Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Náutico’

selecao-da-rodada7

Bruno – Flamengo

Segurou o ataque botafoguense, que finalizou 15 vezes ao gol rubro-negro. Além disso, pegou pênalti de Lúcio Flavio.

Patrick – Náutico

Fez gol na importantíssima vitória do Timbu contra o Barueri. Também teve 6 roubadas de bola, ajudando a travar Márcio Careca, uma das principais armas ofensivas do time da grande São Paulo

Claudio Caçapa – Cruzeiro

Teve a desagradável incumbência de marcar Ronaldo e o fez muito bem.

Jeci – Coritiba

Seu gol ajudou o coxa a vencer o atletiba contra o Furacão.

Marcio Careca – Barueri

Apesar de bem marcado por Patrick, conseguiu deixar sua marca na derrota para o Náutico

Hernanes – São Paulo

Belo gol contra o Santos. Liderou a equipe tricolor na vitória suada contra o Santos.

Rodrigo Souto – Santos

Deixou sua marca no clássico San-São. Bem também na marcação, com 4 roubadas de bola.

Gilberto – Cruzeiro

Adaptou-se ao meio-campo e vem sendo a principal peça cruzeirense na arrancada rumo à Libertadores

D’alessandro – Internacional

Decidiu o gre-nal com seu gol. Retomou a posição de titular com a chegada de Mário Sérgio.

Adriano – Flamengo

Golaço contra o Botafogo passando por dois adversários. Decidiu o clássico.

Nunes – Santo André

Dois gols contra o líder do Campeonato, com direito a virada de rosto em um deles

Craque da rodada

nunes-stoandre

Nunes - Santo André

Read Full Post »

Ao deixar o São Paulo após três Campeonatos Brasileiros conquistados no comando do Tricolor, o treinador Muricy Ramalho foi tirar férias (merecidas) em sua fazenda no interior paulista. Neste período o técnico apreciou, como se aprecia um menú em restaurante, as propostas recebidos pelos clubes do Brasil que necessitavam de um treinador – seja por estarem sem um ou por não confiarem em seus respectivos. Primeiro se falou em Palmeiras, depois em Internacional e finalmente em Santos. Nenhum dos três pareceu agradar e a pedida salarial de Muricy assustava. Em reviravolta sensacional, do nada, o Verdão foi o escolhido.

O momento do alviverde paulista não poderia ser melhor: entre os líderes do Brasileiro a equipe vinha em uma bela ascendente sobre o comando de Jorginho e, para melhorar, havia ganho o último jogo sob o comando do interino, um lindo 3×0 sobre o maior rival, o Corinthians, com três gols de Obina – sim, Obina. Mas Muricy não soube aproveitar o bom momento do clube e hoje, apesar de se manter na liderança, já periga deixar a ponta para times que vêm melhores no torneio como Flamengo, Atlético Mineiro ou o próprio Inter que outrora teria sido “desprezado” pelo treinador.

Depois de perder para Náutico, Flamengo e Santo André em sequência Muricy vê seu trabalho sendo colocado em xeque no Parque Antártica pela primeira vez. As escalações mirabolantes – que já incluíram o atacante Daniel Lovinho na ala direita – e o mau humor crônico para explicar derrotas tem frustrado torcedores que desde 1994 não assistem o Verdão faturar o Brasileiro. E o pior de tudo é que a equipe vem apresentando bem antes das três derrotas um futebol lastimável. Jogava mal e ganhava, contando com sorte ou ajuda de juízes. Hoje joga mal e perde. A situação fica complicada.

Se o elenco do Palmeiras não é o melhor deste campeonato, está com certeza entre os mais qualificados. A desculpa não cola quando usada. O time que entra em campo não tem padrão e isso não depende da qualidade deste ou daquele jogador – apesar de isso fazer, sim, certa diferença. Muricy Ramalho está em uma prova de fogo. Poderá acabar coberto de amendoim.

Cutucadas

– O nível técnico não é dos melhores, mas a emoção desde Brasileiro é alta

– Quando eu penso que o buraco do Fluminense está fundo, o time vai lá e se afunda mais

Read Full Post »

Palmeiras

Com time bastante desfalcado, o Verdão foi derrotado pelo Náutico na segunda-feira mas manteve os cinco pontos de vantagem sobre o São Paulo. Mas o assunto da semana foi a presença ou não do atacante Obina no duelo do domingo diante do Flamengo. Por causa da alta multa, o jogador, que está emprestado pelo rubro-negro, não entrará em campo. Por outro lado, o time de Muricy contará com os retornos de Diego Souza e Armero.

Atlético Mineiro

Após ser derrotado no clássico mineiro, o Galo se preparou durante a semana, principalmente as jogadas aéreas, para enfrentar o São Paulo no Morumbi, neste sábado. Para conseguir os três pontos, o técnico Celso Roth contará com o retorno do artilheiro Diego Tardelli, que estava servindo a Seleção Brasileira, além da presença de Ricardinho, que deverá ter condições de atuar durante os noventa minutos.

Atlético Paranaense

Depois de conseguir arrancar importante empate por 1 a 1 com o Internacional, em pleno Beira-Rio, o técnico Antônio Lopes aposta na sequência de jogos em casa para subir na tabela do Brasileirão. O primeiro adversário é o Santo André, e o Furacão contará com o jovem Manoel, que treinou separado durante a semana. Além do zagueiro, Wesley, Wallyson e Alex Mineiro devem formar o ataque rubro-negro.

Náutico

O Timbú ganhou moral com a bela vitória por 3 a 0 sobre o líder Palmeiras, e agora terá um duelo nordestino pela frente. Diante do Vitória, em pleno Barradão, o time pernambucano continuará tentando deixar a zona de rebaixamento, e para isso, o técnico Geninho deverá escalar o mesmo time da última partida, tendo apenas dúvida entre Rudinei e Juliano.

Read Full Post »

selecao-da-rodada7

Felipe – Corinthians

O arqueiro salvou o Timão de um empate ou até de uma derrota no Pacaembu fazendo, no mínimo, três belíssimas defesas, em lances de reflexo no primeiro tempo.

Patrick – Náutico

Só não infernizou mais Marcão e Willians pela direita da defesa alviverde, pois ambos desistiram de marcá-lo em certo ponto da partida.

Réver – Grêmio

Levando vantagem em todas as jogadas aéreas, o zagueiro gremista não só fez um gol como conseguiu parar diversos ataques dos corintianos, evitando uma derrota pior.

Cláudio Luiz – Náutico

O zagueiro abriu caminho para a vitória do Náutico sobre o líder Palmeiras, com um gol logo aos seis minutos. Além disso, ajudou o goleiro Gledson anão tomar gol.

Márcio Careca – Barueri

Uma das gratas surpresas deste Brasileirão, o Barueri venceu novamente e Márcio Careca foi um dos grandes responsáveis pela vitória ao marcar um gol e dar uma assistência.

Willians – Flamengo

Como um verdadeiro cão de guarda, roubou sete bolas no duelo contra os são paulinos. Uma das principais causas do tricolor paulista ter finalizado tão pouco no sábado.

Petkovic – Flamengo

Com um gol de muita classe e experiência e um passe primoroso para o segundo gol, o meio campista liderou o Flamengo a mais uma rodada sem derrota

Caio – Avaí

Substituindo bem o capitão Marquinhos, o meia do time catarinense participou dos dois gols da equipe contra o Botafogo.

Victor Simões – Botafogo

Entrou no intervalo do jogo, quando o Bota perdia por 2 a 0 e sua estrela brilhou. Em cobranças de falta, a bola sobrou para o atacante, que marcou duas vezes e salvou o Botafogo de uma derrota.

Ronaldo – Corinthians

Fez uma de suas melhores partidas no Brasileirão. Mesmo acima do peso, deu diversos dribles, fez um gol de longe e construiu a jogada toda do segundo gol, marcado por Elias, foi o homem do jogo.

Bruno Mineiro – Náutico

Sempre oportunista, o atacante foi outro responsável pela vitória do Timbu sobre o Palmeiras, ao marcar dois gols.

Técnico – Geninho – Náutico

Protagonizou o resultado mais inesperado da rodada. O seu Náutico fez três a zero no poderoso Palmeiras. Soube armar o time para enfrentar o líder.

Craque da Rodada:

Ronaldo, Corinthians

Read Full Post »

Palmeiras

A semana foi praticamente perfeita para o Palmeiras. Depois de ver os principais concorrentes ao título tropeçarem no final de semana, o Verdão completou a rodada na quarta-feira e conseguiu bela vitória sobre o Cruzeiro, em pleno Mineirão, isolando-se na liderança da competição. Porém, para o duelo deste sábado contra o Atlético Paranaense, terá as ausências de Cleiton Xavier, Armero, Danilo e Wendel. Outro que em breve desfalcará o elenco será Diego Souza, que novamente foi convocado por Dunga.

Atlético Mineiro

Depois de ficar no zero com o Náutico, em Recife, o Galo viu o seu principal jogador, o atacante Diego Tardelli, ser mais uma vez convocado para defender a Seleção Brasileira. Porém, o artilheiro ainda joga neste final de semana, contra o Santos. Para o embate contra o Peixe, no Mineirão, o técnico Celso Roth também contará com o pentacampeão Ricardinho, que deverá fazer sua estreia com a camisa alvinegra.

Atlético Paranaense

Após bater o Sport por um magro 1 a 0, em plena Arena, o fraco futebol apresentado foi reconhecido por todos. Em busca de uma melhor colocação na tabela, a diretoria do Furacão acertou os reforços dos atacantes Rodrigo Tiuí e Brasão, além do zagueiro Everton. Outra boa notícia para os rubro-negros foi a liberação do técnico Antônio Lopes para comandar o time neste sábado, diante do Palmeiras.

Náutico

Ainda muito ameaçado pelo rebaixamento, o Timbu empatou no último final de semana contra o Atlético Mineiro e ao longo da semana o técnico Geninho comemorou as chegadas de Tuta, Élton, Bruno Mineiro e Irênio. E para o duelo contra o Coritiba, fora de casa, Irênio e Tuta poderão fazer suas estreias. Além dos novos reforços, Anderson Santana entrará na vaga de Michel.

Read Full Post »

Palmeiras

Após sofrer derrota em Salvador e apresentar péssimo futebol, o assunto que movimentou a semana foi a provocação do cruzeirense Fabrício a Diego Souza, que se encontrarão na próxima quarta-feira, quando os times completarão a 25ª rodada do Brasileiro. Ainda no assunto, o técnico Muricy Ramalho testou o atacante Robert ao lado de Vágner Love e deverá ser a opção no Mineirão. Nas questões extra-campo, o acordo entre Palmeiras e Lupo por patrocínio no calção parece ter melado, e o arisco Neto Berola, do Vitória, entrou na mira da Traffic após infernizar a defesa alviverde.

Atlético Mineiro

Depois de vencer o duelo contra o Atlético Paranaense, o Galo apresentou o pentacampeão Ricardinho, que foi recebido com muita festa pela torcida. Na quarta-feira, o time sofreu um baque com a eliminação nos pênaltis para o Goiás na Copa Sul-Americana, e o técnico Celso Roth culpou a arbitragem pelo resultado negativo. Para o duelo deste sábado diante do Náutico, em Recife, Carini e Márcio Araújo serão as novidades entre os onze titulares.

Atlético Paranaense

O Furacão foi derrotado no último final de semana pelo Atlético Mineiro, ficando perto da zona de rebaixamento do Brasileirão, mas a semana começou com dois reforços para o elenco. O primeiro, o já conhecido Netinho, que foi integrado, e o segundo, o atacante Rodrigo Tiuí, ex-Santos e Fluminense. Porém, após as boas notícias, os curitibanos foram eliminados da Copa Sul-Americana pelo Botafogo e agora voltam suas atenções ao nacional, quando enfrentam o Sport, na Arena da Baixada, em duelo da parte de baixo da tabela.

Náutico

Em busca de recuperação da derrota por 2 a 0, em casa, para o Grêmio, no último domingo, o Timbu teve a semana inteira livre para treinamentos. Mas o técnico Geninho terá grandes problemas em montar o time para este sábado, quando a equipe enfrentará o Atlético Mineiro. Fernando, Patrick, Juliano, Acosta, Dinda, David, Ferreira e Anderson Lessa devrão ser desfalques. O lado positivo dos últimos dias foram as contratações do veterano Tuta e de Elton, ex-Cianorte.

Read Full Post »

Palmeiras

Depois de vencer o Barueri com gol do estreante Vágner Love, o Verdão treinou durante toda a semana para manter a liderança diante do Vitória, no próximo domingo. Nesse período, dois jogadores se destacaram, e não pelos treinamento. Diego Souza e Cleiton Xavier foram convocados para a Seleção Brasileira para o duelo contra o Chile. Por falar em Chile, o meia Valdívia voltou a afirmar que a possibilidade de voltar ao Palestra Itália em 2010 é grande, para a alegria dos torcedores. Ainda na questão de contratações, os nomes de Edu Dracena e Edno seguem fortes para reforçar o time ainda neste Brasileirão.

Atlético Mineiro

A semana do Galo começou com nova convocação do atacante Diego Tardelli para a Seleção Brasileira, que entrou no segundo tempo diante do Chile. Além da valorização do artilheiro, reforços não pararam de chegar em Belo Horizonte. Após as chegadas de Carini, Marques e Benitez, que já treinaram com o time, foi a vez do pentacampeão Ricardinho assinar com o clube mineiro. Outro que chegou há pouco tempo foi o lateral Coelho, que deverá fazer sua reestreia já neste sábado, quando os comandados de Celso Roth enfrentam o Atlético Paranaense, no Mineirão.

Atlético Paranaense

O último jogo do Furacão terminou em 0 a 0 com o Flamengo, mas aquela partida seguiu fora das quatro linhas ao longo da semana, justamente por causa do técnico Antônio Lopes, que será julgado pelo STJD pelo seu comportamento diante do árbitro. Saindo da questão jurídica, o comandante rubro-negro, preocupado com a falta de gols da equipe, visou os treinamentos de finalizações. Para a partida contra o Atlético Mineiro, neste sábado, no Mineirão, o zagueiro Rhodolfo foi vetado por lesão muscular.

Náutico

Após o bom empate por 1 a 1 com o Fluminense em pleno Maracanã, o Timbu fez treinamentos fortes, inclusive na praia, para o embate deste final de semana, contra o Grêmio, nos Aflitos. Falando em Aflitos, o estádio entrou em uma polêmica medida do estado de Pernambuco que só permite a entrada de menores de 18 anos com a presença de um responsável. Reforços não chegaram, pelo contrário, e Galiardo e Dudu Araxá foram dispensados pelo técnico Geninho.

Read Full Post »

Glédson – Náutico

Sem destaque na grande mídia, o goleiro do Timbu vem realizando boas partidas recentemente. Na bela vitória diante do Atlético Paranaense, evitou buscar bolas em suas redes.

George Lucas – Santos

Contratado há pouco tempo pelo time da Baixada, o lateral fez bom jogo contra o Fluminense e ainda foi respondável pelos dois cruzamentos que originaram os gols de André e Paulo Henrique.

Cláudio Luiz – Náutico

Zagueirão que oscila momentos bons e ruins, mostrou segurança no embate contra o Atlético Paranaense.

Edmílson – Palmeiras

Apesar de começar a partida no meio de campo, acabou deslocado para a defesa após a saída de Maurício Ramos. Diante de sua ex-equipe, mostrou mais uma vez sua elegância com a bola nos pés e ainda marcou com precisão.

Kléber – Internacional

Após passar por um momento de fraco rendimento, o lateral-esquerdo parece estar reencontrando seu bom futebol. Na última partida, apoiou muito o ataque e ainda anotou seu gol, um golaço.

Leandro Guerreiro – Botafogo

O Fogão não vive um bom momento, mas poderia ser pior se não tivesse o volante no time. No 3 a 3 contra o Grêmio, mostrou sua costumeira raça e ainda fez um belo gol.

Guiñazú – Internacional

Um dos jogadores mais importantes do elenco Colorado, o argentino tomou conta do meio de campo, não deixando que o Goiás criasse jogadas de perigo. Além de matar o ataque adversário, subiu ao ataque e balançou as redes de Harlei.

Derley – Náutico

Mais uma vez na Seleção da Rodada, o meiocampista vem se destacando no Brasileirão e, contra o Furacão, mostrou novamente sua qualidade, inclusive fazendo um bonito gol.

Petkovic – Flamengo

Contratado com ressalvas, o sérvio não apresenta um bom preparo físico, mas ainda sabe o que faz com a bola. Na vitória diante do Santo André, foi o responsável por armar o rubro-negro e fez 80% da jogada no gol de Zé Roberto.

Roger – Vitória

O atacante não fez sucesso em Palmeiras e São Paulo, mas em equipes de menor expressão continua mostrando-se um matador. Incomodou a defesa cruzeirense e no final marcou um golaço, o de empate.

Marquinhos – Internacional

O Colorado continua provando que seu projeto de base dá resultados. Na goleada de 4 a 0 sobre o Goiás, mais um jovem talento parece ter surgido. Mostrando habilidade e personalidade, o atacante abriu o placar no Beira-Rio.

Técnico: Muricy Ramalho – Palmeiras

Apesar de alguns não concordarem, o 0 a 0 foi um excelente resultado no Morumbi. Há tempos o Palmeiras não se impunha como fez no campo tricolor. Por conhecer muito bem o adversário, o comandante alviverde não deixou que seu time fosse pressionado.

Craque da rodada:

kleber-inter

Kléber - Internacional

Read Full Post »

Avaí x Náutico - 1º turno

A mais surpreendente reação do Campeonato Brasileiro de 2009 até o momento continua. O Avaí alcançou neste sábado, ao bater em casa o Naútico por 2 a 1, seu nono jogo consecutivo de invencibilidade no Brasileirão. De quebra, o time do técnico Silas ainda encosta de vez no G4 e agora é o quinto colocado na tabela de classificação. A vitória hoje, porém foi suada e constestada.

Geninho saiu da Ressacada esbravejando. Suas críticas tinham alvo certeiro: o árbitro Wilton Pereira Sampaio. A jogada contestada: um pênalti não marcado para os pernambucanos, que caso tivessem a penalidade assinalada e convertida, poderiam ter saído de Santa Catarina sem a doída derrota. Mas como bola na trave não altera o placar e pênalti não marcado não soma pontos, o Timbu segue penando no Brasileirão. O jogo também não foi grandes coisas.

Jogando em casa o Avaí mostra confiança incrível. Não só pelo apoio da torcida, mas por saber que atravessa ótima fase. Toma a iniciativa e tem postura. Mas enfrentou um adversário “à la Geninho”. Fechado, o Naútico pareceu ter entrado em campo para não perder – e, creio eu, não pareceu apenas. Mas a bola fez questão de punir a defesa excessiva do Timbu. Logo na metade da primeira etapa Eltinho acertou lindo chute de falta, estufou as redes e incendiou a torcida.

Porém se em seu time o Avaí contou com o ateador de fogo Eltinho, também tinha por lá o “bombeiro” Émerson. A bola foi cruzada na área, o zagueiro se atirou, acertou um belo peixinho e marcou um golaço… contra. Foi um balde d’água nas pretensões celestes. Mas Marquinhos, que parece ser eterno na Ressacada, fez questão de redimir o erro do companheiro e, após passe primoroso de Léo Gago fez justiça ao colocar o time que melhor jogava na frente. Na frente no placar, o Avaí segue na frente da tabela. Já o Naútico, disputa com o rival Sport pelo posto de pior time do Brasileiro. Disputa dura. De ser decidida e assistida.

Por que o Avaí ganhou?

Porque a fase do time catarinense é boa. E quando está em boa fase, a bola que ia para fora entra, o pereba vira craque e todas essas máximas que conhecemos. A retranca de Geninho não deu certo e sucumbiu em ótima cobrança de falta. Para o treinador do Náutico, no entanto, a vitória foi obra do juiz. Coisas do futebol, Geninho, coisas do futebol…

O que o jogo muda no campeonato?

Os catarinenses, pelas beiradas, vão chegando e já ocupam a quinta colocação. Silas mostra seu ótimo trabalho e o Avaí, cada vez mais, é dor de cabeça das boas para os grandes.

Avaí 2 x 1 Naútico

Local: Ressacada, Florianópolis (SC)

Avaí: Eduardo Martini; Augusto, Rafael e Émerson (Fabinho Capixaba). Luiz Ricardo (Roberto), Marcus Winícios, Léo Gago, Marquinhos e Eltinho; Muriqui e William (Anderson). Técnico: Silas

Náutico: Glédson; Patrick (Sidny), Nilson, Asprilla e Michel; Rudnei, Derley, Juliano e Anderson Santana; Carlinhos Bala e Márcio Barros (Márcio). Técnico: Geninho

Gols: Eltinho, aos 24 minutos do primeiro tempo e Marquinhos, aos 43 minutos do segundo tempo (Avaí); Émerson (contra), aos oito minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Marcus Winícius, Roberto, Anderson (Avaí); Anderson Santana, Juliano, Derley, Nilson, Rudnei (Náutico)

Cartões vermelhos: Rudnei (Náutico)

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (DF), auxiliado por Marrubson Melo Frentas e César Augusto de Oliveira Vaz

Read Full Post »

Buscando sua nona partida consecutiva sem derrota, o Avaí recebe neste sábado, em Florianópolis, o combalido Naútico, equipe que ocupa as últimas colocações deste Brasileiro. De olho na aproximação ao G4, o clube de Floripa entrará com tudo em campo para pressionar a pior defesa do campeonato (assim como rival Sport, o Timbu levou 35 gols até agora).

Outro combustível motivador para os comandados do técnico Silas será a aproximação de um recorde de Santa Catarina. Caso não perca hoje e na próxima rodada o Avaí igualará o rival Figueirense como time do estado que mais tempo ficou sem perder no Brasileirão: 10 jogos. O Figueira, hoje na série B, conseguiu o feito em 2004.

Já pelo lado do time pernambucano, muita preocupação. A ótima fase do adversário e a ausência do artilheiro Gilmar, que lesionado nem viajou para Florianópolis.

Avaí x Náutico

Local: Ressacada, Florianópolis (SC)

Horário: 18h30 (Brasília)

Avaí (3-5-2): Eduardo Martini; Rafael, Émerson e Augusto; Luis Ricardo, Marcus Winicius, Léo Gago, Marquinhos e Éltinho; Muriqui e William. Técnico: Silas

Náutico (4-4-2): Gledson; Patrick, Nilson, Asprilla e Michel; Rudnei, Derley, Anderson e Juliano; Carlinhos Bala e Márcio Barros. Técnico: Geninho

Arbitragem: Wilson Pereira Sampaio (DF), auxiliado por César Augusto Vaz e Marrubson Freitas.

Read Full Post »

Older Posts »