Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Ricardo Gomes’

Tenho na parede do meu quarto três pôsteres do meu time do coração. São três títulos conquistados e que ficarão eternamente na minha memória – e não na parede, claro. São retratos de uma simbologia do futebol e que este ano está sendo maltratada pelos times que disputam o título do Brasileirão. Flamengo, Internacional, Palmeiras e São Paulo – na ordem de classificação e, talvez, favoritismo – enganam bem e escancaram a falta de nível técnico do Campeonato Brasileiro, que pouco a pouco vai se confundindo com emoção. O fato é que nenhum time quer ter seu pôster pronto.

O Flamengo venceu o Corinthians. Ok. O Alvinegro paulista jogava sem vontade e, sem lero-lero, sabemos que a vontade corintiana estava em baixa. Ninguém em São Paulo duvida que o time do Parque São Jorge preferisse perder a partida e conseguir ser o único paulista com um título no final da temporada. Sem nada – ou quase nada – a ver com a história toda, o Mengão saiu com os três pontos de Campinas. Assumiu a liderança e pegará o Grêmio na última rodada. Difícil? Não.

Não será tão difícil assim para o Rubro-Negro enfrentar o Grêmio. Pois maior do que a vontade corintiana de ver seus rivais na seca, é a gremista de ver o Internacional sem o Brasileiro no ano do centenário – que, pasmem, poderá terminar com apenas o Gaúcho conquistado. O Colorado ressurgiu das cinzas e figura na vice-liderança. Não fossem tropeços bobos ao longo do campeonato, seria campeão com antecedência. Hoje, se divide entre a rivalidade e a chance do título. O coração vermelho de Porto Alegre bate, acreditem, um pouquinho mais tricolor.

Quem também ressurge após vacilos inexplicáveis é o Palmeiras. A equipe de Muricy Ramalho, que para muitos e muitos já estava morta, poderia ter ficado com a ponta da tabela ao final desta rodada. Não ficou e, por isso, tem poucas chances de ser campeão. A vaga na Libertadores ainda não está assegurada, mas está bem próxima. Ao bater o Atlético Mineiro, o Verdão parece ter reconquistado a confiança. Pena que enfrentará um desesperado Botafogo, que para não retornar à Série B – seria o segundo rebaixamento em seis anos – precisa da vitória no próximo domingo. É, talvez, o confronto mais difícil dos postulantes ao título. A carta verde, acredito, está fora do baralho.

Quem também está fora é a carta tricolor. O São Paulo tropeçou mais uma vez em sua incompetência – e na competência do Goiás, é bem verdade – e deixou o posto de “o hepta virá neste domingo” para assumir o de “Libertadores será o máximo”. Pela primeira vez Jason morre. Morre porque os jogadores estão apáticos, tristes e, acima de tudo, indisciplinados. O Tricolor paga com derrotas a falta de cabeça de seus atletas, que somam cartões atrás de cartões. Ricardo Gomes fez um belo trabalho, mas ao que parece morrerá na praia. Nada de desesperador para um time que dominou o país nos últimos três anos.

Na ponta de baixo da tabela, destaco outro Tricolor, o das Laranjeiras. Podem dizer que queimei minha língua, e digo que a queimei com orgulho. Desde a volta de Fred estava cravado que o Fluminense não cairia. É elenco para estar no topo. Pena que não soube jogar em boa parte do campeonato. O rebaixamento é passado e torço muito pelo título da Sul-Americana.

Cutucadas

– Obrigado Felipe, goleiro do Corinthians, por protestar de forma tão legal contra a situação da arbitragem brasileira. Precisamos de providências urgentes!

Dorival Júnior saiu do Vasco. O cruzmaltino parece não ter aprendido com alguns rivais como sair bem da Série B

– A CBF colocou Diego Souza e Cleiton Xavier como meias-direita na votação da Seleção do Brasileiro. Não sabia que eles jogavam um em cima do outro no Palmeiras…

Anúncios

Read Full Post »

O objetivo é dar emoção para todos os jogos disputados, da primeira à última rodada. Ok. Outro objetivo é premiar o time mais organizado e estruturado. Ok. Nos últimos anos o melhor e mais organizado tem vencido, premiando e consagrando a fórmula dos pontos corridos. Nada de errado até aí. Desde 2003 muito se fala sobre uma evolução do futebol brasileiro depois que o Brasileirão passou a ser disputados em turno e returno, com o campeão sendo o time que mais somou pontos em todos os jogos.  Desde então tivemos seis torneios disputados – excluindo, é claro, o que ainda está vivo – e tivemos quatro campeões: Cruzeiro, Santos e Corinthians levaram um troféu cada, enquanto o São Paulo faturou nada menos do que três. O problema não está aí.

Na última semana a Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do Brasileiro enviou carta para todos os times que disputam a Série A propondo a extinção dos pontos corridos e a volta dos mata-matas, em ato que muitos especialistas consideram como uma regressão. Volto a insistir que meu problema não está na fórmula de disputa, mas sim no nível técnico que vem sendo apresentado. O Brasileirão 2009 tem sido um prato cheio para aqueles que defendem a volta dos playoffs no Nacional. O nível de disputa tem sido horripilante e só não temos um campeão definido já neste momento porque os times que tiveram a chance de abocanhar o título falharam vergonhosamente.

O Palmeiras de Muricy Ramalho parecia caminhar sossegado para conseguir seu pentacampeonato e sair de uma fila que já dura desde 1994. Mas o time tem jogado mal e abusado da falta de competência dos adversários pelo caneco, que tem vacilado nas rodadas que o Verdão perde. A sonora derrota para o Flamengo, em pleno Parque Antártica, acendo uma luz vermelha e intensa na Academia. Nem mesmo jogando em casa, onde se deu bem até aqui, o alviverde paulista consegue impor se jogo. Um risco desnecessário e que antes não existia tem ficado cada vez mais real.

Pior – e muito – do que o Palmeiras é o Internacional, talvez a equipe mais cornetada por esse que aqui vos fala. Com um dos melhores elencos do Brasil o Colorado tem feito um esforço sobrenatural para aumentar para 31 anos o tempo sem vencer o Brasileiro. O tropeço do Verdão diante do Fla teria sido perfeito se o Inter não tivesse tomado DOIS gols de um ZAGUEIRO do Fluminense, PIOR time do Campeonato. Sendo que um dos gols do zagueirão Gum aconteceu nos minutos finais da partida, que terminou empatada. O problema dos gaúchos não parece mesmo ser o Tite, treinador demitido do clube. A chegada de Mário Sérgio manteve os jogadores atuando com a mesma postura anterior: com medo de ser feliz.

Não menos pior vêm alguns outros times como o Corinthians, que ainda não decidiu se está ou não de férias ou o São Paulo, que na soberba de se achar imortal tem caído pelas tabelas com péssimas atuações. Podemos ainda somar a péssima campanha do Atlético Mineiro na parte intermediária do torneio e o medo do Grêmio de ganhar fora de casa. O próprio Flamengo, que muitos citam como exemplo de superação, perdeu a chance de ser líder absoluto hoje quando perdeu jogos risíveis no começo do Brasileiro. São erros de todas as partes que fazem com que o Campeonato Brasileiro seja decidido com nivelação por baixo. Ganhará o que errar menos e não o que acertar mais.

Cutucadas

– Ponto forte da equipe nos últimos anos, a zaga do São Paulo foi destruída pelo esquema de Ricardo Gomes

Vanderlei Luxemburgo, mesmo longe dos holofotes, tem mostrado cada vez mais que não é mais o técnico prestigiado de outros tempos: o Santos não sai mais do lugar

– Simplesmente bizarro o pênalti batido por Vágner Love. As crianças que nadavam na piscina do Palestra devem ter se assustado. Eu, como moro perto do estádio, vou ver se a janela do meu apartamento segue intacta. Que fase…

Read Full Post »

E agora, José

O futebol é uma arte, mas poucos são artistas,

Hoje farei uma homenagem aos meus amigos paulistas!

Boleiros fervorosos dos mais diversos mantos,

De Corinthians, Palmeiras, São Paulo e de Santos.

A primeira vai pr’um parça que às vezes é um sono

Ele escreve aqui no “Opina”, meu brother Marcel Buono!

Sempre alviverde, amante da camisa nove,

Do artilheiro do amor, do matador Vágner Love!

Pra quem ele sempre torce: “que gols nunca erre!”

Já que no meio-campo o Palmeiras conta com o Pierre.

O time de Muricy Ramalho é o líder do Campeonato,

Mas anda vacilando e isso é um fato

Perdeu para o Timbú por três tentos a zero

Porém, o Marcel acredita: “Campeões, eu espero!”

Agora o Verdão tem o Flamengo em casa,

Tomara que não aconteça o que houve contra o ASA

Já os alvinegros só falam em Ronaldo,

Que mesmo gorducho ainda dá um caldo

Batata, biscotinho, Cicarelli e pão de mel…

Não importa o que ele coma ele é adorado na Fiel!

Passagens pela Europa o tornaram “pouco rico”

Agora, no Corinthians, temos o Defederico.

Menino argentino, brigador não vai à lona

Só tem um defeito: é adepto do Maradona!

Leandro Sarhan, Léo Sacco, e Chavedar

São “loucos por ti” – “não pára de lutar”!

E o que direi, então, do hexa-brasileiro?

Pro Adriel, meu grande brother, um baita de um parceiro:

Nos três últimos anos o tricolor foi até tri!

Mas, na nossa Copa, não teremos o Morumbi (brincadeirinha)

A equipe anda bem, servindo à seleção

André Dias e Miranda já foram chamados pelo “patrão”

Sempre bem montando, sempre com bons nomes,

Esse é o time do ex-zagueiro Ricardo Gomes!

Pra finalizar vem o Peixe e suas meninas

Que, ao contrário dos marmanjos, fortalecem as minhas rimas!

Mostrando para o mundo que sabem usar os pés,

Trouxeram até a Marta pra usar a camisa 10

Já homens não vão bem, como isso pode?

Essas rimas meio aquáticas vão pro parceiro God

Mas, não fica triste, vocês tem um tal de “Ganso”

Que, diferente do Neymar, não dá uma de “manso”

Joga muito esse menino, tem classe e é de primeira!

Pena, que na frente, quem tá é o Kléber Pereira!

E assim vai terminando essa singela homenagem

Aos 4 de São Paulo que não estão de sacanagem

Já que lá no Rio o amadorismo é o que impera,

Escrevo essas linhas pr’um futebol que é mesmo fera

Read Full Post »

selecao-da-rodada7

Carini – Atlético Mineiro

O arqueiro uruguaio teve bela atuação no Mineirão, inclusive defendendo pênalti cobrado pelo veterano Basílio.

Nei – Atlético Paranaense

Mais uma vez na Seleção da Rodada, o lateral é uma das principais armas do Furacão. Diante do Corinthians, foi firme na marcação e, como sempre, apoiou bem o ataque.

Pereira – Coritiba

O zagueiro pode não ser um primor na técnica, mas mostra raça e, contra o Internacional, teve essa característica como sua principal qualidade.

Danilo – Palmeiras

Pela segunda semana seguida, o zagueiro aparece por aqui. Desta vez não marcou gol nem deu assistência, mas atuou bem e mais uma vez salvou um gol feito, em tentativa de Madson.

Fininho – Sport

O ex-corintiano só jogou devido a ausência do titular Dutra, mas conseguiu mostrar futebol para sair do banco e estrelar a Seleção da Rodada. Além de dar trabalho para o lado direito gremista, anotou seu gol.

Valência – Atlético Paranaense

O colombiano tomou conta do meio de campo no Pacaembu. Com marcação forte, foi essencial para o setor defensivo paranaense.

Correa – Atlético Mineiro

O jogador parece ter caído como uma luva no elenco do Galo. Com boa qualidade técnica, e chute na bola diferenciado, vive assustando as defesas rivais. Contra o Barueri, fez o segundo do time em bela cobrança de falta.

Paulo Baier – Atlético Paranaense

O incansável atleta sempre se destaca em jogos de maior importância, e principalmente nos que envolvem os rivais do seu ex-time Palmeiras. No sábado, calou o Pacaembu logo no começo de partida.

Diego Souza – Palmeiras

Tido por muitos como o craque da competição, o camisa 7 mais uma vez mostrou a razão de ser convocado por Dunga. Foi o principal nome alviverde, empatando a partida, dando assistência para outro e iniciando a bela jogada do terceiro gol.

Adriano – Flamengo

Simplesmente resolveu o clássico Fla-Flu para os rubro-negros. Dois gols em um Maracanã lotado.

André Lima – Botafogo

O atacante se sente bem com a camisa do Fogão, e surpreendeu junto com seu time neste domingo. Em pleno Serra Dourada, ajudou na construção da vitória, dando trabalho à defesa adversária e anotando um belo gol.

Técnico: Ricardo Gomes – São Paulo

O treinador Tricolor continua calando a boca dos que criticaram sua contratação. Mesmo com desvantagem numérica de jogadores, seu time mostrou força suficiente para bater o Náutico em pleno Aflitos. Mais uma vez, acertou em substituições.

Craque da rodada

adriano-flamengo2

Adriano - Flamengo

Read Full Post »

São Paulo

Faz 4 anos que o tricolor não vence o Santo André. De 2005 para cá foram quatro partidas, com dois empates e duas vitórias do time da grande São Paulo, e três desses jogos foram no Morumbi. Para mudar esse mau retrospecto, Ricardo Gomes deve escalar o time quase titular. Hernanes segue machucado e, além dele, o treinador, com medo de perder dois dos zagueiros titulares para o clássico contra o Corinthians, deve poupar Renato Silva ou Miranda. Provavelmente, o ex-botafoguense deve descansar.

Santo André

Rodrigo Fabri e Cris estão machucados. Pelo menos, Sérgio Soares terá a volta da dupla de zaga titular, Marcel e Cesinha, suspensa na última partida. O Ramalhão conta com Marcelinho Carioca, que já fez 12 gols contra o São Paulo, sendo 9 deles em Rogério Ceni.

Santos

O mercado de transferências esteve agitado na Vila Belmiro. Sérgio, ex-goleiro do Palmeiras, foi apresentado. O peixe também contratou Gil, atacante do Vila Nova, que chega por empréstimo até o final do ano que vem. Domingos, afastado por Luxemburgo, quase assinou com o Fortaleza, mas jogador e time não chegaram a um acordo. Outro que está fora dos planos do treinador, Roberto Brum, pelo menos conseguiu um clube. Assinou com o Figueirense, por empréstimo, até o final do ano. Para a partida contra o Botafogo, apenas George Lucas, suspenso, e Paulo Henrique, na seleção sub-20, são desfalques.

Goiás

O time esmeraldino jogou pela Copa Sul-Americana esta semana. Empatou com o Atlético-MG novamente por 1×1, e a classificação foi decidida nos pênaltis. Nas cobranças, 6×5 para o time de Hélio dos Anjos. Para tentar vencer o Corinthians, domingo, no Pacaembu, Amaral e Felipe, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo, não jogam. Além disso, Rafael Tolói e Douglas continuam com a seleção sub-20.

Read Full Post »

São Paulo

O tricolor enfrenta, hoje, às 18h30, no Morumbi, o Avaí de Silas, ex-craque são paulino. Para essa partida, Ricardo Gomes terá três desfalques: André Dias e Richarlyson estão suspensos e serão substituídos por Renato Silva e Arouca, respectivamente. Hernanes continua machucado e não joga, o que implicará o recuo de Jorge Wagner à posição de segundo volante, abrindo espaço para Marlos. No ataque, Borges ganhou a vaga de Washington e será titular. Além disso, duas notícias movimentaram a semana do clube. A primeira é a parceria firmada com a organização do GP Brasil de F1 para arrendar uma das arquibancadas do circuito de Interlagos. A segunda, é a declaração do secretário-geral da FIFA, Jerome Valcker, na qual ele afirma que o Morumbi não teria condições de sediar a abertuda da Copa do Mundo de 2014. A diretoria tricolor rebateu afirmando que Valcke não leu o segundo relatório enviado a ele e, inclusive, convidou- a vir conhecer o estádio do Morumbi.

Santos

Na Vila Belmiro o principal acontecimento da semana foi a apresentação da atacante Marta para a disputa da Libertadores feminina. Ela jogará ao lado de outras atletas da seleção brasileira como Cristiane e Érika. Além disso, o zagueiro Domingos foi afastado por Luxemburgo e posto na lista de transferências do clube por ter quebrado a perna do quarto goleiro santista, Rafael, em uma disputa de bola no treinamento. Para o técnico, “Domingos é uma grande pessoa , mas profissionalmente acaba se tornando perigoso”. A lesão de Rafael obrigou Luxemburgo a finalmente acertar o contrato de Sérgio, ex-goleiro do Palmeiras. Ainda falando em guarda-redes, Fabio Costa treinou com bola e talvez não tenha que operar o pé, o que adiaria seu retorno aos campos.

Santo André

No Ramalhão, o velho novo técnico Sérgio Soares sofre com os desfalques para escalar sua equipe na partida de amanhã contra o Santos. Vanderlei, Nunes, Cesinha e Cris cumprem suspensão e não poderão jogar. Com a impossibilidade de escalar seus zagueiros, o treinador deve promover a volta prematura de Marcelo, que operou o joelho a apenas 14 dias. Outra notícia que agitou o Bruno José Daniel foi o retorno do atacante Leandrinho, de 26 anos, ao clube. Ele assinou contrato até o fim de 2011.

Goiás

A principal notícia no Goiás durante a semana foi a liberação de Fernandão pelo STJD. Pela expulsão contra o Internacional, a expectativa era que o atacante pudesse pegar uma pena mais pesada. Foi punido com apenas um jogo, já cumprido. Dentro de campo, o técnico Hélio dos Anjos esboça algumas mudanças, principalmente na defesa. Léo Lima, meia mais ofensivo, pode perder sua posição para Everton, que formaria dupla de volantes marcadores com Ramalho.

Read Full Post »

Rogério Ceni – São Paulo

O veterano arqueiro parece estar realmente voltando a sua velha forma. Fez belas defesas, principalmente em forte cobrança de falta de Gilberto.

Nei – Atlético Paranaense

No 0 a 0 contra o Flamengo, o lateral mostrou muita disposição na defesa e ainda mostrou mais uma vez que sabe apoiar o ataque.

Fabiano Eller – Internacional

Mal chegou ao Colorado e já anotou seu primeiro gol em sua nova passagem pelo clube, além de ter realizado boa partida, garantindo a segurança do setor defensivo.

Ronaldo Angelim – Flamengo

O zero no placar da Arena da Baixada pode ser explicado pela atuação da defesa rubro-negra, comandada por Angelim, que ainda contou com a boa ajuda de Álvaro.

Márcio Azevedo – Atlético Paranaense

O lateral abusa das investidas ao ataque. Com muita velocidade, deu trabalho para a zaga do Flamengo.

Souza – Palmeiras

Mais uma vez o jovem volante palestrino mostrou que deverá ter um belo futuro no futebol. Apesar da pouca idade, mostra uma tranquilidade de veterano com as bolas no pé.

Magrão – Internacional

Depois de ser contestado pela torcida colorada, o meiocampista parece estar voltando ao seu bom futebol. Diante do Avaí fez bela partida, mostrando sua costumeira raça e ainda anotou um gol.

Giuliano – Internacional

O garoto vem jogando muita bola e mais uma vez se destacou. Vai ser uma grande perda para o Colorado durante o Mundial Sub-20.

Marlos – São Paulo

O habilidoso meiocampista saiu do banco de reservas para mudar a cara do jogo. Fez o gol de empate e deu nova movimentação ao Tricolor.

Éder Luís – Atlético Mineiro

Outro que saiu do banco de reservas direto para a Seleção da Rodada foi o atacante atleticano. Sua entrada em campo impulsionou a virada do Galo.

Ariel – Coritiba

Apesar de um tipo físico que engana, o argentino também sabe esbanjar técnica com a bola. Em jogo duro contra o Goiás, balançou as redes duas vezes, com direito a golaço de bicicleta.

Técnico: Ricardo Gomes – São Paulo

O treinador sãopaulino simplesmente colocou em campo dois jogadores que viraram a partida para o Tricolor. Marlos pegou na bola pela primeira vez e empatou. Mais tarde, Borges entrou para empurrar a bola às redes e decretar a virada paulista.

Craque da rodada

ariel-coritiba

Ariel - Coritiba

Read Full Post »

Older Posts »