Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Gum’

O objetivo é dar emoção para todos os jogos disputados, da primeira à última rodada. Ok. Outro objetivo é premiar o time mais organizado e estruturado. Ok. Nos últimos anos o melhor e mais organizado tem vencido, premiando e consagrando a fórmula dos pontos corridos. Nada de errado até aí. Desde 2003 muito se fala sobre uma evolução do futebol brasileiro depois que o Brasileirão passou a ser disputados em turno e returno, com o campeão sendo o time que mais somou pontos em todos os jogos.  Desde então tivemos seis torneios disputados – excluindo, é claro, o que ainda está vivo – e tivemos quatro campeões: Cruzeiro, Santos e Corinthians levaram um troféu cada, enquanto o São Paulo faturou nada menos do que três. O problema não está aí.

Na última semana a Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do Brasileiro enviou carta para todos os times que disputam a Série A propondo a extinção dos pontos corridos e a volta dos mata-matas, em ato que muitos especialistas consideram como uma regressão. Volto a insistir que meu problema não está na fórmula de disputa, mas sim no nível técnico que vem sendo apresentado. O Brasileirão 2009 tem sido um prato cheio para aqueles que defendem a volta dos playoffs no Nacional. O nível de disputa tem sido horripilante e só não temos um campeão definido já neste momento porque os times que tiveram a chance de abocanhar o título falharam vergonhosamente.

O Palmeiras de Muricy Ramalho parecia caminhar sossegado para conseguir seu pentacampeonato e sair de uma fila que já dura desde 1994. Mas o time tem jogado mal e abusado da falta de competência dos adversários pelo caneco, que tem vacilado nas rodadas que o Verdão perde. A sonora derrota para o Flamengo, em pleno Parque Antártica, acendo uma luz vermelha e intensa na Academia. Nem mesmo jogando em casa, onde se deu bem até aqui, o alviverde paulista consegue impor se jogo. Um risco desnecessário e que antes não existia tem ficado cada vez mais real.

Pior – e muito – do que o Palmeiras é o Internacional, talvez a equipe mais cornetada por esse que aqui vos fala. Com um dos melhores elencos do Brasil o Colorado tem feito um esforço sobrenatural para aumentar para 31 anos o tempo sem vencer o Brasileiro. O tropeço do Verdão diante do Fla teria sido perfeito se o Inter não tivesse tomado DOIS gols de um ZAGUEIRO do Fluminense, PIOR time do Campeonato. Sendo que um dos gols do zagueirão Gum aconteceu nos minutos finais da partida, que terminou empatada. O problema dos gaúchos não parece mesmo ser o Tite, treinador demitido do clube. A chegada de Mário Sérgio manteve os jogadores atuando com a mesma postura anterior: com medo de ser feliz.

Não menos pior vêm alguns outros times como o Corinthians, que ainda não decidiu se está ou não de férias ou o São Paulo, que na soberba de se achar imortal tem caído pelas tabelas com péssimas atuações. Podemos ainda somar a péssima campanha do Atlético Mineiro na parte intermediária do torneio e o medo do Grêmio de ganhar fora de casa. O próprio Flamengo, que muitos citam como exemplo de superação, perdeu a chance de ser líder absoluto hoje quando perdeu jogos risíveis no começo do Brasileiro. São erros de todas as partes que fazem com que o Campeonato Brasileiro seja decidido com nivelação por baixo. Ganhará o que errar menos e não o que acertar mais.

Cutucadas

– Ponto forte da equipe nos últimos anos, a zaga do São Paulo foi destruída pelo esquema de Ricardo Gomes

Vanderlei Luxemburgo, mesmo longe dos holofotes, tem mostrado cada vez mais que não é mais o técnico prestigiado de outros tempos: o Santos não sai mais do lugar

– Simplesmente bizarro o pênalti batido por Vágner Love. As crianças que nadavam na piscina do Palestra devem ter se assustado. Eu, como moro perto do estádio, vou ver se a janela do meu apartamento segue intacta. Que fase…

Anúncios

Read Full Post »

Victor – Grêmio

Lembrando com constância por Dunga na Seleção, o arqueiro gremista foi um dos grandes destaques de seu time, parando com excelentes defesas o ataque do Coritiba.

Jonathan – Cruzeiro

Ótima opção pela direita, o lateral foi uma válvula de escape para o Cruzeiro conseguir chegar ao campo de ataque. Quando a equipe mais precisou, deu ótimo passe para Thiago Ribeiro marcar o gol da vitória celeste.

Gum – Fluminense

O zagueirão deu algumas esperanças aos torcedores do Flu marcando os dois gols de seu time no empate contra o poderoso Internacional.

Durval – Sport

Em um dos poucos jogos bons do Sport no Campeonato Brasileiro, Durval foi um dos destaques. O zagueiro não deu espaço para o ataque corintiano e ainda subiu bem ao ataque, levando perigo ao gol paulista com belos chutes de longa distância.

Thiago Feltri – Atlético Mineiro

Cada vez mais o lateral esquerdo – que por vezes atua como zagueiro – vem se firmando como um dos destaques da posição neste Brasileiro. Contra o São Paulo, fechou seu lado contra as investidas tricolores e ainda conseguiu conduzir a bola ao ataque com a ajuda de seus companheiros de meio-campo.

Marquinhos – Avaí

O meia marcou um golaço que iniciou a reação do Avaí diante do Goiás. A vitória dos catarinenses, que ainda contou com ótima movimentação do jogador, fez com que a vaga na Libertadores voltasse a ser um sonho em Santa Catarina.

Ricardinho – Atlético Mineiro

Assumindo o papel de cérebro do Galo o meia vem provando que pode ser um jogador muito útil para o time mineiro. Na partida contra o São Paulo, comandou o meio de campo de sua equipe e a levou ao ataque, ajudando a garantir uma excelente vitória alvinegra em pleno Morumbi.

Petkovic – Flamengo

Sem sombras de dúvida o craque da rodada. Em pleno Palestra Itália anotou os dois gols de seu Flamengo na vitória sobre o líder Palmeiras. Ao abrir o placar o sérvio deixou meio time palmeirense no chão e no segundo anotou em cobrança de escanteio, com um golaço olímpico. É o responsável pela campanha do Fla rumo à Libertadores – e quem sabe ao título.

Souza – Grêmio

Essencial na campanha gremista no Brasileirão, o meia anotou mais um gol e ajudou o seu Tricolor a vencer o Coritiba, deixando o time do Rio Grande do Sul um pouco mais próximo do G4 e, logo, mais próximo de uma vaga na Libertadores em 2010.

Arce – Sport

Depois de servir a seleção da Bolívia o atacante prometeu que o seu Sport venceria seu ex-time, o Corinthians. Promessa dita, promessa feita: o veloz boliviano deixou o zagueiro William torto ao anotar o primeiro gol pernambucano e ainda foi responsável por puxar a maioria dos contra-ataques do Leão.

Diego Tardelli – Atlético Mineiro

A atuação do atacante do Galo não foi das melhores tendo em vista todos os jogos que o jogador, presença na última lista de Dunga, tem feito. Mas o gol relâmpago de Tardelli colocou o Atlético de volta na luta pelo título brasileiro.

Técnico  – Andrade – Flamengo

Andrade viajou até São Paulo para enfrentar o líder Palmeiras e não fez feio: a vitória por 2 a 0 consolida a ótima campanha do Fla no returno do Brasileirão.

Craque da Rodada

Petkovic, Flamengo

Read Full Post »