Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Marcos de Azevedo’

brasucas-ao-extremo3Mais sete dias se passaram e, como sempre, redes balançando em verde e amarelo não faltam. Desta vez, além dos grandes países e dos já costumeiros lugares alternativos, dois novos locais exóticos foram descobertos e deverão aparecer aqui com maior frequência, Tailândia e Moldávia. Mas não são nesses lugares que a viagem vai começar.

matuzalem-lazio-x-levski

Matuzalém comemora com companheiros da Lazio

A última semana já começou para a Brasucas com rodada cheia da nova Liga Europa e pelo segundo dia da Liga dos Campeões. Primeiro, a maior competição do Velho Continente, quando Kaká fez de pênalti nos 3 a 0 do Real Madrid sobre o Olympique de Marseille. Já na segunda competição em questão de importância, Matuzalém ajudou a Lazio a fazer a goleada de 4 a 0 em cima do Levski. Outra goleada foi a do Hamburgo sobre o Hapoel Tel Aviv, e, para variar, Zé Roberto deixou o seu. E ainda teve outro placar de quatro gols. O Shakthar enfrentou o Partizan e Jádson e Luiz Adriano fizeram os deles.

No duelo entre Werder Bremen e Athletic de Bilbao, o recém-convocado Naldo subiu ao ataque para marcar. E já que o assunto é futebol na Alemanha, Schumacher também balançou as redes. Mas esse foi o atacante revelado pelo Atlético Paranaense, que fez o gol do Austria Vienna no empate com o Nacional.

No Grupo A, o jovem Sammir, que iniciou carreira na Europa fez um do Dinamo Zagreb na vitória por 3 a 0 sobre o Timisoara. Enquanto no Grupo H, o bem conhecido Alex garantiu os três pontos para o Fenerbahçe, fora de casa, no embate diante do Sheriff.

Mas não é apenas na Europa que existe Liga dos Campeões, na Ásia também. E por lá, o Pohang Steelers passou por cima de Felipão e seu Bunyodkor. Nos 4 a 1, Denilson, que jogou por clubes como Feyenoord, Paris Saint-Germain e Atlas, fez metade dos gols dos mandantes.

De competições continentais, já foi o suficiente, agora o assunto são as ligas e copas nacionais. E para começar, a Escandinávia, onde, desta vez, quem marcou maior presença foi o futebol finlandês. Junto com o veterano Jari Litmanen, Rafael Pires ajudou o FC Lahti a fazer 4 a 0 no FC Jazz. Perto dali, Rafinha fez dois nos 3 a 1 do Tampere United sobre Haka Valkeakoski. Outro que comemorou duas vezes foi Álvaro Santos. Criado no América Mineiro, colaborou com os 4 a 2 do Orgryte em cima do Kalmar, pelo Sueco.

Um país que sempre aparece por aqui é o Chipre, e hoje não é diferente. Na quarta-feira, Gabriel Lima, que jogou no Fluminense entre 96 e 99 deixou o seu no massacre de 7 a 0 do AEP Paphos diante do Omonia Aradippou. No outro jogo do dia, Renato marcou para o Atromitos Yeroskipou, enquanto Joeano e Wender fizeram para o Ermis Aradippou no empate por 2 a 2. Já no sábado, o veterano Eduardo Marques, que teve passagem por Santos, Grêmio, Guarani, entre outros, contribuiu para o empate entre Aris e Enosis Paralimni.

diogo-olympiakos

Diogo, ex-Lusa, vibra com gol

Os próximos destinos são Grécia e Turquia. No primeiro, Dudu Cearense e Diogo saíram para o abraço nos 3 a 0 do Olympiakos de Zico diante do Levadiakos. Outro que comemorou foi o defensor Flávio, que atuou no Brasil por Fluminense, Santos e Figueirense, antes de chegar ao Aris Salonika e garantir o empate com o Panthrakikos Komotini. Já em solo turco, o craque Alex fez dois para o Fenerbahçe contra Gençlerbirligi e faz seu nome aparecer mais uma vez aqui. Porém, no dia anterior, o destaque ficou com o ex-santista Rodrigo Tabata, que fez o único do Besiktas na vitória sobre o Denizlispor.

welliton-spartal

Welliton abraça Alex após marcar

Hora de seguir ao leste-europeu, região que investe bastante em talentos tupiniquins. Na República Tcheca, Paulo Rodrigues bem que tentou, mas não conseguiu evitar a derrota do Pribram por 2 a 1 para o Brno. Na Hungria, o atacante André Alves, que saiu das categorias de base do São Paulo, ajudou o Videoton a derrotar o Kaposvar. Já na Ucrânia, o clube mais brasileiro da Ucrânia, o Shakhtar, contou com dois gols de Luiz Adriano mas apenas empatou com o Dnipro. No mesmo país, Jajá, que jogou pelo Flamengo em 2006, fez o da vitória do Metalist sobre o estranho Kryvbas Krivyi Rig. Já no país mais pobre da área, a Moldávia, Fred marcou para o Tiraspol contra o Academica. Para completar a região, a Rússia. Apenas um tento, do ex-esmeraldino Welliton, no êxito do Spartak de Moscou sobre o Amkar.

Um jogador desconhecido do público nacional é Marcos de Azevedo, porém, pelo jeito começará a ganhar maior fama, pois, mais uma vez, ele mostra sua cara por aqui, no empate por 2 a 2 entre Servette e Schaffhausen. Da Suíça para a Holanda, onde outro jogador vem ganhando destaque na Brasucas, o jovem Everton, que marcou para o Heracles na derrota por 3 a 1 para o Twente.

nene-monaco

Nenê é destaque do Monaco

Se na Suíça e na Holanda, dois desconhecidos da grande maioria fizeram a festa, na França e Inglaterra, a história foi diferente. Em solo francês, o Saint-Etienne bateu o Bordeaux por 3 a 1 e o atacante Ilan deixou o seu. Jussiê tentou pelo outro lado, mas em vão. Mas quem anda bem por lá é o ligeiro Nenê, que marcou mais um com a camisa do Monaco, desta vez diante do Olympique de Marseille. Na Terra da Rainha, Geovanni levou o pequeno Hull City a vitória por 2 a 1 sobre o Wigan.

A peneira pela Europa chega a Itália. E antes de chegar à elite, as divisões inferiores contaram com tentos brasucas. Com a camisa do Frosinone, Caetano Calil, ex-Ipatinga, Avaí e Atlético Paranaense deixou o seu na vitória sobre o Piacenza. Outro time que saiu com três pontos com a ajuda brasileira foi o Cittadella, e de Diego Oliveira, diante do Lecce. No dia seguinte, foi o atacante Paulinho, ex-Juventude, que fez a alegria de sua torcida, na difícil vitória do Sorrento sobre o Benevento. Já na Serie A italiana, Fabio Simplício derrubou junto com o Palermo a poderosa Juventus. Por último, ele, Ronaldinho Gaúcho, depois de muito tempo balançou as redes, um belo gol, no empate por 1 a 1 entre Atalanta e Milan.

A Península Ibérica é a bola da vez. Começando pela Espanha, onde o atacante Reinaldo contribuiu com o Huesca para o empate por 2 a 2 contra o Girona, pela segunda divisão. Na liga principal, o Sevilla derrotou os galáticos do Real Madrid com gol de Renato. Os merengues marcaram com o luso-brasileiro Pepe. Outro zagueiro que balançou as redes foi Nivaldo, ex-Náutico, Fortaleza e Coritiba, no 2 a 2 entre Valladolid e Athletic Bilbao. Na capital, o ex-corintiano Éwerthon deixou o seu de pênalti pelo Zaragoza, mas o Atlético de Madrid fez dois e saiu com os três pontos.

Se Portugal nos colonizou, hoje em dia é a gente que manda no futebol do país. Pela segunda divisão, o Santa Clara bateu o Varzim graças a dois gols de Rincón, veterano que defendeu as camisas do Treze e Santa Cruz. Antes de chegar à primeira divisão, destaque para mais um tento de Lulinha com a camisa do Estoril, desta vez na vitória por 2 a 0 sobre o Beira-Mar. Já pela elite, o Naval recebeu o Rio Ave e venceu por 3 a 2. Diego Ângelo anotou um para os mandantes, enquanto Wires e Sidnei tentaram para os visitantes. Placar igual aconteceu entre Leixões e União Leiria. Com gols de Léo e Carlão, cada um para um time. Na famosa Coimbra, o Academica foi derrotado por 4 a 2, e Marcinho, ex-São Caetano e Santos, foi responsável por um dos tentos do Marítimo.

Antes de seguir para as outros continentes, Zé Roberto deixou mais um com a camisa do Hamburgo. Desta vez na vitória por 3 a 1 sobre o Hertha e parece que vai levar o time ao título da Bundesliga.

No Oriente Médio, chuva apenas de gols brasileiros. No Qatar, Juninho Pernambucano e Marcinho levaram o Al-Gharrafa e o Qatar SC, respectivamente, às vitórias. Enquanto nos Emirados, Pedrão, ex-Barueri, e Renato, ex-Flamengo, marcaram nos 4 a 3 do Al-Shabab sobre o Al Wasl. Outro ex-flamenguista que está se saindo bem por lá é Emerson, que deixou mais, agora na goleada do Al-Ain sobre o Al-Ahli. Outro time que goleou foi o Al-Wahda e graças a quatro gols brasucas, Fernando Baiano e Pinga marcaram dois cada. Para fechar a região, Ricardo Oliveira comemorou no êxito do Al-Jazira sobre o Al-Dhafra.

Rumo ao leste, na Terra do Sol Nascente, França tentou, mas  seu Kashiwa Reysol saiu derrotado pelo Jubilo Iwata. Mesma situação de Éder, do Yokohama FC, no duelo contra o Thespa Kusatsu. Já Edmílson, Renatinho, Pedro Junior, Marcio Richardes e Fabio, comemoraram vitórias com as torcidas do Urawa Red Diamonds, Kawasaki Frontale, Gamba Osaka, Albirex Niigata e Tokushima Vortis, respectivamente.
Mas a maior descoberta da semana ficou por conta do futebol tailandês. Recheado da ginga verde e amarela, o TOT bateu o Nakhon Pathom com gol de Valci Júnior, enquanto o Chula United empatou com o Samut Sakhon graças ao tento de Aron da Silva.

itamar-tigres

Itamar comemora com a camisa do Tigres

Como a Austrália agora pertence futebolísticamente à Ásia, é o próximo destino. E, entre coalas e cangurus, o Melbourne Victory honrou seu nome e venceu o Brisbane Roar por 2 a 1. O atacante Ney Fabiano, que já jogou com a camisa de Internacional, São Paulo, Bahia, Cruzeiro e Juventus, fez o seu para os locais, enquanto Reinaldo descontou para os visitantes.

Para encerrar essa longa volta ao mundo, o continente americano. No forte futebol mexicano, Itamar, ex-Palmeiras e São Paulo, abriu o placar para o Tigres diante do Cruz Azul. Mais ao Sul, pelo campeonato equatoriano, Renato fez os dois do Espoli no empate com o Tecnico Universitario. Já pelo Boliviano, Charles da Silva se faz presente mais uma vez por aqui, desta vez na vitória por 2 a 1 do Bolívar sobre o rival The Strongest.

Não dá nem tempo de descansar, os próximos sete dias já começaram e as redes já estão balançando em verde e amarelo.

Anúncios

Read Full Post »