Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Gilberto’

selecao-da-rodada7

Bruno – Flamengo

Segurou o ataque botafoguense, que finalizou 15 vezes ao gol rubro-negro. Além disso, pegou pênalti de Lúcio Flavio.

Patrick – Náutico

Fez gol na importantíssima vitória do Timbu contra o Barueri. Também teve 6 roubadas de bola, ajudando a travar Márcio Careca, uma das principais armas ofensivas do time da grande São Paulo

Claudio Caçapa – Cruzeiro

Teve a desagradável incumbência de marcar Ronaldo e o fez muito bem.

Jeci – Coritiba

Seu gol ajudou o coxa a vencer o atletiba contra o Furacão.

Marcio Careca – Barueri

Apesar de bem marcado por Patrick, conseguiu deixar sua marca na derrota para o Náutico

Hernanes – São Paulo

Belo gol contra o Santos. Liderou a equipe tricolor na vitória suada contra o Santos.

Rodrigo Souto – Santos

Deixou sua marca no clássico San-São. Bem também na marcação, com 4 roubadas de bola.

Gilberto – Cruzeiro

Adaptou-se ao meio-campo e vem sendo a principal peça cruzeirense na arrancada rumo à Libertadores

D’alessandro – Internacional

Decidiu o gre-nal com seu gol. Retomou a posição de titular com a chegada de Mário Sérgio.

Adriano – Flamengo

Golaço contra o Botafogo passando por dois adversários. Decidiu o clássico.

Nunes – Santo André

Dois gols contra o líder do Campeonato, com direito a virada de rosto em um deles

Craque da rodada

nunes-stoandre

Nunes - Santo André

Anúncios

Read Full Post »

Cruzeiro

Após a excelente vitória fora de casa contra o Inter, por 3 a 2, pela vigésima quarta rodada do Nacional-09, a Raposa parece ter reecontrado a paz. Gilberto, agora atuando na meia e com a camisa 10 da equipe, vem dando o toque de qualidade que faltava ao meio campo do Cruzeiro. Na próxima rodada do Brasileirão-09, os comandados de Adilson Batista encaram o atual líder da competição, o Palmeiras, no Mineirão. Fabrício, na última sexta-fera, volante da equipe azul-celeste soltou o verbo contra o meia alviverde Diego Souza: “Quando não dá na bola, ele vai no soco”. É promessa de jogo quente em Minas!

Flamengo

Melhor equipe carioca no Brasileirão-09, o Rubro-negro da Gávea vai em busca de mais uma vitória, para, quem sabe, se aproximar do G-4. Com Adriano em ponto de bala, o Flamengo espera, neste domingo contra o Coxa, no Maracanã, quebrar o recorde de público das 4 divisões do Nacional (atualmente esse recorde é do Vasco, maior rival do Fla). Marcelinho Paraíba, agora no Coritiba, promete ser o carrasco de seu ex-clube. São muitas as promessas para o “maior do mundo” nesta vigésima quarta rodada do Brasileirão-09.

Botafogo

Aleluia! Estevam Soares ganhou sua primeira partida no comando do Fogão, após dez jogos à frente da equipe. O resultado foi na Copa Sulamericana, contra o Atlético/PR, no Engenhão. Porém, no Brasileiro-09, a situação da equipe não é das melhores. Na zona da degola, o time de General Severiano enfrentará o Santos, neste domingo, na Vila, e promete “esquecer” por um momento a competição continental.

Av

A equipe do técnico Silas, após mais uma derrota no Brasileirão-09, desta vez para o São Paulo por 2 a 0, começa a olhar para a parte debaixo da tabela. Com 34 pontos e na décima colocação do campeonato, o Leão da Ressacada parece ter perdido o folêgo e a condição de sensação do torneio. Neste domingo, jogando em casa contra o Barueri, os catarinenses poderão contar com a volta do matador William, que se recupera de uma lesão na mão. Preocupado com o rendimento de sua  equipe nas bolas aéreas, Silas treinou à exaustão jogadas desse tipo nesta semana.

Read Full Post »

selecao-da-rodada7

Victor – Grêmio

Mais uma vez o arqueiro tricolor mostrou que pode estar no grupo de Dunga na próxima Copa do Mundo. Fechou o gol contra o Náutico.

Léo Moura – Flamengo

O lateral-direito voltou com seu bom futebol e infernizou o lado esquerdo da defesa do Sport. Ainda foi o responsável pelo cruzamento que fechou a vitória rubro-negra.

Réver – Grêmio

O jovem zagueiro mostrou muita segurança e comandou o setor defensivo gaúcho, tornando a primeira vitória do time fora de casa mais fácil.

Álvaro – Flamengo

Apesar de ser violento em alguns lances, o zagueirão está conseguindo se firmar na defesa rubro-negra. Contra o Sport, mais uma vez fez boa partida e não deixou a bola balançar as redes do Urubu.

Márcio Careca – Barueri

O veterano lateral-esquerdo não deu certo em times grandes, mas na Abelha vem fazendo sucesso. Com muita velocidade, deu trabalho para a ala direita do Goiás e ainda anotou o seu gol.

Henrique – Cruzeiro

O meiocampista cruzeirense não se intimidou com o Beira-Rio e, além de ajudar na marcação, apoiou o ataque em determinados momentos da importante vitória.

Gilberto – Cruzeiro

O veterano jogador vem provando que ainda tem futebol de sobra. Comandou a Raposa no difícil duelo contra o Internacional e ainda fez Lauro buscar a bola no fundo do gol duas vezes.

Ramón – Vitória

Apesar da idade, o meia ainda sabe bater na bola, e foi assim que infernizou a defesa palmeirense, principalmente Marcos.

Petkovic – Flamengo

Mais um dinossauro do futebol nacional nesta Seleção. Na bela vitória sobre o Sport, o sérvio de 37 anos foi o dono do meio de campo no Maracanã, dando duas assistências para seus companheiros.

Dagoberto – São Paulo

O jogador realmente melhorou seu desempenho com a chegada de Ricardo Gomes. Contra o Avaí, foi responsável pela abertura do marcador e também pelo cruzamento no gol de Hugo.

Adriano – Flamengo

A Seleção Brasileira parece ter feito bem ao Imperador, que voltou ao rubro-negro e fez dois gols na vitória sobre o Sport. O primeiro, inclusive, um golaço.

Técnico: Andrade – Flamengo

Apoiado pela maior parte da torcida apesar de alguns maus resultados, o comandante rubro-negro conseguiu fazer sua equipe jogar bem diante dos pernambucanos e teve sucesso em escalar Petkovic e Zé Roberto juntos no meio de campo.

Craque da rodada

gilberto-cruzeiro

Gilberto - Cruzeiro

Read Full Post »

cruzeiro e santosUm desavisado que vê um jogo terminado em 0x0 logo acha que foi uma partida ruim. O empate entre Cruzeiro e Santos, entretanto, foge dessa regra completamente. Os dois times buscaram o gol durante os 90 minutos e o placar não foi mexido apenas por causa da grande atuação dos dois goleiros.

O time visitante foi a Belo Horizonte com o intuito de marcar a raposa e, se possível, arrancar um gol no contra-ataque. O primeiro objetivo foi muito bem executado pela linha de zaga santista e por seus volantes. Todos fechavam a entrada da área e o time celeste, mau organizado por Gilberto, somente ciscava de um lado para o outro.

Quando retomava a bola, Paulo Henrique lançava, com muita qualidade, Madson e Kléber Pereira. O segundo, porém, cansou de perder gols e canelar a bola quando precisava dominar. Além da boa partida de Fábio, a má fase do artilheiro alvinegro também contribuiu para a falta de gols do time de Luxemburgo.

Com a frente da grande área congestionada, restava aos comandados de Adilson Batista o arremate de longe e as laterais. Tanto uma jogada, quanto a outra foram muito bem anuladas por Felipe, com grandes defesas e saídas providenciais de sua meta.

Por que terminou empatado?

Os dois goleiros foram verdadeiros paredões na partida de hoje. O Santos fechou a entrada da área e dificultou a armação de jogadas cruzeirenses, que saiam dos pés de Gilberto. O ex-lateral da seleção brasileira não teve boa atuação como camisa 10 da equipe. Além disso, Fabão soube anular o Kléber cruzeirense. Já o Kléber santista, anulou-se sozinho.

O que esse resultado muda no campeonato?

O Santos consegue um bom resultado fora de casa e, se vencer seu jogo atrasado, chega perto da zona de classificação à Libertadores. Já o Cruzeiro continua na zona da pasmaceira e segue sem conseguir vencer duas partidas consecutivas.

Cruzeiro 0 x 0 Santos

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Público: 16.939 pagantes

Cruzeiro: Fábio; Jonathan, Leonardo Silva, Thiago Heleno e Diego Renan (Gil); Fabinho (Dudu), Fabrício, Marquinhos Paraná e Gilberto (Soares); Kléber e Wellington Paulista. Técnico: Adilson Batista

Santos: Felipe; George Lucas (Triguinho), Fabão, Eli Sabiá e Pará; Rodrigo Mancha, Rodrigo Souto, Germano (Robson) e Paulo Henrique; Madson (Neymar) e Kléber Pereira. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Cartões amarelos: Leonardo Silva e Marquinhos Paraná (CRU); George Lucas, Pará, Rodrigo Mancha, Fabão e Triguinho (SAN)

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliado por Wagner de Almeida Santos (RJ) e Jackson Lourenço Massarra dos Santos (BA)

Read Full Post »

Embalado pela boa vitória no Couto Pereira no final de semana passado, o Cruzeiro tenta manter a boa fase enfrentando o Santos, amanhã, no Mineirão, às 18h30, e conquistar seu segundo triunfo consecutivo, fato inédito no Brasileirão deste ano.

Como já virou costume na raposa, Kleber volta de suspensão e será titular ao lado de Wellington Paulista. Com a venda de Wagner ao Lokomotiv Moscow (RUS), a camisa 10 será herdada por um velho conhecido da torcida celeste: Gilberto ficará responsável pela armação da equipe. Ainda no meio-campo, o ex-corintiano Fabinho entra no lugar de Henrique, suspenso.

Entre jogos finais da Libertadores e ressaca pós-derrota no jogo decisivo, o time de Adilson Batista perdeu muitos pontos importantes e está longe da briga pelo título.

Já Luxemburgo tenta levar o Santos a uma vaga na principal competição sul-americana. E para isso, mexe no sistema defensivo inteiro do alvinegro praiano. George Lucas, o lateral-direito e não o cineasta, fará sua estréia na equipe. Na outra lateral, Pará, improvisado, substitui Léo, machucado. A dupla de zaga será composta por Eli Sabiá e Fabão.

Se a defesa não inspira confiança e é a pior entre os 16 primeiros colocados, o ataque, terceiro melhor da competição, é a grande arma santista, apesar da má fase de Kleber Pereira. Jean, ex-Corinthians, Flamengo e Vasco, está perto de ser contratado pelo peixe pra reforçar mais ainda o setor. Para a partida de amanhã, o trio formado por Paulo Henrique, Madson e o camisa 9, está confirmado.

Cruzeiro x Santos

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Horário: 18h30 (Brasília)

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliado por Wagner de Almeida Santos (RJ) e Jackson Lourenço Massarra dos Santos (BA)

Cruzeiro: Fábio; Jonathan, Leonardo Silva, Thiago Heleno e Diego Renan; Fabinho, Fabrício, Marquinhos Paraná e Gilberto; Kleber e Wellington Paulista. Técnico: Adilson batista

Santos: Felipe; George Lucas, Fabão, Eli Sabiá e Pará; Rodrigo Mancha, Rodrigo Souto, Germano e Paulo Henrique; Madson e Kleber Pereira. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Read Full Post »