Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Petkovic’

Assim como foi feito no final de cada rodada deste Campeonato Brasileiro, a Equipe do OpinaFute não podia deixar de fazer uma Seleção da competição.

Para a Seleção ser feita, cada um dos integrantes da equipe do site fez um selecionado próprio e, no final, os onze jogadores mais vezes escolhidos foram eleitos para a Seleção do Brasileirão 2009.

Victor – Grêmio

O goleiro do Tricolor Gaúcho se destacou mais uma vez com sua equipe, fazendo sempre grandes partidas e sendo o jogador mais importante do Grêmio. Suas boas atuações chamaram a atenção do técnico Dunga e vem sido convocado constantemente para as partidas que antecedem a Copa da África. Dificilmente fica de fora do Mundial de 2010.

Jonathan – Cruzeiro

Com seu estilo ofensivo de jogar, foi um dos destaques do Cruzeiro até mesmo quando a equipe celeste não vivia sua melhor fase. Assim como o time todo, subiu muito de rendimento no segundo turno do Brasileirão, após o baque da perda da Libertadores ter passado.

Miranda – São Paulo

Assim como Victor, está praticamente garantido na Copa do ano que vem. Cada vez mais se firma como principal zagueiro em atividade no Brasil, se destacando não só na marcação como nas subidas ao ataque. Sua calma é algo difícil de se ver nos defensores da atualidade.

Réver – Grêmio

Apesar de não se mais um garoto, ganhou mais destaque neste ano. Ainda mais do que Miranda, é um zagueiro que se destaca na jogada aérea e que sempre que vai ao ataque leva perigo. Marcou muitos gols importantes pelo Tricolor Gaúcho e também mostra muita segurança na defesa.

Júlio César – Goiás

Ganhou maior destaque na primeira parte do Brasileirão, quando o Goiás ia bem. Com isso, chamou atenção de muitos grandes clubes, principalmente do Corinthians. Tem um estilo muito ofensivo e, por isso, marcou muitos gols. Suas atuações no meio de campo também foram um ponto forte.

Willians – Flamengo

Um total cão de guarda para a zaga do campeão nacional. Viveu alguns altos e baixos durante o Campeonato, mas foi um jogador muito importante para o título rubronegro. Incansável em campo, fez a diferença em muitas partidas.

Pierre – Palmeiras

Coincidência ou não, o alviverde viveu sua pior fase no Brasileirão quando ele se contundiu. É diferencial quando está em campo, tanto pela disposição e marcação, quanto por sua liderança. Exemplo de raça para os companheiros e para a torcida, foi um dos poucos que não ficaram manchados com o vexame do Verdão no Brasileiro.

Diego Souza – Palmeiras

Fez um primeiro turno impecável, assim como grande parte da equipe, mas sofreu muito na segunda parte da competição, quando perdeu seus companheiros Cleiton Xavier e Pierre no meio de campo. Mesmo assim, decidiu jogos a favor do Verdão, muitas vezes com golaços, como o que marcou do meio de campo, contra o Atlético-MG.

Petkovic – Flamengo

Velho? Pode ser. Acabado? Nem pensar. Fez, neste Brasileirão, o que ninguém acreditava. Ressurgiu depois de algumas passagens fracassadas por algumas equipes e foi o maestro que levou o Mengão a um título que a torcida esperava há mais de 15 anos. Quanto mais importante a partida, mais ele jogava.

Diego Tardelli – Atlético Mineiro

Um dos artilheiros do Brasileirão, foi o responsável pelo Galo brigar pelo título por tanto tempo. Virou ídolo da torcida rapidamente e com razão. O Atlético era apontado por muitos como candidato ao rebaixamento e ele foi o responsável por mudar isso. Mesmo que não tenha ganho nada, fez o torcedor atleticano ter orgulho de seu time novamente.

Adriano – Flamengo

Depois de anunciar sua aposentadoria depois de deixar a Inter de Milão, o Imperador voltou em grande estilo ao futebol (mesmo que só tenha o deixado por poucas semanas). Foi, junto com Tardelli, artilheiro do Brasileirão e, junto com Pet, o grande responsável pelo título do Mengão. Mostrou que, quando quer, joga muita bola.

Técnico: Silas – Avaí

Se, no início do Campeonato, alguém lhe dissesse que o Avaí ficaria em sexto lugar no Campeonato, você provavelmente não acreditaria. Ainda mais depois do início ruim da equipe. Silas, entretanto, foi o técnico que conseguiu este feito. Tanto que, ao final do Brasileiro, ele já acertou com o Grêmio e tenta cravar seu nome no hall dos grandes técnicos do Brasil.

Revelação: Jucilei – Corinthians

Chegou pouco antes do início do Campeonato, estreiou na primeira rodada e, antes da virada dos turnos, já era titular absoluto. Aos 21 anos, jogou de volante e de lateral e, em ambas posições, mostrou muita qualidade, persnonalidade e identificação com a torcida. Ponto para a diretoria que achou o jogador no J. Malucelli.

Craque: Petkovic – Flamengo

Voltou ao clube por causa de uma dívida. Muitos falaram mal da contratação, disseram que se tratava de um jogador acabado e que não ia adicionar nada ao Mengão. Ele provou a todos que ainda podia jogar, que podia ser titular e que, ainda mais, podia decidir não só partidas como um Campeonato. A virada flamenguista aconteceu quando ele virou titular. Deixou ainda mais seu nome gravado na História do Fla.

Anúncios

Read Full Post »

São paulinos, palmeirenses e atleticanos, por favor, não deixem de ler esta coluna pelo título dela. Não estou querendo dizer que o Fla seja campeão, e nem torcendo por ele aqui. Porém, não se pode deixar passar a data de 17 de novembro. No dia de hoje, completam-se 114 anos da fundação do Clube de Regatas do Flamengo. A data oficial de fundação foi, depois, alterada para o dia 15 de novembro, para ficar junto com a Proclamação da República e o aniversário do clube ser comemorado em um feriado nacional.

O clube foi fundado no ano de 1895, por um grupo de amigos da praia mais movimentada do Rio de Janeiro, a praia que, hoje, tem mais fama por levar o nome do time com a maior torcida do Brasil. Como era comum na época, o clube não foi fundado para participar de campeonatos de futebol. A paixão naquele final de século era o remo. Principalmente em uma cidade praina, como é a Cidade Maravilhosa.

O futebol no Flamengo só teve início em 1911. O esporte bretão já havia virado febre no país antes, e os torcedores flamenguistas de regatas iam assistir às partidas do rival Fluminense. Entretanto, após alguns desentendimentos, jogadores do Flu foram ao Flamengo e o clube decidiu começar um departamento de esportes terrestres, começando assim, a saga do futebol no Mengão. Logo na primeira partida oficial do rubro negro, o time venceu e convenceu. Uma goleada por 16 a 2 sobre o Mangueira. Não havia como começar melhor a história flamenguista no futebol.

Depois de muitos anos de história, glórias e títulos, o grande momento da história do time das multidões foi na década de 80. Naqueles anos, o time contou com o maior ídolo de sua história, o Galinho Zico. Em uma década, o time conseguiu um recorde de conquistar quatro títulos nacionais em dez anos, feito que ninguém quebrou ainda. O mais próximo disto é o São Paulo que, caso seja campeão este ano, igualará o rubro negro. Além disso, o clube venceu, em sua primeira participação, a Taça Libertadores da América e já se sagrou campeão mundial no mesmo ano.

Além de Zico, outros grandes craques passaram pelo Flamengo ao longo de seus 144 anos. Destaque para Romário, Paulo César “Caju”, Gérson, Fio Maravilha, Bebeto, entre muitos outros.

Atualmente, os grandes craques da equipe e ídolos da torcida são o meio campista sérvio Petkovic e o atacante Adriano. Com os dois, o Fla busca neste ano o título brasileiro, feito que não consegue desde 1992. Entretanto, vencendo ou perdendo, o Flamengo sempre será um dos clubes mais importantes do Brasil.

Read Full Post »

e-agora-jose3

Estamos aqui de novo, pra não morrer de rir,

O Fla foi à São Paulo pegar o Barueri.

Time bom em ascensão conta com o Val Baiano,

Artilheiro, matador, assim como o Adriano.

Que não brilhou nessa rodada, mas isso não se repete,

Quando ele tem ao seu lado o seu parceiro Pet.

Lesionado não jogou esse bom de bola gringo

Talvez só esteja bem lá pelo próximo domingo.

O que não adianta muito, pois no sábado há o Santos,

Peixe afogado, ruim como outros tantos.

O jogão é no Maraca e promete ser bem quente,

Mas o Andrade vem sofrendo com problemas recorrentes

O Juan tá insatisfeito, já reclamou com o seu técnico,

Atitude que demonstra que ele é um tanto antiético.

Ao sair do jogo pra entrada do Toró,

Reclamou publicamente, um gesto de dar dó.

Já no jogo, eu confesso, que fui surpreendido,

A Abelha abriu o placar com um gol impedido.

Thiago Humberto recebeu e, após belo lance,

Passou pra Val Baiano que não perdeu a chance.

O Flamengo foi pra cima, meio desesperado,

Já que o Andrade pôs o Eric no lugar do Maldonado.

O time era incisivo, mas ficou aberto,

E deu muito espaço pro bom meia Thiago Humberto.

Após bela jogada ele passou pro companheiro,

Que, sozinho dentro da área, não perdoou o goleiro.

Ewerton era o nome do autor daquele tento,

Furou a zaga inteira e gritou “eu arrebento”

Com Zé Roberto pelo meio a equipe ganhou mobilidade

Tentou de todo jeito, mas não houve novidade,

Há a especulação de mala branca do Cruzeiro,

Que teria incentivado a Abelha com dinheiro!

O placar ficou na mesma, uma vitória incontestada,

Que poderia ser maior, verdadeira goleada!

Read Full Post »

Victor – Grêmio

Lembrando com constância por Dunga na Seleção, o arqueiro gremista foi um dos grandes destaques de seu time, parando com excelentes defesas o ataque do Coritiba.

Jonathan – Cruzeiro

Ótima opção pela direita, o lateral foi uma válvula de escape para o Cruzeiro conseguir chegar ao campo de ataque. Quando a equipe mais precisou, deu ótimo passe para Thiago Ribeiro marcar o gol da vitória celeste.

Gum – Fluminense

O zagueirão deu algumas esperanças aos torcedores do Flu marcando os dois gols de seu time no empate contra o poderoso Internacional.

Durval – Sport

Em um dos poucos jogos bons do Sport no Campeonato Brasileiro, Durval foi um dos destaques. O zagueiro não deu espaço para o ataque corintiano e ainda subiu bem ao ataque, levando perigo ao gol paulista com belos chutes de longa distância.

Thiago Feltri – Atlético Mineiro

Cada vez mais o lateral esquerdo – que por vezes atua como zagueiro – vem se firmando como um dos destaques da posição neste Brasileiro. Contra o São Paulo, fechou seu lado contra as investidas tricolores e ainda conseguiu conduzir a bola ao ataque com a ajuda de seus companheiros de meio-campo.

Marquinhos – Avaí

O meia marcou um golaço que iniciou a reação do Avaí diante do Goiás. A vitória dos catarinenses, que ainda contou com ótima movimentação do jogador, fez com que a vaga na Libertadores voltasse a ser um sonho em Santa Catarina.

Ricardinho – Atlético Mineiro

Assumindo o papel de cérebro do Galo o meia vem provando que pode ser um jogador muito útil para o time mineiro. Na partida contra o São Paulo, comandou o meio de campo de sua equipe e a levou ao ataque, ajudando a garantir uma excelente vitória alvinegra em pleno Morumbi.

Petkovic – Flamengo

Sem sombras de dúvida o craque da rodada. Em pleno Palestra Itália anotou os dois gols de seu Flamengo na vitória sobre o líder Palmeiras. Ao abrir o placar o sérvio deixou meio time palmeirense no chão e no segundo anotou em cobrança de escanteio, com um golaço olímpico. É o responsável pela campanha do Fla rumo à Libertadores – e quem sabe ao título.

Souza – Grêmio

Essencial na campanha gremista no Brasileirão, o meia anotou mais um gol e ajudou o seu Tricolor a vencer o Coritiba, deixando o time do Rio Grande do Sul um pouco mais próximo do G4 e, logo, mais próximo de uma vaga na Libertadores em 2010.

Arce – Sport

Depois de servir a seleção da Bolívia o atacante prometeu que o seu Sport venceria seu ex-time, o Corinthians. Promessa dita, promessa feita: o veloz boliviano deixou o zagueiro William torto ao anotar o primeiro gol pernambucano e ainda foi responsável por puxar a maioria dos contra-ataques do Leão.

Diego Tardelli – Atlético Mineiro

A atuação do atacante do Galo não foi das melhores tendo em vista todos os jogos que o jogador, presença na última lista de Dunga, tem feito. Mas o gol relâmpago de Tardelli colocou o Atlético de volta na luta pelo título brasileiro.

Técnico  – Andrade – Flamengo

Andrade viajou até São Paulo para enfrentar o líder Palmeiras e não fez feio: a vitória por 2 a 0 consolida a ótima campanha do Fla no returno do Brasileirão.

Craque da Rodada

Petkovic, Flamengo

Read Full Post »

selecao-da-rodada7

Felipe – Corinthians

O arqueiro salvou o Timão de um empate ou até de uma derrota no Pacaembu fazendo, no mínimo, três belíssimas defesas, em lances de reflexo no primeiro tempo.

Patrick – Náutico

Só não infernizou mais Marcão e Willians pela direita da defesa alviverde, pois ambos desistiram de marcá-lo em certo ponto da partida.

Réver – Grêmio

Levando vantagem em todas as jogadas aéreas, o zagueiro gremista não só fez um gol como conseguiu parar diversos ataques dos corintianos, evitando uma derrota pior.

Cláudio Luiz – Náutico

O zagueiro abriu caminho para a vitória do Náutico sobre o líder Palmeiras, com um gol logo aos seis minutos. Além disso, ajudou o goleiro Gledson anão tomar gol.

Márcio Careca – Barueri

Uma das gratas surpresas deste Brasileirão, o Barueri venceu novamente e Márcio Careca foi um dos grandes responsáveis pela vitória ao marcar um gol e dar uma assistência.

Willians – Flamengo

Como um verdadeiro cão de guarda, roubou sete bolas no duelo contra os são paulinos. Uma das principais causas do tricolor paulista ter finalizado tão pouco no sábado.

Petkovic – Flamengo

Com um gol de muita classe e experiência e um passe primoroso para o segundo gol, o meio campista liderou o Flamengo a mais uma rodada sem derrota

Caio – Avaí

Substituindo bem o capitão Marquinhos, o meia do time catarinense participou dos dois gols da equipe contra o Botafogo.

Victor Simões – Botafogo

Entrou no intervalo do jogo, quando o Bota perdia por 2 a 0 e sua estrela brilhou. Em cobranças de falta, a bola sobrou para o atacante, que marcou duas vezes e salvou o Botafogo de uma derrota.

Ronaldo – Corinthians

Fez uma de suas melhores partidas no Brasileirão. Mesmo acima do peso, deu diversos dribles, fez um gol de longe e construiu a jogada toda do segundo gol, marcado por Elias, foi o homem do jogo.

Bruno Mineiro – Náutico

Sempre oportunista, o atacante foi outro responsável pela vitória do Timbu sobre o Palmeiras, ao marcar dois gols.

Técnico – Geninho – Náutico

Protagonizou o resultado mais inesperado da rodada. O seu Náutico fez três a zero no poderoso Palmeiras. Soube armar o time para enfrentar o líder.

Craque da Rodada:

Ronaldo, Corinthians

Read Full Post »

selecao-da-rodada7

Victor – Grêmio

Mais uma vez o arqueiro tricolor mostrou que pode estar no grupo de Dunga na próxima Copa do Mundo. Fechou o gol contra o Náutico.

Léo Moura – Flamengo

O lateral-direito voltou com seu bom futebol e infernizou o lado esquerdo da defesa do Sport. Ainda foi o responsável pelo cruzamento que fechou a vitória rubro-negra.

Réver – Grêmio

O jovem zagueiro mostrou muita segurança e comandou o setor defensivo gaúcho, tornando a primeira vitória do time fora de casa mais fácil.

Álvaro – Flamengo

Apesar de ser violento em alguns lances, o zagueirão está conseguindo se firmar na defesa rubro-negra. Contra o Sport, mais uma vez fez boa partida e não deixou a bola balançar as redes do Urubu.

Márcio Careca – Barueri

O veterano lateral-esquerdo não deu certo em times grandes, mas na Abelha vem fazendo sucesso. Com muita velocidade, deu trabalho para a ala direita do Goiás e ainda anotou o seu gol.

Henrique – Cruzeiro

O meiocampista cruzeirense não se intimidou com o Beira-Rio e, além de ajudar na marcação, apoiou o ataque em determinados momentos da importante vitória.

Gilberto – Cruzeiro

O veterano jogador vem provando que ainda tem futebol de sobra. Comandou a Raposa no difícil duelo contra o Internacional e ainda fez Lauro buscar a bola no fundo do gol duas vezes.

Ramón – Vitória

Apesar da idade, o meia ainda sabe bater na bola, e foi assim que infernizou a defesa palmeirense, principalmente Marcos.

Petkovic – Flamengo

Mais um dinossauro do futebol nacional nesta Seleção. Na bela vitória sobre o Sport, o sérvio de 37 anos foi o dono do meio de campo no Maracanã, dando duas assistências para seus companheiros.

Dagoberto – São Paulo

O jogador realmente melhorou seu desempenho com a chegada de Ricardo Gomes. Contra o Avaí, foi responsável pela abertura do marcador e também pelo cruzamento no gol de Hugo.

Adriano – Flamengo

A Seleção Brasileira parece ter feito bem ao Imperador, que voltou ao rubro-negro e fez dois gols na vitória sobre o Sport. O primeiro, inclusive, um golaço.

Técnico: Andrade – Flamengo

Apoiado pela maior parte da torcida apesar de alguns maus resultados, o comandante rubro-negro conseguiu fazer sua equipe jogar bem diante dos pernambucanos e teve sucesso em escalar Petkovic e Zé Roberto juntos no meio de campo.

Craque da rodada

gilberto-cruzeiro

Gilberto - Cruzeiro

Read Full Post »

Glédson – Náutico

Sem destaque na grande mídia, o goleiro do Timbu vem realizando boas partidas recentemente. Na bela vitória diante do Atlético Paranaense, evitou buscar bolas em suas redes.

George Lucas – Santos

Contratado há pouco tempo pelo time da Baixada, o lateral fez bom jogo contra o Fluminense e ainda foi respondável pelos dois cruzamentos que originaram os gols de André e Paulo Henrique.

Cláudio Luiz – Náutico

Zagueirão que oscila momentos bons e ruins, mostrou segurança no embate contra o Atlético Paranaense.

Edmílson – Palmeiras

Apesar de começar a partida no meio de campo, acabou deslocado para a defesa após a saída de Maurício Ramos. Diante de sua ex-equipe, mostrou mais uma vez sua elegância com a bola nos pés e ainda marcou com precisão.

Kléber – Internacional

Após passar por um momento de fraco rendimento, o lateral-esquerdo parece estar reencontrando seu bom futebol. Na última partida, apoiou muito o ataque e ainda anotou seu gol, um golaço.

Leandro Guerreiro – Botafogo

O Fogão não vive um bom momento, mas poderia ser pior se não tivesse o volante no time. No 3 a 3 contra o Grêmio, mostrou sua costumeira raça e ainda fez um belo gol.

Guiñazú – Internacional

Um dos jogadores mais importantes do elenco Colorado, o argentino tomou conta do meio de campo, não deixando que o Goiás criasse jogadas de perigo. Além de matar o ataque adversário, subiu ao ataque e balançou as redes de Harlei.

Derley – Náutico

Mais uma vez na Seleção da Rodada, o meiocampista vem se destacando no Brasileirão e, contra o Furacão, mostrou novamente sua qualidade, inclusive fazendo um bonito gol.

Petkovic – Flamengo

Contratado com ressalvas, o sérvio não apresenta um bom preparo físico, mas ainda sabe o que faz com a bola. Na vitória diante do Santo André, foi o responsável por armar o rubro-negro e fez 80% da jogada no gol de Zé Roberto.

Roger – Vitória

O atacante não fez sucesso em Palmeiras e São Paulo, mas em equipes de menor expressão continua mostrando-se um matador. Incomodou a defesa cruzeirense e no final marcou um golaço, o de empate.

Marquinhos – Internacional

O Colorado continua provando que seu projeto de base dá resultados. Na goleada de 4 a 0 sobre o Goiás, mais um jovem talento parece ter surgido. Mostrando habilidade e personalidade, o atacante abriu o placar no Beira-Rio.

Técnico: Muricy Ramalho – Palmeiras

Apesar de alguns não concordarem, o 0 a 0 foi um excelente resultado no Morumbi. Há tempos o Palmeiras não se impunha como fez no campo tricolor. Por conhecer muito bem o adversário, o comandante alviverde não deixou que seu time fosse pressionado.

Craque da rodada:

kleber-inter

Kléber - Internacional

Read Full Post »