Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Marcelinho Paraíba’

selecao-da-rodada73

Bruno – Flamengo

Simplesmente pegou dois pênaltis no duelo contra o Santos, ambos de Ganso, e garantiu a vitória rubro-negra.

Figueroa – Palmeiras

O chileno já está firmado na lateral-direita do alviverde. Com uma bela batida na bola, o jogador cruzou duas vezes para os gols que deram o empate no clássico contra o Corinthians.

Miranda – São Paulo

Depois de atuações recentes abaixo do seu potencial, o zagueiro voltou a jogar bem e mostrar segurança no setor defensivo do Tricolor, sendo um dos principais responsáveis por parar o ataque do Barueri.

Juninho – Botafogo

Além de ter marcado mais um de seus gols de falta, em bela cobrança, o zagueiro fez bem sua função comandando a zaga do Fogão.

Eltinho – Avaí

Um dos principais jogadores do elenco avaiano, o lateral-esquerdo deu trabalho ao lado direito da defesa do Furacão, além de ter participado com efetividade na defesa.

Adílson – Grêmio

Apesar de ter perdido por 2 a 0 para o Santo André, o jovem volante Tricolor teve bela atuação, mostrando que deverá ter futuro promissor.

Ricardinho – Atlético Mineiro

O pentacampeão mundial comandou o meio do campo do Galo na bela vitória sobre o Goiás, criando as melhores jogadas e ainda deixando o seu nas redes de Harlei.

Defederico – Corinthians

Mesmo ainda sem mostrar o futebol esperado em sua chegada, o argentino conseguiu se destacar no clássico contra o Palmeiras, sendo o responsável pelos passes que deixaram Jorge Henrique e Ronaldo na cara do gol.

Marcelinho Paraíba – Coritiba

Principal jogador do Coxa, mais uma vez chamou a responsabilidade para levar o time à vitória e conseguiu. Infernizou a defesa do Vitória e ainda deu a assistência para o gol de Pereira.

William – Avaí

O atacante chegou ao seu oitavo gol no Brasileirão em grande estilo, com uma bela bicicleta que ajudou o Avaí a bater o Atlético Paranaense.

Fred – Fluminense

O atacante não se importou de estar enfrentando seu ex-time e foi o principal nome em campo, balançando as redes duas vezes.

Técnico: Cuca – Fluminense

Depois de ver sua equipe sair perdendo por 2 a 0, o treinador conseguiu mudar o rumo do jogo durante o intervalo com as entradas de Tartá e Digão e a alteração do 4-4-2 para o 3-5-2, que levou o Tricolor à virada e aos três pontos.

Craque da rodada

bruno-flamengo

Bruno - Flamengo

Anúncios

Read Full Post »

selecao-da-rodada7

Rafael – Fluminense

O Tricolor finalmente conseguiu quebrar a longa série de partidas sem vitória, e muito graças ao jovem goleiro, que fez verdadeiros milagres diante do atacante avaiano.

Figueroa – Palmeiras

O chileno fez sua primeira partida como titular e saiu-se muito bem em frente à torcida, que lotou o Palestra Itália. Apoiou bastante o ataque, inclusive fazendo o gol de abertura do marcador. Ainda foi o responsável pela cobrança de escanteio no segundo tento.

Pereira – Coritiba

O zagueirão mostrou segurança diante do Náutico e foi um dos responsáveis pela manutenção do zero pernambucano no Couto Pereira.

Danilo – Palmeiras

Simplesmente o nome do jogo. O Verdão pagou 100 mil reais para contar com o zagueiro contra o Furacão. Fez o lançamento para o gol de Figueroa, anotou o segundo em um belo chute e ainda evitou o empate dos curitibanos tirando bola em cima da linha. Valeu cada centavo.

Luciano Amaral – Coritiba

O lateral foi muito bem na partida contra o Timbú. Não deixou que o adversário criasse grande perigo pela sua ala de campo e ainda conseguiu em algumas oportunidades dar trabalho à defesa rival.

Correa – Atlético Mineiro

O meiocampista ainda tem a batida na bola como seu ponto forte, e foi assim que deu mais uma assistência neste domingo. Sempre leva perigo nas bolas paradas.

Leandro Donizete – Coritiba

O volante mostrou muita disposição na vitória por 2 a 0 e foi o primeiro homem responsável pela contenção do ataque do Náutico, muito bem realizada.

Conca – Fluminense

O argentino realmente é o jogador mais lúcido do Tricolor. Mais uma vez teve bela atuação, e desta vez seu time conseguiu sair com a vitória. No Maracanã, armou a maioria das jogadas e ainda conseguiu roubar muitas bolas dos adversários.

Leandro Domingues – Vitória

Apesar de ter o artilheiro Roger no elenco, o meiocampista é o principal jogador do time baiano. Quando joga bem, a equipe acompanha, e foi isso que aconteceu diante do Botafogo. Comandou o meio de campo, fazendo um gol e dando passe para outro.

Marcelinho Paraíba – Coritiba

O veterano atacante mais uma vez dá as caras por aqui. Principal atleta do Coxa, costuma levar o time nas costas, como fez diante do Náutico. Deixou Rômulo na cara do gol para marcar o primeiro e fechou a vitória no segundo tempo.

Diego Tardelli – Atlético Mineiro

Convocado mais uma vez para a Seleção Brasileira, o atacante mostrou novamente que tem qualidade para integrar o elenco de Dunga. Contra o Santos, colocou mais dois tentos em sua conta e está na artilharia do Brasileirão.

Técnico: Vágner Mancini – Vitória

Conseguiu montar o time de maneira a anular o ataque, mesmo que fraco, do Botafogo. Deu liberdade a Leandro Domingues, que comandou a equipe dentro de campo, e agiu bem nas entradas de William e Gláucio como maneira de manter a vitória em pleno Engenhão.

Craque da rodada:

danilo-palmeiras

Danilo - Palmeiras

Read Full Post »

Cruzeiro

Após a excelente vitória fora de casa contra o Inter, por 3 a 2, pela vigésima quarta rodada do Nacional-09, a Raposa parece ter reecontrado a paz. Gilberto, agora atuando na meia e com a camisa 10 da equipe, vem dando o toque de qualidade que faltava ao meio campo do Cruzeiro. Na próxima rodada do Brasileirão-09, os comandados de Adilson Batista encaram o atual líder da competição, o Palmeiras, no Mineirão. Fabrício, na última sexta-fera, volante da equipe azul-celeste soltou o verbo contra o meia alviverde Diego Souza: “Quando não dá na bola, ele vai no soco”. É promessa de jogo quente em Minas!

Flamengo

Melhor equipe carioca no Brasileirão-09, o Rubro-negro da Gávea vai em busca de mais uma vitória, para, quem sabe, se aproximar do G-4. Com Adriano em ponto de bala, o Flamengo espera, neste domingo contra o Coxa, no Maracanã, quebrar o recorde de público das 4 divisões do Nacional (atualmente esse recorde é do Vasco, maior rival do Fla). Marcelinho Paraíba, agora no Coritiba, promete ser o carrasco de seu ex-clube. São muitas as promessas para o “maior do mundo” nesta vigésima quarta rodada do Brasileirão-09.

Botafogo

Aleluia! Estevam Soares ganhou sua primeira partida no comando do Fogão, após dez jogos à frente da equipe. O resultado foi na Copa Sulamericana, contra o Atlético/PR, no Engenhão. Porém, no Brasileiro-09, a situação da equipe não é das melhores. Na zona da degola, o time de General Severiano enfrentará o Santos, neste domingo, na Vila, e promete “esquecer” por um momento a competição continental.

Av

A equipe do técnico Silas, após mais uma derrota no Brasileirão-09, desta vez para o São Paulo por 2 a 0, começa a olhar para a parte debaixo da tabela. Com 34 pontos e na décima colocação do campeonato, o Leão da Ressacada parece ter perdido o folêgo e a condição de sensação do torneio. Neste domingo, jogando em casa contra o Barueri, os catarinenses poderão contar com a volta do matador William, que se recupera de uma lesão na mão. Preocupado com o rendimento de sua  equipe nas bolas aéreas, Silas treinou à exaustão jogadas desse tipo nesta semana.

Read Full Post »

O primeiro tempo, no Couto Pereira, foi muito truncado e com poucas oportunidades de gol para os dois lados. Na segunda etapa, com as expulsões de Leandro Donizete do Coritiba e Pierre do Palmeiras, o jogo ficou mais aberto. No entanto, isso só serviu para demonstrar o mau desempenho técnico das duas equipes.

O time da casa não tinha meio-campo. O que obrigava Marcelinho Paraiba a voltar até o seu campo de defesa para buscar o jogo. E o camisa 9 é muito mais perigoso quando joga perto da área, onde seus dribles e finalizações causam mais perigo. Além desse inconveniente, as tentativas ofensivas do coxa branca eram exclusivamente jogadas individuais.

Do outro lado, Cleiton Xavier armava a equipe palmeirense, puxando sempre os contra-ataques com muita velocidade, entretanto, os comandados de Muricy pareciam muito afobados. Bolas que deveriam ser mais trabalhadas eram rifadas de qualquer forma, muitas vezes com os jogadores desequilibrados ou sem ângulo para os chutes.

Faltava o último passe ao Palmeiras. Dificilmente seus atacantes ficavam cara a cara com o goleiro e, quando isso acontecia, faziam questão em perder os gols.

No finalzinho da partida, Thiago Gentil sofreu pênalti duvidoso de Marcão, inclusive, implicando na expulsão do lateral-esquerdo que, pasmem, fazia boa partida. Marcelinho Paraiba cobrou perfeitamente e decretou a vitória do coxa.

Essa derrota se junta a mais 3 empates da equipe palmeirense. Sem dúvida houve uma queda de rendimento, embora o alviverde paulista não tenha feito más partidas contra Botafogo, Atlético-MG e Grêmio, mas falta poder de decisão. Nem Obina, nem Ortigoza, embora muito brigadores,  são os artilheiros que um time campeão precisa.

O Goiás, se vencer o fraco Náutico, amanhã nos aflitos, assume a liderança. O Internacional, se conseguir 4 pontos nos dois jogos que estão atrasados, também ultrapassa o verdão. O título, que nunca pareceu tão perto aos palmeirenses nos últimos anos, começa a ficar mais longe. O alento é que após o jogo contra o colorado no sábado, o Palmeiras joga apenas uma vez por semana, e então Muricy terá a oportunidade de mostrar seu tão famoso trabalho

Por que o Coritiba venceu?

O Palmeiras não fez boa partida. Com mais campo,  após as expulsões, a superioridade técnica do time paulista deveria aparecer, mas não foi isso que aconteceu. O Coritiba tentava jogadas individuais para chegar ao gol de Bruno. Em um pênalti, Marcelinho Paraíba fez o gol da vitória

O que esse resultado muda na classificação?

Se Goiás vencer o Náutico amanhã, chega aos 38 pontos e ultrapassa o Palmeiras. Tendo perdido, o Inter continua precisando de 4 pontos nos 6 que disputará nos jogos atrasados para ser o líder. Quando todas as equipes estiverem com o mesmo número de jogos, o verdão pode ser o terceiro colocado. Já o Coritiba chega a 22 pontos e respira um pouco, pois passa, pelo menos, uma rodada fora da zona de rebaixamento.

Coritiba 1 x 0 Palmeiras

Local: Couto Pereira,  Curitiba (PR)

Público: 17.584

Coritiba: Edson Bastos, Márcio Gabriel (Marcos Aurélio), Pereira, Jeci, Leandro Donizete, Jailton, Douglas Silva, Pedro Ken, Carlinhos Paraíba, Marcelinho e Bruno (Thiago Gentil)
Técnico: Ney Franco

Palmeiras: Bruno, Maurício Ramos, Danilo, Marcão, Armero, Pierre, Souza, Cleiton Xavier, Daniel (Jumar), Obina (Robert) e Ortigoza (Deivyd Sacconi)
Técnico: Muricy Ramalho

Cartões amarelos: Armero, Mauricio Ramos e Robert (PAL), Pedro Ken e Marcelinho Paraiba (COR)

Cartões vermelhos: Pierre e Marcão (PAL), Leandro Donizete e Pereira (COR)

Gols: Marcelinho Paraiba, aos 45 minutos do segundo tempo

Arbitragem: Pericles Bassols Cortez (RJ), auxiliado por Altermir Hausmann e José Antonio Chaves Franco Filho, ambos do RS

Read Full Post »

Desfalcado de quatro jogadores, o líder Palmeiras vai ao Couto Pereira enfrentar o time da casa, em busca de manter a liderança e quebrar uma sequência de três empates seguidos.

Edmilson e Marcos, machucados, não jogam. No lugar do ex-volante do Barcelona, entra Marcão, e muda a formação para três zagueiros. O substituto do capitão da equipe será o goleiro Bruno, em sua 19ª partida pelo clube. Além deles, Diego Souza e Wendell, suspensos, também não participarão da peleja.  No lugar do camisa 7, a única dúvida: Deyvid Sacconi ou Obina, ao lado de Ortigoza. O titular seria o ex-atacante do Flamengo, mas este retorna de lesão. Na ala-direita, Sandro Silva deve ser deslocado do meio-campo

O time de Muricy é o segundo melhor visitante neste Campeonato Brasileiro. Em 9 jogos, venceu 4, empatou 3 e perdeu apenas 2. O único que tem retrospecto melhor fora de casa é o Goiás, com 5V, 2E e 2D.

Contra o Coritiba, no Couto Pereira, o confronto é equilibrado. Em 19 jogos, 6 vitórias do verdão, 7 do coxa branca e mais 6 empates.

Além disso, os comandados de Ney Franco têm a segunda pior campanha em seus domínios, melhor apenas que a do Sport.

Do outro lado da partida, o ex-técnico do Botafogo deve manter a equipe que venceu o Fluminense, no Maracanã, por 3×1 e aposta na ótima fase de Marcelinho Paraíba para reverter o mau retrospecto em casa e tentar tirar pontos do líder.

Coritiba x Palmeiras, às 21h50, no Couto Pereira, Curitiba (PR)

Coritiba: Edson Bastos; Márcio Gabriel, Pereira, Jéci e Douglas Silva; Leandro Donizete; Jailton, Pedro Ken e Carlinhos Paraíba; Marcelinho Paraíba e Bruno Batata. Técnico: Ney Franco

Palmeiras: Bruno; Maurício Ramos, Danilo e Marcão; Sandro Silva, Pierre, Souza, Cleiton Xavier e Armero; Obina e Ortigoza. Técnico: Muricy Ramalho.

Arbitragem: Péricles Bassols Pegado Cortez (RS), auxiliado por Altemir Hausmann (RS) e Jose Antonio Chaves Franco Filho (RS)

Read Full Post »

Marcelinho Paraíba

As duas equipes faziam um duelo dos desesperados no Maracanã. A vitória poderia significar para os dois times a saída da zona de rebaixamento e um alívio temporário para os torcedores. Nesse panorama Fluminense e Coritiba se enfrentaram neste domingo. A grande novidade foi a estreia do treinador Ney Franco pelos coxa-brancas.

O nome da partida foi o meia-atacante Marcelinho Paraíba, grande astro dos curitibanos. O jogador marcou dois tentos e foi decisivo para a bela vitória de seu time. Os 3 a 1 no placar foram suficientes para deixar os torcedores alviverdes aliviados por um rodada ao menos. Serviu também para desesperar tricolores, que cada vez mais veem seu time ser facilmente batido.

Mesmo sabendo que só a vitória por mais de um gol interessaria e tiraria o time da zona de rebaixamento, os jogadores do Flu entraram em campo apáticos. Mal tocavam a bola e agrediam muito pouco um adversário melhor postado em campo. Foram castigados por Paraíba, que abriu o placar. A esperança voltou com gol de Kieza, mas acabou com Marcelinho novamente e depois Marcos Aurélio.

Perder tem sido rotina nas Laranjeiras. A apatia do time, no entanto, e a postura dos jogadores é sinal de preocupação. Atuando como atuou nesta tarde, o Fluminense caminha a passos largos para a Série B. O Coxa, caso se encaixe com o bom Ney Franco, tem tudo para viver melhores dias no torneio. Mas ainda é pouco para o tamanho do clube. Muito pouco.

Por que o Coritiba ganhou?

Ganhou porque esteve melhor postado em campo e, mesmo fora de casa, soube agredir um adversário que se mostra sem entusiasmo algum para jogar.

O que o jogo muda no campeonato?

O Flu fica cada vez mais afundado na zona de rebaixamente e as perspectivas tricolores são cada vez mais desanimadoras. O Coxa respira um pouco, mas respira e parece confiar nas mudanças que Ney Franco deve trazer. Com o resultado o Santo André é o novo time a figurar na zona da degola.

Fluminense 1 x 3 Coritiba

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Fluminense: Fernando Henrique; Ruy, Luiz Alberto, Edcarlos e Augusto (Alan); Wellington Monteiro (Carlos Eduardo), Diogo, Marquinho (Maicon) e Conca; Roni e Kieza. Técnico: Renato Gaúcho

Coritiba: Edson Bastos, Márcio Gabriel, Pereira, Jéci e Douglas Silva; Jailton (Guaru), Pedro Ken, Leandro Donizete e Carlinhos Paraíba; Marcelinho Paraíba e Bruno Batata (Marcos Aurélio). Técnico: Ney Franco

Gols: Kieza, aos 31 do primeiro tempo (Fluminense); Marcelinho Paraíba, aos 11 do primeiro tempo e aos 14 do segundo tempo e Marcos Aurélio aos 48 do segundo tempo.

Cartões amarelos: Roni, Edcarlos e Alan (Fluminense), Jéci, Carlinhos Paraíba, Pedro Ken e Edson Bastos (Coritiba).

Arbitragem: Franscisco Carlos Nascimento (AL), auxiliado por Ticiana de Lucena Falcão Martins e Pedro Jorge Santos de Araujo.

Read Full Post »

Jogando com um time misto, dentro de casa e com a cabeça nas semifinais da Copa do Brasil, o Coritiba foi arrasado pelo Goiás na partida entre as duas equipes, disputada neste sábado. Sem dar quaisquer chances ao adversário o Esmeraldino decidiu a partida ainda no primeiro tempo e levou ótimo resultado para Goiás, 3×1.

O embate entre os alviverdes começou com máxima vantagem para os forasteiros. Melhores em campo os jogadores do Goiás dominaram todas as ações nos primeiros minutos de jogo e chegaram rapidamente ao gol que abriu o placar. Logo aos dois minutos um pênalti foi assinalado para os visitantes e Felipe, após cobrar duas vezes a penalidade, abriu o placar, aos seis minutos. A vantagem ainda aumentaria, uma vez que a superioridade dentro de campo ainda era notável. Aos 30 minutos Iarley puxou belo contra-ataque e tocou na saída do arqueiro Vanderlei, que nada pôde fazer para evitar o segundo gol goiano. Para finalizar a partida ainda na primeira etapa, Felipe, mais uma vez, fez o terceiro tento do Esmeraldino, aos 30 minutos, após jogada ensaiada em cobrança de falta.iarley

O Coxa, por sua vez, pareceu não se dar por vencido mesmo com três gols de desvantagem no placar. Logo aos cinco minutos da etapa final o atacante Marcelinho Paraíba anotou aquele que seria o único gol dos paranaenses. A esperança só aumentou quando, aos 21 minutos, Rafael Toloi foi expulso e deixou os mandantes com mais jogadores em campo. A esperança, no entanto, de nada serviu e o Coritiba perdeu mais uma nesse Brasileirão, campeonato do qual é, mais do que nunca, lanterna.

Coritiba 1 x 3 Goiás

Coritiba: Vanderlei; Cleiton (Leandro Donizete), Felipe e Pereira; Márcio Gabriel, Jaílton, Pedro Ken (Ariel Nahuelpan), Carlinhos Paraíba e Vicente (Renatinho); Marcelinho e Bruno Batata. Técnico: René Simões

Goiás: Harlei; Ernando, Leandro Eusébio e Rafael Tolói; Fábio Bahia, Amaral (Everton), Ramalho, Felipe Menezes (João Paulo) e Júlio César; Felipe e Iarley (Zé Carlos); Técnico: Hélio dos Anjos

Gols: Marcelinho Paraíba, aos 5min do 2º tempo (Coritiba); Felipe, aos 6min e aos 38min, e Iarley, aos 30min do 1º tempo (Goiás)

Cartões amarelos: Carlinhos Paraíba, Márcio Gabriel, Ariel Nahuelpan, Leandro Donizete, Jaílton e Pereira (Coritiba); Amaral, Rafael Tolói, Felipe Menezes, Iarley, Fabio Bahia, Harlei e Ramalho (Goiás)

Cartões vermelhos: Rafael Tolói (Goiás)

Read Full Post »

Older Posts »