Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Hernanes’

Bruno – Flamengo

Com bela defesas, o arqueiro rubro-negro conseguiu evitar as chances de ataque do Náutico, em pleno Aflitos, e saiu de campo sem ter que buscar a bola em suas redes.

Leonardo Moura – Flamengo

O lateral-direito está voltando a jogar o seu bom futebol, e o jogo contra o Timbú foi a prova disso. Com muita velocidade, infernizou o lado esquerdo da zaga pernambucana.

Émerson – Avaí

O zagueirão avaiano mostrou segurança diante do ataque corinthiano, não deixando Ronaldo levar perigo ao goleiro Eduardo Martini.

Digão – Fluminense

Mais uma vez o jovem zagueiro Tricolor aparece por aqui. Com muita raça e força física, o jogador ganhou a maioria das bolas que dividiu, tanto por baixo quanto pelo alto.

Kléber – Internacional

O lateral-esquerdo não se incomodou de jogar contra o seu ex-time e fez uma bela partida no Beira-Rio, apoiando o ataque sem deixar um grande corredor em seu setor.

Adílson – Grêmio

O jovem volante gremista sentiu-se à vontade no Mineirão e conseguiu ser um primeiro bloqueio defensivo eficiente diante do ataque cruzeirense.

Léo Gago – Avaí

O meiocampista avaiano é uma das principais revelações do campeonato e diante do Corinthians fez uma bela partida. Além de ter sido o principal desarmador do jogo, ainda anotou um golaço.

Hernanes – São Paulo

O meiocampista comandou o Tricolor no duelo contra o Vitória. Impôs seu ritmo em campo e foi essencial no segundo gol, quando roubou a bola e cruzou para Hugo completar às redes.

Maicon – Fluminense

A jovem promessa Tricolor mais uma vez foi crucial para a vitória do seu time. Com habilidade e muita velocidade, deu trabalho à defesa adversária e ainda deixou o seu tento.

Val Baiano – Barueri

O atacante simplesmente decidiu a partida com seus três gols, não dando chances ao ameaçado Botafogo.

Adriano – Flamengo

O Imperador foi o melhor em campo nos Aflitos, chamando a responsabilidade, trombando pela bola, chutando ao gol sempre que tinha a oportunidade, e ainda deixando o seu gol.

Técnico: Luís Carlos Goiano – Barueri

Montou bem sua equipe com trêz zagueiros e os velozes Bruno Ribeiro e Márcio Careca nas alas. Não deu chances ao Botafogo, que nem ameaçou o goleiro Renê, e conseguiu bela vitória por 3 a 0.

Craque da rodada

Val Baiano - Barueri

Anúncios

Read Full Post »

selecao-da-rodada7

Bruno – Flamengo

Segurou o ataque botafoguense, que finalizou 15 vezes ao gol rubro-negro. Além disso, pegou pênalti de Lúcio Flavio.

Patrick – Náutico

Fez gol na importantíssima vitória do Timbu contra o Barueri. Também teve 6 roubadas de bola, ajudando a travar Márcio Careca, uma das principais armas ofensivas do time da grande São Paulo

Claudio Caçapa – Cruzeiro

Teve a desagradável incumbência de marcar Ronaldo e o fez muito bem.

Jeci – Coritiba

Seu gol ajudou o coxa a vencer o atletiba contra o Furacão.

Marcio Careca – Barueri

Apesar de bem marcado por Patrick, conseguiu deixar sua marca na derrota para o Náutico

Hernanes – São Paulo

Belo gol contra o Santos. Liderou a equipe tricolor na vitória suada contra o Santos.

Rodrigo Souto – Santos

Deixou sua marca no clássico San-São. Bem também na marcação, com 4 roubadas de bola.

Gilberto – Cruzeiro

Adaptou-se ao meio-campo e vem sendo a principal peça cruzeirense na arrancada rumo à Libertadores

D’alessandro – Internacional

Decidiu o gre-nal com seu gol. Retomou a posição de titular com a chegada de Mário Sérgio.

Adriano – Flamengo

Golaço contra o Botafogo passando por dois adversários. Decidiu o clássico.

Nunes – Santo André

Dois gols contra o líder do Campeonato, com direito a virada de rosto em um deles

Craque da rodada

nunes-stoandre

Nunes - Santo André

Read Full Post »

São Paulo

O tricolor teve uma semana tranqüila. A única dúvida era saber se Richarlyson e Junior Cesar teriam condições de jogo, pois ambos foram substituídos após sentirem lesão no confronto com o Santo André. Os dois jogadores treinaram e poderão jogar. Hernanes, que ficou de fora por 3 semanas, retorna e disputará o clássico.

Santos

Na Vila, Jean, atacante ex-Corinthians, Vasco e Flamengo, foi regularizado, mas sentiu lesão e não viaja com a equipe. Gil e Edu Dracena também já podem atuar pelo Santos. O zagueiro ainda aprimora a parte física, e o ex-jogador do Vila Nova está com a delegação em Belo Horizonte.

Santo André

Sem poder contar com Marcelinho Carioca, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o Ramalhão vai à Ilha do Retiro em busca de uma vitória sobre o vice-lanterna Sport. Além do meia, Gustavo Nery e Wanderley, ambos machucados, também são desfalques.

Goiás

O time esmeraldino é protagonista de uma das melhores partidas da rodada. Recebe o ascendente Grêmio no Serra Dourada. O tricolor gaúcho, vale lembrar, venceu apenas o Náutico fora de casa. Os únicos desfalques são Rafael Tolói e Douglas, ainda com a seleção sub-20.

Read Full Post »

atletico-pr e sao pauloO primeiro tempo de jogo em Curitiba foi muito fraco. O São Paulo, em busca da primeira vitória na Arena da Baixada não conseguia tocar a bola com a mesma qualidade dos últimos jogos. E isso passou muito pela ausência de Hernanes, substituído por Arouca, que não fez boa partida.

As jogadas eram invariavelmente paradas por faltas, e era nas cobranças que os lances mais agudos aconteciam, embora nenhuma chance clara de gol tenha sido criada para nenhum dos dois lados, até porque nem Jorge Wagner e nem Paulo Baier estavam com os pés afiados.

Com a bola rolando, o ex-jogador de Palmeiras, Sport e Goiás era o mais perigoso. Seus lançamentos, aproveitando a velocidade de Marcinho e Wallyson, eram a principal jogada do furacão. Do outro lado, Dagoberto, talvez incentivado pelas vaias da torcida adversária, buscava sempre o jogo, mas não conseguia produzir muita coisa.

O segundo tempo voltou mais aberto, com o time da casa pressionando o tricolor paulista e levando muito perigo a Rogério Ceni. Ricardo Gomes não conseguia fazer seu time trocar passes consecutivos, o que tornava Washington uma peça nula em campo. O técnico tirou o camisa 9 e pôs Borges, que também não foi muito melhor.

No final da partida, Paulo Baier puxou contra-ataque pelo meio, abriu a jogada na direita para Gabriel, que cruzou a bola na área para o camisa 10 rubro-negro decretar o fim da série invicta do São Paulo.

Por que o Atlético-PR venceu?

O São Paulo não conseguiu trocar passes com qualidade e, dessa forma, a bola pouco chegava à Washington. A ausência de Hernanes foi sentida, pois Arouca não o substituiu a altura. Do outro lado, Paulo Baier fez excelente partida e comandou a quinta vitória em seis partidas do furacão sob o comando de Antonio Lopes.

O que esse resultado muda na classificação?

O tricolor vê o Palmeiras abrir 4 pontos de vantagem na liderança, e pode acordar na segunda-feira na terceira colocação caso o Goiás vença o Santos. Já o Furacão, em clara ascensão, respira e já abre, no mínimo, 5 pontos para a zona de rebaixamento.

Atlético-PR 1 x 0 São Paulo

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)

Público: 22.999

Atlético-PR: Galatto; Manoel, Fransérgio e Chico; Wesley, Rafael Miranda (Bruno Costa), Valência, Paulo Baier e Márcio Azevedo; Marcinho (Alex Mineiro) e Wallyson (Gabriel). Técnico: Antonio Lopes

São Paulo: Rogério Ceni, Andre Dias, Miranda e Renato Silva; Jean Richarlyson, Arouca, Jorge Wagner e Júnior Cesar; Washington (Borges) e Dagoberto (Hugo). Técnico: Ricardo Gomes

Cartões amarelos: Paulo Baier, Chico e Valência (CAP); André Dias, Miranda, Borges e Dagoberto (SPO)

Gols: Paulo Baier, aos 41 do segundo tempo

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Ediney Guerreiro Mascarenhas e Marco Aurélio dos Santos Pessanha, todos do RJ

Read Full Post »

Marcos – Palmeiras
Antes de sofrer o empate, o goleiro palmeirense havia realizado um verdadeiro milagre em voleio de Róbson. A espetacular defesa valeu sua vaga na seleção desta rodada.

Antônio Carlos – Atlético Paranaense
O grandalhão zagueiro do Furacão comandou o setor defensivo contra o Corinthians, e não deixou os seus visitantes incomodarem o goleiro Vinícius.

Jean Rolt – São Paulo
Após uma estreia insegura, o zagueiro tricolor mostrou bom futebol diante do Náutico e ainda conseguiu abrir o marcador com gol de cabeça.

Júnior César – São Paulo
Na estreia do técnico Ricardo Gomes, o lateral-esquerdo sãopaulino jogou futebol semelhante ao que mostrava nos tempos de Fluminense.

Vitor – Goiás
Depois de ter tido sua saída especulada, o jovem lateral-direito do Goiás novamente mostrou seu futebol ofensivo pela ala de campo e suas subidas levaram perigo à defesa do Botafogo.

Hernanes – São Paulo
O camisa 10 do time do Morumbi parece estar recuperando o futebol que já o levou a Seleção Brasileira. Diante do Náutico, carregou a faixa de capitão, fez o cruzamento para o gol de Jean Rolt e ainda deixou o seu, de falta.

Souza – Palmeiras
O jovem volante do Verdão não sentiu a pressão de um clássico paulista e jogou com muita segurança. Na defesa, conseguiu parar Mádson, e no ataque, saiu de cabeça erguida e arriscou chutes de longa distância.

Paulo Baier – Atlético Paranaense
O veterano meiocampista mais uma vez jogou bem contra o Corinthians, como já costumava fazer em tempos de Goiás e Palmeiras, e ainda garantiu a vitória paranaense em uma bela cobrança de falta.

Fumagalli – Sport
Um dos maiores ídolos da torcida do Leão, o meiocampista entrou no decorrer da partida e foi grande responsável pelo crescimento do futebol de sua equipe. No final, fez linda jogada individual e fechou o placar diante do Grêmio.

Thiago Humberto – Barueri
Mesmo com o artilheiro Pedrão em seu lado, anotou dois gols na goleada sobre o líder Atlético Mineiro, inclusive o terceiro, que colocou sua equipe novamente na dianteira do placar.

Bolaños – Internacional
O atacante equatoriano marcou simplesmente todos os três gols da vitória do Colorado sobre o Coritiba.

Técnico: Hélio dos Anjos – Goiás
Apesar do fraco rendimento dentro do Serra Dourada, o Goiás continua mostrando bom futebol fora de casa. No sábado, a equipe esmeraldina atropelou o Botafogo em pleno Engenhão graças ao estilo de jogo implantado por seu treinador.

Craque da Rodada

bolanos

Bolaños - Internacional

Read Full Post »

Entra ano e sai ano e o mesmo assunto vem à tona quando chegam os meses de maio, junho e julho: A debandada de jogadores brasileiros aos times europeus. Sempre surge a pergunta sobre o assunto. Afinal, o que poderia ser feito para evitar que isso aconteça?

Grande destaque cruzeirense, Ramires fechou com o Benfica (POR)

Já está sendo discutida uma nova regra para a utilização de jogadores estrangeiros nos países europeus. A Fifa começa a acenar com a possibilidade de colocar um limite de cinco “forasteiros” participando de uma partida. A regra já está sendo apelidada de 6+5, alusão ao número de jogadores do país (seis) e os jogadores de fora (cinco), que poderiam atuar ao mesmo tempo. Claro que a combinação poderá ser 7+4, 8+3… Mas nunca 5+6 ou 4+7.

Outra possibilidade é a imposição de uma regra para idade mínima de saída de jogadores brasileiros para o Velho Continente. Hoje há, por exemplo, jogadores de quinze, doze e até nove anos que já foram contratados por equipes européias. Já foi cogitada a ideia de a idade mínima para a saída de jogadores ser 18 ou 21 anos, mas é sempre algo que não passa da suposição e que é muito difícil de ser posto em prática.

Craque do Carioca, meia Maicossuel foi o primeiro a ser vendido e já é jogador do Hoffenheim (ALE)

Porém, enquanto surgem estas ideias, o fato é que esta debandada já se iniciou em 2009. Os primeiros destaques a se transferirem para fora do país são os meio campistas Ramires, do Cruzeiro, e Maicossuel, do Botafogo. O meia ex-Botafogo, melhor jogador do Campeonato Carioca, foi negociado com o Hoffenheim, da Alemanha, por quase 13 milhões de reais. Já o excelente volante, criado na base cruzeirense, foi vendido para o Benfica, de Portugal, por cerca de 21 milhões.

O zagueiro artilheiro Chicão está na mira do Benfica (POR)

Além destes dois, há uma enorme quantidade de especulações em torno de outros jogadores que podem sair. Há a possibilidade de craques como Keirrison, Nilmar e Hernanes, jogadores que sempre estão envolvidos em especulações,  irem embora. Fora eles, ainda podem ir para a Europa jogadores como Felipe, Bruno, Juan, Elias e André Santos. Porém, o jogador que parece estar mais próximo de dar adeus ao Brasil é o zagueiro Chicão, do Corinthians. São fortes os rumores de que o Benfica comprará o artilheiro do Coringão no ano. Só resta aos torcedores esperar para os seus ídolos ficarem no país.

Read Full Post »