No final de semana, o habilidoso Michael, ex-Guaratinguetá e Coritiba, tentou, mas não evitou a derrota do JEF United para o Yamagata. Mesma situação de Marquinhos, na surpreendente goleada de 4 a 1 sofrida pelo Kashima Antlers para o Nagoya Grampus. Outro grande time japonês derrotado em casa foi o Urawa Red Diamonds, que contou com gol de Edmílson, antiga dupla de Vágner Love no Palmeiras, no fracasso diante do Yokohama Marinos.

A cada semana que passa, o número de gols cresce, e fica mais provado que, tratando-se de futebol, brasileiro faz sucesso em qualquer canto.

Read Full Post »

selecao-da-rodada7

Rafael – Fluminense

O Tricolor finalmente conseguiu quebrar a longa série de partidas sem vitória, e muito graças ao jovem goleiro, que fez verdadeiros milagres diante do atacante avaiano.

Figueroa – Palmeiras

O chileno fez sua primeira partida como titular e saiu-se muito bem em frente à torcida, que lotou o Palestra Itália. Apoiou bastante o ataque, inclusive fazendo o gol de abertura do marcador. Ainda foi o responsável pela cobrança de escanteio no segundo tento.

Pereira – Coritiba

O zagueirão mostrou segurança diante do Náutico e foi um dos responsáveis pela manutenção do zero pernambucano no Couto Pereira.

Danilo – Palmeiras

Simplesmente o nome do jogo. O Verdão pagou 100 mil reais para contar com o zagueiro contra o Furacão. Fez o lançamento para o gol de Figueroa, anotou o segundo em um belo chute e ainda evitou o empate dos curitibanos tirando bola em cima da linha. Valeu cada centavo.

Luciano Amaral – Coritiba

O lateral foi muito bem na partida contra o Timbú. Não deixou que o adversário criasse grande perigo pela sua ala de campo e ainda conseguiu em algumas oportunidades dar trabalho à defesa rival.

Correa – Atlético Mineiro

O meiocampista ainda tem a batida na bola como seu ponto forte, e foi assim que deu mais uma assistência neste domingo. Sempre leva perigo nas bolas paradas.

Leandro Donizete – Coritiba

O volante mostrou muita disposição na vitória por 2 a 0 e foi o primeiro homem responsável pela contenção do ataque do Náutico, muito bem realizada.

Conca – Fluminense

O argentino realmente é o jogador mais lúcido do Tricolor. Mais uma vez teve bela atuação, e desta vez seu time conseguiu sair com a vitória. No Maracanã, armou a maioria das jogadas e ainda conseguiu roubar muitas bolas dos adversários.

Leandro Domingues – Vitória

Apesar de ter o artilheiro Roger no elenco, o meiocampista é o principal jogador do time baiano. Quando joga bem, a equipe acompanha, e foi isso que aconteceu diante do Botafogo. Comandou o meio de campo, fazendo um gol e dando passe para outro.

Marcelinho Paraíba – Coritiba

O veterano atacante mais uma vez dá as caras por aqui. Principal atleta do Coxa, costuma levar o time nas costas, como fez diante do Náutico. Deixou Rômulo na cara do gol para marcar o primeiro e fechou a vitória no segundo tempo.

Diego Tardelli – Atlético Mineiro

Convocado mais uma vez para a Seleção Brasileira, o atacante mostrou novamente que tem qualidade para integrar o elenco de Dunga. Contra o Santos, colocou mais dois tentos em sua conta e está na artilharia do Brasileirão.

Técnico: Vágner Mancini – Vitória

Conseguiu montar o time de maneira a anular o ataque, mesmo que fraco, do Botafogo. Deu liberdade a Leandro Domingues, que comandou a equipe dentro de campo, e agiu bem nas entradas de William e Gláucio como maneira de manter a vitória em pleno Engenhão.

Craque da rodada:

danilo-palmeiras

Danilo - Palmeiras

Read Full Post »

Coritiba

Após ser goleado pelo Flamengo no último domingo o Coritiba teve uma semana complicada. Para afastar os maus momentos que o time vem colecionando ao longo do Brasileirão, no qual se encontra muito perto da zona de descenso, foram contratados dois volantes: Makelele, ex-Grêmio e Palmeiras, e Moisés, que acabou de ser campeão da Terceirona pelo América Mineiro. As boas novas ficaram por conta apenas do retorno do zagueiro Pereira, que estará a disposição do treinador Ney Franco para o duelo ante o Náutico, em casa, no domingo. E para finalizar a semana discussões acerca do plano de sócio-torcedor do Coxa expõe defeitos na administração do alviverde. Diretores da equipe já afirmam que os moldes do plano serão modificados após o final do ano.

Grêmio

Após golear o Fluminense por 5 a 1 no último final de semana o Grêmio teve uma semana tranquila e com algumas boas notícias. A primeira delas fica fora dos gramados, com a confirmação de que a prefeitura de Porto Alegre deu entrada nos trâmites legais para a construção da tão sonhada arena tricolor. Ainda fora do campo mas com influência direta nele, o Imortal conseguiu importante vitória ao livrar o atacante Maxi Lopez de suspensão e o deixar apto para enfrentar o Goiás. Quem também está pronto para enfrentar o Esmeraldino é o artilheiro Jonas, que após sentir dores nos treinois de meio de semana foi confirmado pela departamente médico gremista.

Internacional

O Colorado passou por uma semana tensa após perder fora de casa para o Vitória e ver o líder Palmeiras se distanciar na tabela. Com compromisso no meio da semana pela Copa Sul-Americana, o Inter teve pouco tempo para treinar visando o duelo contra o Flamengo, no domingo, em Porto Alegre. Pela competição continental um empate em 1 a 1 com o Universidad do Chile acabou saindo com gosto amargo para os menos de sete mil torcedores que estavam no Beira-Rio.A principal notícia colorada parece ser o interesse no jovem uruguaio Facundo Píriz, de apenas 19 anos e que atua no Nacional de Montevidéu. Os treinamentos fechados promovidos por Tite impossibilitaram a imprensa de prever a equipe que alinhará ante o Rubro-Negro pela 26ª rodada do Brasileirão.

Vitória

O triunfo dos baianos do Vitória sobre o Internacional no último final de semana poderia ter rendido uma semana tranquila no Barradão. Poderia, pois a derrota no compromisso de meio de semana, pela Sul-Americana, esquentou os ânimos no Rubro-Negro baiano. A derrota por 4 a 1 para o inexpressivo River Plate (URU) foi inesperada e gerou críticas por parte de toda a imprensa local e, claro, da torcida. Para o duelo contra o Botafogo, no domingo, o Leão tentará acabar com o péssimo desempenho longe de casa, que conta com apenas uma vitória conquistada.O meia Willian se recuperou de lesão e estará a disposição de Vagner Mancini para o embate contra os cariocas.

Read Full Post »

brasucas-ao-extremo3Com o início das competições européias, a tendência no número de gols brasucas ao longo da semana é aumentar, e foi examente isto que aconteceu. Pelo segundo dia da Liga dos Campeões da Europa, o ex-cruzeirense Gérson Magrão fez o segundo do Dínamo Kiev na vitória por 3 a 1 sobre o Rubin Kazan. Pelo Grupo H, o Arsenal passou sufoco, mas conseguiu uma bela virada sobre o Standard Liège graças ao croata-brasileiro Eduardo da Silva. Mas quem realmente dependeu de nossos jogadores para somar seus primeiros três pontos foi o Sevilla, que bateu o desconhecido Unirea com gols de Renato e, sempre ele, Luís Fabiano.

renato-sevilla

Renato vibra contra o Unirea

Como se não bastasse a Champions League, a nova Liga Europa começou no meio da semana passada e o que não faltaram foram comemorações verde-amarelas. Pelo Grupo J, os dois jogos contaram com isso. No primeiro, o ex-corintiano Willian colaborou com a goleada de 4 a 1 do Shakhtar sobre o Club Brugge. Já no segundo, Cléo, ex-Atlético Paranaense fez um, mas não foi capaz de evitar a derrota do Partizan Belgrado para o Tolouse.

Em partidas que envolveram clubes portugueses, não há nem dúvida de que os tupiniquins foram responsáveis por alterações nos placares. Na derrota do Nacional da Ilha de Madeira por 3 a 2 para o Werder Bremen, o zagueiro Felipe Aliste, ex-Guarani, anotou o seu. Já a partida entre Heerenveen e Sporting terminou em 3 a 2 para os lusos, e quem será que foi o autor dos gols? Sim, Liédson três vezes, na Holanda.

Outra equipe que conseguiu vitória fora de casa foi o Galatasaray, que viajou a Grécia e voltou para casa com um 3 a 1 diante do Panathinaikos. O meia Elano, recém-chegado do Manchester City, foi quem abriu o placar.

nilmar-villarreal

Nilmar não jogou bem mas decidiu

O restante dos gols foram anotados por jogadores de ataque. Na Bulgária, Michel, que veio do Chernomorets, fez o empate do CSKA Sofia diante do Fulham. Perto dalí, em Praga, o garoto Jonathan Reis, cria das categorias de base do Atlético Mineiro, fez os dois do PSV Eindhoven no 2 a 2 com o Sparta local. Diferente dos últimos dois citados, os brasileiros que completaram a rodada da Liga Europa são conhecidos por todos por aqui. Nilmar fez o único do Villarreal no êxito sobre o Levski, enquantoaproveitou o 4 a 0 do Everton sobre o AEK para marcar.

Depois de explorar as competições continentais, já é hora de seguir para as ligas e copas nacionais pela Europa. A primeira parada será a região escandinava, onde muitos desconhecidos da maioria do público se destacam. Um exemplo disso é o jovem Wanderson, que saiu do River do Piauí para a Suécia e fez um hat-trick na última quinta-feira, quando o GAIS goleou o Gefle por 4 a 0. No mesmo país, o meia Marcel Sacramento fez só um, e não foi suficiente para o Jonkopings, que perdeu por 5 a 3 para o Ljungskile.

A Suécia ficou para trás, mas o frio veio junto. Na Rússia, o zagueiro Leandro, que tem maior parte da carreira no leste europeu, fez o dois do Spartak Nalchik na vitória sobre o Khimki. Se Khimki, Spartak Nalchik e seu Leandro são praticamente nulos para a maioria, os próximos deixam saudades para torcedores de Internacional e Cruzeiro. O meia Alex fez de pênalti para o Spartak de Moscou contra o Saturn, naquele famoso lance que o torcedor invadiu o gramado para cobrar a penalidade. Já o duelo entre CSKA e Dinamo Moscou contou Guilherme comemorando.

Antes de chegar às grandes potências do Velho Continente, passaremos por Holanda, Bélgica, Grécia e Turquia. Na terra de Van Gogh, Claudemir contribuiu com o placar de 5 a 2 do Vitesse sobre o Top Oss. No país vizinho, o zagueiro Felipe, ex-Coritiba, balançou as redes pelo Standard Liège, enquanto Alex da Silva fez para o Sint-Truiden na derrota para o Racing Genk. Indo em direção ao sul, o futebol turco obriga uma parada. Mais uma vez por aqui, o ex-palmeirense Kahê fez o seu na vitória do Gençlerbirligi sobre o Ankaraguçu. Agora, no duelo entre os trava-línguas Eskisehirspor e Gaziantepspor, os defensores Ivan, ex-Furacão, e Julio César, ex-Real Madrid, Milan, Benfica e Olympiakos, deixaram o deles para os visitantes. Já na capital, Vederson fez o 1 a 0 do Fenerbahçe sobre o Istanbul Buyuksehir. Para completar o roteiro citado, Diogo, ex-Portuguesa, ajudou o Olympiakos a vencer o PAOK por 2 a 1, fora de casa.

nene-monaco

Nenê está bem com a camisa do Monaco

A Inglaterra é um país que não conta com muitos brasucas, mas dois deles vão aparecer por aqui. E o primeiro ainda será pela segunda vez neste texto. Eduardo da Silva deixou o seu nos 4 a 0 do Arsenal sobre o Wigan. O outro é Anderson Silva, que jogou no Uruguai e no Everton antes de balançar as redes com a camisa do Barnsley no 3 a 2 sobre o Burnley, pela Copa da Liga Inglesa. Ao fazer a travessia do Canal da Mancha, Nenê foi o único representante do nosso país na França, fazendo de pênalti na vitória do Monaco sobre o Nice.

zeroberto-x-frankfurt

Zé Roberto é o principal jogador do Hamburgo

Na Alemanha, um jogador que poderia resolver a difícil situação do Botafogo nesse ano fez sua torcida vibrar no sábado. Maicosuel anotou um nos 4 a 2 do Hoffenheim sobre o Borussia Monchengladbach. No dia seguinte, o veterano Zé Roberto deu o empate ao Hamburgo na partida com o Frankfurt. Depois dos jogos pela Bundesliga, o veterano Everson, que já defendeu clubes como Servette e Benfica, marcou dois dos quatro do Koblenz sobre o Energie Cottbus, pela copa do país.

Saindo da terra de Hitler e indo para a de Mussolini, o atacante Barreto foi emprestado pela Udinese ao Bari e deixou o seu nos 4 a 1 sobre a Atalanta. Um que fez, mas não conseguiu levar os três pontos para seu time foi Jeda, nos 2 a 1 da Internazionale sobre o Cagliari. Na Serie B, o zagueirão Fabiano fechou o placar de 3 a 1 do Lecce contra a Triestina.

danielalves-barcelona

Daniel Alves após mais uma falta perfeita

Agora partimos em direção à península Ibérica, onde o lateral Thiago Carleto, ex-Santos, inaugurou o placar para o Elche. Porém, Igor converteu penalidade e garantiu a virada do Levante pela segunda divisão espanhola. Na elite, Daniel Alves cobrou falta com perfeição nos 5 a 2 do Barcelona sobre o Atlético de Madrid. No dia seguinte, o zagueiro Michel, que surgiu na base do Flamengo, foi o único a comemorar na vitória do Almería em cima do Getafe.

Como sempre, Portugal é o ponto final da viagem pela Europa. No sábado, William abriu o marcador para o Paços Ferreira, mas Adriano, ex-Coxa, garantiu o empate do Rio Ave. Já o veterano Alan, que iniciou carreira no Ipatinga, conseguiu quebrar o Porto e garantir o 1 a 0 do Braga. No domingo, foi a vez de Edgar dar três pontos para seu time, fazendo os dois do Nacional sobre o Marítimo.

Antes de cruzar o Atlântico rumo à América do Sul, o Oriente Médio não pode ser esquecido, uma vez que lá três compatriotas tiveram felicidade na última quinta-feira. No Qatar, Leandro Silva fez o terceiro do Al Sadd contra o Al Ahli, enquanto Magno Alves e Davi José Silva foram responsáveis pelos dois tentos do Umm Salal na derrota por 3 a 2 para o Al Wakra.

Apesar de ficar mais perto de nós, os jogadores que atuam em ligas menos populares da América acabam passando sem serem percebidos, mas não aqui. Na Bolívia, Charles da Silva fechou a goleada do Bolívar sobre o Blooming. Ainda na capital de Evo Morales, Régis de Souza fez o único do La Paz no fracasso diante do Real Mamoré.

No Equador, o Espoli venceu o El Nacional por 3 a 2, e Marquinho foi quem abriu o placar para os donos da casa. Mas quem realmente conseguiu ser o destaque dos últimos sete dias ficou por último nessa lista. Andrézinho, do River Plate uruguaio, foi responsável pelo empate da sua equipe com o Danúbio, e, nesta terça, deixou o seu nos surpreendentes 4 a 1 em cima do Vitória da Bahia, em partida válida pela Copa Sulamericana.

Realmente tem muitos brasileiros ganhando a vida com o futebol pelo mundo afora, e o número de redes estufadas por eles é apenas uma amostra disso. Até a próxima quarta, com mais uma provável enxurrada verde-amarela.

Read Full Post »

Internacional

Apesar de ter perdido para o Cruzeiro por 3 a 2, em Belo Horizonte, o clima no Internacional está tranquilo. Durante a semana, o principal assunto foi o julgamento de quatro colorados. Daniel e Sorondo, expulsos contra o Santos, pegaram um jogo cada, já cumpridos, o zagueiro Índio foi absolvido pela expulsão contra o Avaí e Bolívar, expulso no mesmo jogo, pegou dois jogos e desfalcará o Inter neste sábado, contra o Vitória. O sistema defensivo é a preocupação de Tite, já que o time tem tomado muitos gols. Índio e Sorondo brigam por uma vaga ao lado de Fabiano Eller, titular absoluto. Na frente, Taison será mantido e Edu ficará novamente no banco.

Grêmio

Depois de dois empates, contra Botafogo e Vitória, o Grêmio voltou a vencer no último domingo, ao aplicar 2 a 0 no Náutico, nos Aflitos. O triunfo deixou o time gaúcho com esperanças de título, apesar de a chance de isso ocorrer ser de apenas 1%. Na semana do 106º aniversário do Tricolor, os jogadores mostraram otimismo em relação ao título. Para manter viva essa chama, o time busca vencer o Fluminense, no Olímpico, onde ainda não perdeu no Brasileirão. Para o duelo o Grêmio terá seis titulares pendurados: Victor, Rafael Marques, Mário Fernandes, Bruno Collaço, Adilson e Jonas.

Coritiba

Jogando em casa, com o apoio da torcida e o tradicional “Green Hell”, o Coritiba apenas empatou com o Corinthians, na quarta feira. Apesar de ter saído na frente, o Coxa não conseguiu conter o ímpeto corintiano e sofreu o empate. Mesmo sem ter vencido, os jogadores consideraram o resultado bom, já que o time abriu 3 pontos para a zona de rebaixamento. O técnico Ney Franco revelou otimismo na corrida contra a Segundona e afirmou que o time planeja conseguir 7 pontos nos próximos três jogos contra Flamengo, Náutico e Internacional.

Vitória

O rubro negro baiano venceu, no domingo, o líder do Campeonato Brasileiro, em casa e busca, agora, repetir a dose contra o segundo colocado, o Internacional, sábado, no Barradão, onde conseguiu oito vitórias em doze jogos. A boa notícia ficou por conta do Tribunal, que absolveu o volante Magal, que havia sido expulso contra o Grêmio e está confirmado pelo técnico Vagner Mancini, para o duelo contra o Inter. Entretanto, o atacante Derlei, que havia estreado com gol no último domingo, contra o Palmeiras, bateu o joelho em uma mesa e não participará do jogo.

Read Full Post »

Older Posts »